Catelyn Stark

De Game Of Thrones BR wiki
(Redirecionado de Senhora Coração de Pedra)
Ir para: navegação, pesquisa
Tully.png
Catelyn Stark
Stark.png
Catelyn Tully Amoka.jpg
Catelyn Tully, por Amoka ©
Apelido(s) Cat
Senhora Coração de Pedra
A Irmã Silenciosa
A Mãe Impiedosa
A Carrasca
Título Senhora de Winterfell
Líder da Irmandade Sem Bandeiras
Lealdade Casa Stark
Casa Tully
Irmandade Sem Bandeiras
Cultura Terras Fluviais
Esposa(o) Eddard Stark
Nascimento Em 264 d.C., em Correrrio
Morte Em 299 d.C., em Gêmeas
Aparece (PDV)
Aparece (PDV)
Aparece (PDV)
Aparece
Mencionada
Outros

GoT Logo.jpg
Interpretado(a) por Michelle Fairley
Aparições 1ª Temporada | 2ª Temporada | 3ª Temporada

Catelyn Stark é esposa do Lorde Eddard e Senhora de Winterfell. Juntos, tiveram cinco filhos: Robb, Sansa, Arya, Bran e Rickon. Nascida da Casa Tully de Correrrio, os senhores supremos do Tridente. Catelyn é filha de Lorde Hoster Tully com a Senhora Minisa Whent, e irmã de Lysa Arryn e Edmure Tully.

Tabela de conteúdo

Aparência e personalidade

Catelyn é orgulhosa, forte, gentil e generosa, sendo vista como honrada e justa por muitos, considerando o senso de dever como um princípio de comportamento. Catelyn também possui forte tato político o que, aliado aos seus consideráveis recursos, a tornaram uma influente nobre em Westeros. Porém, Catelyn é uma mulher ferozmente protetora, o que a fez seguir muitas vezes o coração ao invés da cabeça, principalmente quando sua família esteve envolvida. Apesar disso, ela sempre desprezou o filho bastardo de seu marido, Jon Snow, e nunca perdoou o marido por trazê-lo para Winterfell. Ao contrário de Eddard, ela é adepta à Fé dos Sete. É descrita como bela (mesmo depois de dar a luz à cinco filhos), com cabelos ruivos e olhos azuis. Ela se veste sem ostentação, usando o cinza dos Stark e o azul e vermelho dos Tully.

História

Catelyn Tully jovem. Por C.Griffin ©

Catelyn Tully era a filha mais velha da Senhora Minisa Whent com o Lorde Hoster Tully, Senhor Suserano das Terras Fluviais. Ela tinha dois irmãos mais velhos: Edmure e Lysa.

Passou sua infância em Correrrio, onde desenvolveu uma profunda amizade com o protegido de seu pai, Petyr Baelish. Embora o amigo tenha se apaixonado por ela e pedido sua mão em casamento, Catelyn nunca correspondeu seus sentimentos, vendo-o apenas como um irmão mais jovem e nada mais. Quando ela tinha doze anos, foi anunciado que estava prometida a Brandon Stark, herdeiro de Winterfell, uma união que firmaria laços entre as duas grandes casas. Quando Brandon foi a Correrrio para se encontrar com Catelyn, o jovem Petyr o desafiou a um duelo pela mão dela. Brandon ganhou com facilidade, mas poupou a vida de Baelish atendendo a pedidos de Catelyn; Petyr foi banido de Correrrio e enviado para sua casa quando se recuperou o suficiente para viajar. Após a morte de Brandon, ele enviou uma carta a Catelyn, mas ela a queimou sem lê-la.

O compromisso de Catelyn com Brandon foi interrompido abruptamente quando ele, junto com seu pai, foram mortos pelo Rei Louco, iniciando a Rebelião de Robert, liderada pelo irmão mais jovem de Brandon, Eddard Stark, e por Robert Baratheon. Durante a rebelião, a aliança entre os Stark e os Tully foi confirmada quando Eddard ocupou o lugar do irmão mais velho e se casou com Catelyn. Após a noite de núpcias, Eddard partiu para a guerra e Catelyn, grávida, esperou seu retorno, recebendo-o com seu herdeiro, Robb, quando ele voltou. Os dois partiram para criar o menino em Winterfell e, com o tempo, os dois criaram fortes vínculos de amor duradouro.

Com o tempo, os dois tiveram mais filhos: Sansa, Arya, Bran e Rickon, mantendo-se como uma família unida e feliz. O único ponto de discórdia era Jon Snow, o filho bastardo de Eddard. Eddard insistia em criá-lo em Winterfell junto com os filhos legítimos, para o total desagrado de Catelyn.

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Michelle Fairley como Catelyn Tully na Série de TV

Com a chegada da caravana real à Winterfell, Catelyn recebeu uma carta secreta de sua irmã Lysa que dizia que os Lannister haviam matado seu marido, Jon Arryn, a Mão do Rei anterior. Isso alertou os Stark, já que o cargo acabara de ser oferecido pelo Rei Robert à Eddard. Catelyn incentivou Ned a aceitar a oferta, além de também concordar em prometer a filha Sansa ao Príncipe Joffrey na esperança de que a filha se tornasse rainha um dia. Apesar de suas dúvidas, Ned acabou aceitando.

Quando Bran sofreu uma queda de uma torre e acabou entrando em estado de coma, Catelyn se manteve ao seu lado por oito dias, ignorando suas demais obrigações em Winterfell. Na oitava noite, ela foi atacada por um assassino que viera matar Bran e teve suas mãos feridas por uma lâmina. Ela e o filho foram salvos por Verão, o lobo gigante de Bran. Após se recuperar, Catelyn viajou para Porto Real com Sor Rodrik Cassel para relatar ao marido o que havia acontecido. Em Porto Real, seu amigo de infância, Petyr, a encontrou em um de seus bordéis e contou que a adaga que o assassino portava pertencia a Tyrion Lannister.

Na volta para Winterfell, ela encontrou e tomou Tyrion como cativo na Estalagem do Entroncamento ao invocar a cavaleiros de vassalos do pai que a ajudassem a levar o anão à justiça. Apesar de anunciar para todos que levaria Tyrion para Winterfell, ela partiu para o Ninho da Águia para que Lysa o julgasse. A viagem do grupo foi dura, e eles foram atacados diversas vezes por clãs das Montanhas da Lua. No Ninho, Tyrion foi jogado nas celas do céu, mas escapou da execução ao convencer um mercenário a lutar por ele num julgamento por combate. Enquanto isso, a prisão do anão despertou a fúria de Lorde Tywin Lannister, que enviou Sor Gregor Clegane sob disfarce para que pilhasse as Terras Fluviais. As tensões entre a Casa Tully e a Casa Lannister foram um dos estopim para a Guerra dos Cinco Reis.

Seu filho, Robb, marchou para o sul com os vassalos do Norte em resposta à prisão de Eddard em Porto Real. Ela ficou sabendo disso por Lorde Wyman Manderly, e partiu com os vassalos de Porto Branco para encontrar o filho em Fosso Cailin acompanhada pelo tio, Sor Brynden Tully. Quando Robb sugeriu dar à Grande Jon Umber o comando da infantaria que enfrentaria Tywin Lannister, Catelyn foi hábil em convencê-lo a escolher alguém mais astucioso: Lorde Roose Bolton, cuja astúcia fria seria mais adequada. Robb queria que a mãe voltasse para Winterfell, mas ela decidiu ficar com ele para ver seu pai, que podia estar moribundo em Correrrio. Quando o exército se viu sem saber como cruzar o Tridente, Catelyn resolveu a situação ao negociar com Lorde Walder Frey, num acordo que (entre outras coisas) prometia a mão de Robb a uma das filhas ou netas de Frey. Ela observou a vitória do filho na Batalha do Bosque dos Murmúrios guardada por um grupo comandado por Hallis Mollen. Quando chegaram as notícias da execução de Eddard em Porto Real, Catelyn se viu imersa em sofrimento, mas fingiu-se de forte na frente do filho.

Durante o conselho de guerra em Correrrio, Catelyn foi à favor da paz com o sul para que pudesse resgatar as filhas que eram mantidas em Porto Real, mas Robb e seus vassalos decidiram continuar a guerra. Atônita, ela viu os senhores do Tridente e do Norte proclamarem o filho Robb como o primeiro Rei do Norte em trezentos anos.

A Fúria dos Reis

Catelyn se pôs contra o plano de Robb de enviar o protegido de Eddard, Theon Greyjoy, numa missão diplomática visando uma aliança com o pai, já que ela não confiava em nenhum dos dois. Foi ideia de Catelyn negociar com Renly Baratheon, que se proclamara rei e reunira um poderoso exército com as forças da Campina e das Terras da Tempestade. Ela queria continuar com seu filho, mas o mesmo ameaçou mandar Grande Jon, e Catelyn cedeu, aceitando o fato de que seu filho estava se tornando um homem. Ela viajou até Ponteamarga para se encontrar com Renly, e chegou quando os homens do Baratheon justavam em um torneio. Antes que eles pudessem negociar, porém, Stannis Baratheon cercou Ponta Tempestade, e Renly partiu com Catelyn até lá. Ele estava presente durante a parlamentação dos Baratheon e também testemunhou o assassinato de Renly por uma criatura das sombras. Catelyn tomou Brienne de Tarth, da Guarda Arco-Íris de Renly, para o seu serviço e fugiu com ela para Correrrio. Quando soube da suposta morte dos filhos mais novos nas mãos de Theon Greyjoy, ela libertou o refém de Robb, Sor Jaime Lannister numa tentativa de trocá-lo pelas filhas, que estavam cativas em Porto Real.

A Tormenta de Espadas

Catelyn grita após a morte de seu filho no Casamento Vermelho. Por nejna ©

Edmure prendeu Catelyn em Correrrio, mas Robb a perdoou após revelar que casara com Jeyne Westerling, traindo a antiga promessa feita aos Frey. À partir daí, o mundo de Catelyn começou a desabar com a morte de Lorde Hoster, o casamento de sua filha Sansa com Tyrion Lannister e a situação desesperadora do filho, que estava cercado de inimigos.

Numa tentativa desesperada de reatar a aliança com a Casa Frey, foi combinado um casamento entre Edmure e Roslin Frey. Catelyn, Robb e Edmure, junto com as principais forças de Robb, marcharam para as Gêmeas. Ali, o massacre e traição dos Frey que viria a ser conhecido como o Casamento Vermelho ocorreu. Catelyn teve de ver seu filho, Robb, ser apunhalado por Roose Bolton. Como retaliação, ela pegou e executou Aegon Frey. Ela sucumbiu ao sofrimento, arranhando o o próprio rosto, mas mesmo assim foi degolada por Raymund Frey. Os Frey jogaram seu corpo no rio como uma zombaria aos ritos funerários dos Tully.

Três dias depois, seu cadáver foi retirado do rio por Nymeria, e logo depois foi encontrado pela Irmandade Sem Bandeiras. Lorde Beric Dondarrion pediu ao sacerdote Thoros de Myr que desse-lhe o beijo da vida e a ressuscitasse, mas Thoros disse que já havia se passado tempo demais. Beric então encostou os lábios nos de Catelyn e o fogo da vida que estava nele passou para ela, de modo que ela se ergueu. Suas feridas foram apenas parcialmente curadas, de modo que ela ficou mutilada e perdeu a habilidade de falar. Foi consumida por seu desejo de vingança àqueles que haviam traído e matado sua família. Ela adotou o nome de "Senhora Coração de Pedra" e assumiu o comando da Irmandade, perseguindo e enforcando os que ela considerava traidores, como Petyr e Merret Frey.

O Festim dos Corvos

Senhora Coração de Pedra, por Zippo514 ©

Brienne de Tarth partira sob instruções de Sor Jaime Lannister para encontrar e proteger Sansa Stark. No fim, ela foi capturada pela Irmandade e se viu diante da Senhora Coração de Pedra. Quando Brienne disse a ela a verdade, Coração de Pedra não acreditou, já que viu a espada dada por Jaime, a Cumpridora de Promessas, forjada com o aço da espada Stark Gelo. Brienne jurou que se mantinha fiel à Catelyn, mas Coração de Pedra disse que, para que isso fosse provado, ela deveria matar Jaime. Brienne se recusou, argumentando que Jaime mudara. A Carrasca, então, mandou enforcá-la junto com seus amigos. Um pouco antes de morrer, com a corda no pescoço, Brienne gritou "espada", se pondo a serviço da Coração de Pedra e poupando sua vida e a de seu escudeiro, Podrick Payne.

Senhora Coração de Pedra

Parece que a morte mudou Catelyn. Ela é menos gentil e indulgente do que na vida e é consumida pelo desejo de vingança contra qualquer um que ela ache que traiu ela e seu filho, Robb. Ela enforca todos os homens associados com os Frey, Bolton, ou Lannister, mesmo aqueles que não tem nada a ver com o Casamento Vermelho ou se eles são apenas crianças, como foi o caso de Podrick Payne. Sua aparência foi alterada, com sua carne tornando-se suave e cor de leite coalhado devido ao seu corpo estar submerso na água do rio por muito tempo. Metade de seu cabelo se foi eo resto é branco e frágil. Além disso, suas feridas não foram curadas, Catelyn continua com o rosto coberto de marcas de arranhões e ainda está com sua garganta aberta. Para falar ela deve cobrir a ferida na garganta e mesmo assim é difícil de entender.

Família

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Hoster}
 
{Minisa
Whent}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Brynden
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Dois filhos
 
{Eddard
Stark}
 
{Catelyn}
 
Edmure
 
Roslin Frey
 
Petyr
Baelish
 
{Lysa}
 
{Jon
Arryn}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Robb I
Stark}
 
Jeyne
Westerling
 
Tyrion
Lannister
 
Sansa
Stark
 
Arya
Stark
 
Brandon
Stark
 
Rickon
Stark
 
Robert
Arryn
 
 
 
 
 
 
 
 



Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Catelyn Stark. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas