Século de Sangue

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa
O Campo dos Corvos, uma das muitas sangrentas batalhas que aconteceram durante o "Século de Sangue".

O Século de Sangue, Século do Sangue, ou Anos Sangrentos, foi um período de caos em Essos que durou aproximadamente um século após a Perdição de Valíria.

História

O poder dominante em Essos, a Cidade Franca de Valíria, colapsou quando a Península Valiriana foi destruída na Perdição. As colônias e conquistas valirianas imergiram no caos. As nove Cidades Livres surgiram, apenas para entrar em guerra umas contra as outras. Em Pedra do Dragão, os Targaryen, a única das Quarenta Famílias restante, decidiram não intervir, conservando suas forças.

Aproveitando-se do vácuo de poder, os dothraki atravessaram das planícies centrais e dos desertos que cercam o Mar Dothraki. Eles conquistaram os reinos de Sarnor e Ifequevron e a colônia ibbenesa de Ibbish do norte, assim como a colônia valiriana de Essaria, no oeste. Os dothraki também invadiram assentamentos ghiscari e qartenos no sul.

Volantis, a "filha mais velha de Valíria", considerava-se a herdeira natural do império. Os Tigres, partido que tomou o poder entre os triarcas, decidiu restaurar o Domínio por meio da guerra. Perto do fim do século, eles já haviam conquistado Lys e Myr. Quando Volantis atacou Tyrosh, eles foram repelidos pela aliança entre Tyrosh, Pentos, Argilac Durrendon, o Rei da Tempestade, e Aegon Targaryen, que partiu de Pedra do Dragão montado em Balerion. O resultado da guerra devastou as Terras Disputadas. Os bélicos Tigres perderam seu poder e foram substituídos pelos comerciantes Elefantes.

O Triarca Horonno foi um herói volantino do Século de Sangue. Algumas das mais famosas companhias mercenárias foram fundadas nesse período.


Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Century of Blood. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.