Rhaegar Targaryen

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Targaryen.png
Rhaegar Targaryen
Targaryen.png
Rhaegar twoiaf.jpg
Rhaegar Targaryen, por Karla Ortiz ©
Apelido(s) Príncipe Prateado
O príncipe dragão
O último dragão
Título Príncipe de Pedra do Dragão
Sor
Lealdade Casa Targaryen
Cultura Valiriana
Esposa(o) Elia Martell
Nascimento Em 259 d.C., em Solarestival
Morte Em 283 d.C., em Tridente
Mencionado
Mencionado
Mencionado
Mencionado
Mencionado

GoT Logo.jpg
Rhaegar-Targaryen-HBO.png
Interpretado(a) por Wilf Scolding
Aparições 7ª Temporada
Apareceu em 1 episódio (ver seção)

Príncipe Rhaegar Targaryen era o filho mais velho do Rei Aerys II e herdeiro do Trono de Ferro, além de deter o título de Príncipe de Pedra do Dragão. Popular entre os nobres e plebeus, Rhaegar morreu durante a Rebelião de Robert, esta desencadeada pelo seu suposto rapto a Lyanna Stark. Para os lealistas da Casa Targaryen, Rhaegar é lembrado como uma figura histórica. Na série de televisão é interpretado pelo ator Wilf Scolding.

Aparência e personalidade

Rhaegar era muito inteligente e hábil em tudo que se dispunha a fazer, tendo sido um brilhante músico e um nobre cavalheiro. Era profundamente afetado pela "sombra de Solarestival", sendo que diziam que ele "nasceu em luto", por isso era considerado melancólico.[1][2] Muitos o viam com respeito, inclusive Eddard Stark, melhor amigo de Robert Baratheon.

Era alto e bonito, com olhos de um lilás escuro e os cabelos prateados dos Targaryen.

História

Infância

Rhaegar foi o primeiro filho de Aerys II Targaryen e de sua esposa Rhaella, nascido em 259 d.C., no mesmo dia da Tragédia de Solarestival. Quando criança, tinha obsessão com a leitura, a ponto de fazerem piada de seus hábitos. Mais tarde, tornou-se um guerreiro, embora no início não parecesse inclinado aos hábitos marciais. Segundo ele próprio, o interesse veio de algo que ele leu.[3]

Foi nomeado cavaleiro aos dezessete anos, sendo documentado como um guerreiro hábil e notável, embora não tenha participado de muitas justas.

Vida Adulta e Morte

Tinha o hábito de visitar as ruínas de Solarestival apenas com sua harpa e, quando voltava, compunha músicas tão tristes que eram capazes de levar as donzelas às lágrimas. Embora Rhaegar tivesse sido muitas vezes melancólico, fechado e dado aos livros, Cersei Lannister reparou que os plebeu aplaudiram a Lorde Tywin Lannister o dobro do que aplaudiram ao rei, mas isso foi apenas metade dos aplausos que Rhaegar recebeu, e Jaime Lannister acredita que Rhaegar teria sido um bom rei. Sor Barristan Selmy, que serviu a três reis, lembrou que Rhaegar teria sido melhor do que os três reis juntos.[4]

Os escudeiros de Rhaegar foram Myles Mooton e Richard Lonmouth e, depois de tornados cavaleiros, permanecerem como seus amigos. Lorde Jon Connington também foi um dos melhores amigos de Rhaegar, mas Sor Arthur Dayne era mais próximo ao príncipe.[4]

Mais tarde, Rhaegar casou-se com a princesa dornesa Elia Martell, com quem teve dois filhos: Rhaenys e Aegon. Meistre Aemon lembrou que Rhaegar, erroneamente, pensava que seu filho seria o Príncipe Prometido.

Durante o Torneio de Harrenhal, Rhaegar Targaryen parecia invencível, tendo derrubado até mesmo Sor Arthur Dayne, a Espada da Manhã. Tomando a rosa de inverno, ele escolheu Lyanna Stark como Rainha do Amor e da Beleza ao invés de sua esposa. Um ano depois houve o suposto rapto de Lyanna por Rhaegar, o que culminou na Rebelião de Robert e no fim da Dinastia Targaryen.

Alguns acreditam que Rhaegar passou o começo da Rebelião de Robert (chamada de "Guerra do Usurpador" por aqueles leais aos Targaryen) na Torre da Alegria com Lyanna Stark, nas Montanhas Vermelhas de Dorne. Aerys enviou Gerold Hightower, o Lorde Comandante da Guarda Real, para encontrar Rhaegar. O príncipe deixou então Gerold, Arthur Dayne e Oswell Whent na Torre,[5] partindo logo em seguida para as Terras da Coroa para assumir o comando do exército dos Targaryen após a derrota do seu amigo Jon Connington na Batalha dos Sinos. Sor Jaime Lannister foi deixado na Fortaleza Vermelha para proteger o rei Aerys e a família.[6]

Rhaegar e Robert Baratheon se enfrentaram num vau na Batalha do Tridente. A dupla teve um duelo lendário sobre as águas do rio, até que Robert esmagou o peito de Rhaegar com um golpe possante de seu martelo de guerra, espalhando pela água os rubis incrustados na armadura de Rhaegar, o que conferiu ao vau o nome de Vau Rubi. Mais tarde, sua esposa e sua filha foram assassinados durante o Saque de Porto Real por Sor Gregor Clegane e Sor Amory Lorch. Lorch arrastou Rhaenys, que se escondera embaixo da cama, e a apunhalou até a morte.[5] Segundo fontes semi-canônicas, o corpo de Rhaegar foi recuperado por simpatizantes de sua Casa e o cadáver foi cremado numa pira funerária, a moda Targaryen.[7]

A circustância do rapto de Lyanna por Rhaegar ainda é um mistério nos livros, não sendo revelado se ela foi com ele por vontade própria ou se realmente foi um sequestro. Os Starks, em particular Brandon Stark, viu isso como um rapto e Robert Baratheon imaginou que Rhaegar estuprava Lyanna no seu cativeiro. Contudo, os partidários e simpatizantes dos Targaryens afirmam que Rhaegar realmente sentia amor por Lyanna. Lorde Eddard Stark, o irmão de Lyanna, e Howland Reed recuperaram o corpo dela na Torre da Alegria, em Dorne.[8] Lyanna havia falecido pouco tempo depois da chegada de Eddard e do seu confronto com os três guardas reais que Rhaegar havia deixado lá. Antes de morrer, Lyanna conseguiu extrair de Eddard uma promessa, cujo o conteúdo ainda é desconhecido.[9][10]

Na série de televisão

Aparições

Aparições na 7ª Temporada de Game of Thrones
Dragonstone Stormborn The Queen's Justice The Spoils of War Eastwatch
Beyond the Wall - - -

Família

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Aegon V}
 
{Betha
Blackwood}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Duncan}
 
{Jenny
de Pedravelhas}
 
{Jaehaerys II}
 
{Shaera}
 
{Daeron}
 
 
 
 
 
 
{Rhaelle}
 
{Ormund
Baratheon}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Aerys II}
 
{Rhaella}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Casa
Baratheon
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rhaegar}
 
{Elia
Martell}
 
{Shaena}
 
{Daeron}
 
{Aegon}
 
{Jaehaerys}
 
{Viserys}
 
Hizdahr
zo Loraq
 
Daenerys
 
{Drogo}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rhaenys}
 
Aegon
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rhaego}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Notas

Links externos

Referências