Represeiro

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa

O represeiro é uma espécie de árvore decídua encontrada por toda Westeros. As folhas de cinco pontas e a seiva dos represeiros são vermelho-sangue, enquanto a casca e a madeira são brancas. [1] A maioria dos represeiros possuem faces esculpidas em seus troncos. Estas foram feitas pelos Filhos da Floresta em dias remotos, e agora são feitas pelos selvagens e outros descendentes dos Primeiros Homens. Em alguns casos, a seiva pode se acumular, dando às árvores olhos vermelhos. Se sabe até que elas podem gotejar a seiva, como se as árvores estivessem chorando.

Represeiros e os Deuses Antigos

Um represeiro representado em Game of Thrones
Represeiros são considerados sagrados pelos seguidores da Antiga Fé. Se sabe que os Filhos esculpiram as faces nos represeiros durante a Era da Aurora, antes da vinda dos Primeiros Homens pelo Mar Estreito. É dito que, através dos rostos, os Deuses Antigos zelam por seus seguidores, e testemunham eventos importantes. Além disso, os Videntes Verdes dos Filhos da Floresta também conseguem ver através dos olhos dos represeiros, ver lugares longínquos. Já que as árvores não possuem a noção de tempo, o Vidente verde consegue ver até mesmo o passado.

Represeiros crescem em lugares desabitados nos bosques das florestas. Após os Primeiros Homens aceitarem a Antiga Fé, eles criaram os bosques sagrados, bosques dentro de seus castelos e vilas onde um único Represeiro, conhecido como a árvore-coração, era plantado para que os Deuses pudessem ser reverenciados.

Os represeiros são usados para testemunhar grandes eventos como casamentos e se diz que é impossível mentir na presença de um represeiro.


Represeiros e os Ândalos

Com a Invasão dos Ândalos, veio a Fé dos Sete. Os represeiros representavam a Antiga Fé e, por isso, foram em sua maioria cortados. Com a exceção de algumas árvores-coração, o único lugar ao sul do Gargalo onde ainda existem bosques de represeiros é a Ilha das Caras, onde os Filhos e os Primeiros Homens concordaram em paz. Porém, os Ândalos nunca conseguiram conquistar o Norte, e a Antiga Fé continua forte lá. Represeiros ainda crescem nas florestas do Norte, e são muito predominantes Para Lá da Muralha.

Coisas feitas de represeiro

A madeira do represeiro é um excelente material de construção porque não se deteriora. Sua madeira pode ser usada para fazer arcos, lanças, e flechas; Ygritte e Brynden Rivers tinham arcos de represeiro. [2] Pode ser usada para fazer mobílias (A mesa na Sala Redonda da Guarda Real é feita de represeiro, esculpida na forma de um escudo, [3] e o trono da Casa Arryn, no Ninho da Águia, também foi feito de represeiro [4]). A madeira também é usada em arquitetura, como o Portão Negro de Fortenoite e as vigas de Harrenhal. A porta principal, assim como as cadeiras, da Casa do Preto e Branco é feita de represeiro e ébano.

Portão Negro em Fortenoite

Mãos-Frias levou Samwell Tarly e Goiva para o Portão Negro para trazer alguém que Mãos-Frias deveria encontrar. Uma vez passado o portão, Sam e Goiva subiram um poço, com degraus esculpidos nas paredes, até a cozinha. Nela, Bran e seu grupo estavam dormindo. A chegada de Sam os assustara, e Sam caira na rede de Meera antes que a fogueira pudesse ser alimentada, para que a situação fosse esclarecida. Após Sam dizer-lhes que ele deveria levar alguém através do portão, para o Mãos Frias, Bran e seu grupo decidem ir, então Sam deixou Goiva para trás, e guia o grupo de volta para o portão. Já que somente um Membro Juramentado da Patrulha da Noite poderia abrí-lo, Sam precisara estar lá. Ao chegarem no portão, viram que ele era feito de represeiro, com uma velha, enrugada, encolhida e pálida face, e um brilho extremamente fraco. O rosto abriu seus olhos e perguntou:

Quem é?

e Sam responde:

Sou a espada na escuridão, Sou o vigilante nas muralhas, Sou o fogo que arde contra o frio, a luz que traz consigo a alvorada, a trombeta que acorda os que dormem, Sou o escudo que defende os reinos dos homens.

A porta então diz:

Então passe.

e seus lábios se abriram. Se abriram, e se abriram ainda mais, até que nada restou a não ser uma grande boca escancarada, rodeada por um anel de rugas. Ao passarem, Hodor não se abaixou o suficiente, e uma gota de água caiu em Bran que era salgada como uma lágrima. [5]

Referências e Notas

Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Weirwood. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.