Reino de Sarnor

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa

O Reino de Sarnor é uma região na porção meridional de Essos em torno das praias do Mar Tremente. A Floresta de Qohor e Vaes Khadokh estão a oeste, enquanto que o Mar Dothraki se estende ao sul. Omber é uma península do nordeste de Sarnor, enquanto que o Reino de Ifequevron se encontra mais distante a leste.

História

Sarnor era um reino antigo centralizado em torno do grande rio Sarne e seus braços, além de alguns lagos restantes do Mar de Prata. Os sarnori alardeavam descender do lendário Rei Huzhor Amai. De uma federação de cidades-estado, cada uma governada por seu próprio rei, os sarnori eram nominalmente governados de Sarnath pelo Alto Rei. A maior parte do reino pastoril foi destruída pelos dothraki no Século do Sangue após a Perdição de Valíria, com as cidades de Gornath, Kasath, Sallosh, Sarnath, Sarys e Sathar transformadas em ruínas. A única cidade sarnori que sobrou foi Saath.

Os sarnori comerciavam com Valíria, Yi Ti, Leng e Asshai. Eles também navegaram pelo Mar Tremente até Ib, as Mil Ilhas de Mossovy; guerrearam contra os Qaathi e o Império Ghiscari; e lideraram incursões contra bandos nômades de cavaleiros que invadiam pelas estepes do leste.

Após a Perdição de Valíria, os reinos sarnori levaram menos de um século para cair. Enquanto as Cidades Livres mergulharam numa guerra selvagem por dominação, o então chamado Século do Sangue, os Homens Altos ignoraram a ameaça dothraki mesmo quando os khalasars surgiram em suas fronteiras orientais. Acostumado a eles, sendo pouco mais do que um incômodo, alguns dos reis Sarnori mesmo procuraram usar os Dothrakis em suas próprias guerras, oferecendo-lhes ouro e escravos e outros presentes para lutar contra seus rivais. No entanto, Khal Mengo, que uniu todas khalasars sob seu governo, levou estes presentes de bom grado, e, em seguida, tomou as terras conquistadas, bem como, queimando campos, fazendas e cidades retornarem as pastagens ao seu estado selvagem.