Príncipe que foi prometido

De Game Of Thrones BR wiki
(Redirecionado de Príncipe Que Foi Prometido)
Ir para: navegação, pesquisa
O Príncipe que foi Prometido - por Marco Caradonna © FFG

O Príncipe que foi prometido é um líder ou salvador profetizado. O príncipe pode fazer parte de uma antiga profecia que conta a história do retorno de um herói que irá acabar com 'a escuridão'. Um "cometa vermelho" deveria anunciar o retorno do príncipe.[1] O príncipe tem "uma canção", a canção de gelo e fogo.[2]

História

Não se sabe a origem da profecia, com informações a respeito do príncipe sendo escassas. De acordo com Melisandre, uma sacerdotisa vermelha de R'hllor, o príncipe foi profetizado cinco mil anos atrás.[3] Ela menciona o príncipe prometido[4] e Azor Ahai de forma intercalada mas ela tende a usar o nome de Azor Ahai com mais frequência. Melisandre afirma que "Quando a estrela vermelha sangrar e a escuridão se agrupar, Azor Ahai renascerá dentre a fumaça e o sal".[5]

Meistre Aemon menciona a estrela sangrenta (um cometa vermelho), junto com a fumaça e sal, como parte de uma antiga profecia do príncipe que retornará,[1] mas ele não menciona Azor Ahai. O arquimeistre Marwyn afirma que, de acordo com a profecia, o príncipe "nascerá do sal e da fumaça, embaixo de uma estrela sangrenta".[6] Quando era jovem, Aemon acreditava que Rhaegar Targaryen era o príncipe que foi prometido, já que ele nasceu perto da fumaça da tragédia de Solarestival e do sal do choro das crianças.[1]

O jovem Rhaegar concordava com Aemon de que ele poderia ser o príncipe que foi prometido. De acordo com Arstan Barba-Branca, em um dia Rhaegar encontrou em um dos seus pergaminhos algo que o assustou e ele então decidiu se tornar um cavaleiro, dizendo a Sor Willem Darry, "Eu preciso de uma arma e armadura. Parece que eu devo ser um guerreiro."[7]

Rhaegar depois passou a acreditar que talvez seu filho, Aegon, seria o príncipe que foi prometido, já que um cometa foi visto sobre Porto Real quando seu menino nasceu.[1] Rhaegar acabou sendo morto por Robert Baratheon na Batalha do Tridente,[8] enquanto Aegon foi assassinado por Sor Gregor Clegane no Saque de Porto Real.[9]

Quando era jovem, o futuro rei Aegon V Targaryen (bisavô de Rhaegar) lembra que o rei Aerys I tinha lido sobre uma profecia do retorno dos dragões.[10] Meistre Aemon acredita que "o dragão deve ter três cabeças", embora não se saiba como isso está conectado a profecia do príncipe que foi prometido.[1]

Eventos recentes

A Fúria dos Reis

Daenerys a Não Queimada, por Michael Komarck ©

O irmão mais velho de Daenerys Targaryen, o falecido Rhaegar, aparece numa das visões dela na Casa dos Imortais em Qarth. Ela vê ele falando com sua esposa, Elia Martell, discutindo como ele deveria nomear seu filho (Aegon) e seu destino. Ele afirma, "Ele é o príncipe que foi prometido e é dele a canção de gelo e fogo."[2]

Enquanto no porto de Qarth com Sor Jorah Mormont, Daenerys menciona que seu irmão disse que o bebê era o príncipe prometido. Jorah diz que se Aegon fosse mesmo o príncipe que foi prometido, a promessa foi quebrada junto com seu crânio quando os Lannisters esmagaram sua cara contra o muro no Saque de Porto Real. Daenerys parece aceitar está noção e pergunta sobre a canção de gelo e fogo, mas Jorah diz que nunca ouviu falar.[11]

A Tormenta de Espadas

Em Pedra do Dragão, Melisandre explica que Stannis Baratheon é o príncipe que foi prometido[12] e que o cometa vermelho é o seu arauto.[3]

Uma vez na Muralha, Melisandre comanda a Patrulha da Noite para acender fogueiras para os proteger contra a escuridão e ela fala da guerra pela alvorada (a guerra da humanidade contra o 'Inimigo Verdadeiro'). Quando o Meistre Aemon fala do príncipe que foi prometido, Melisandre afirma que Stannis é Azor Ahai.[13]

O Festim dos Corvos

Em Braavos, Samwell Tarly diz a Aemon sobre os rumores de Daenerys e seus dragões. O meistre então fica convencido de que Daenerys é o líder profetizado. Se lembrando da conclusão do Septão Barth de que o dragão não era de gênero misturado, Aemon acredita que houve um erro na tradução da profecia. Ele diz para Sam que o herói não é um príncipe mas sim uma princesa, Daenerys.[1]

Aemon pretende encontrar Daenerys, mas ele morre a caminho de Vilavelha.[1] O arquimeistre Marwyn anuncia sua intenção de viajar até a Baía dos Escravos para encontra-la e aconselha-la.[6]

A Dança dos Dragões

Em Meereen, Sor Barristan Selmy fala com Daenerys a respeito da mãe dela, Rhaella, e seu pai, o rei Aerys II. Ela menciona que seu avô, o rei Jaehaerys II, ordenou que eles se casassem após uma bruxa da floresta avisar que o príncipe que foi prometido seria nascido de sua linhagem. Quando Daenerys pergunta sobre a bruxa, Barristan menciona Solarestival e depois a rainha, cansada, pede para que ele se retire da sala.[14]

Na Muralha, um cético Jon Snow lembra Melisandre de que ela falou de um "príncipe prometido, nascido da fumaça e do sal", e diz que, para ele, ela não fez nada além de erros até aquele momento.[15]

Quando Benerro prega em Volantis a respeito do 'olho negro' que caiu sobre Daenerys, Tyrion Lannister lembra de uma grande profecia de um herói que irá salvar o mundo da escuridão.[16]

Referências e notas