Ponta Tempestade

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Ponta Tempestade
Castelo, Capital Regional
Ponta Tempestade por feliche.jpg
Ponta Tempestade por Feliche
Ponta Tempestade is located in Terras da Tempestade
Ponta Tempestade

Localização do Ponta Tempestade nas Terras da Tempestade
Localização Baía dos Naufrágios, Terras da Tempestade, Westeros
Governo Casa Baratheon Baratheon Ponta Tempestade.png, antigamente Casa Durrendon Durrendon de Ponta Tempestade.png
Religião Fé dos Sete
Fundado(a) Era da Aurora
Nomeado(a) por Durran

Ponta Tempestade é o castelo sede da Casa Baratheon e antes desta, da Casa Durrendon, nas Terras da Tempestade. Localiza-se ao longo da Baía dos Naufrágios. É um dos mais fortes castelos dos Sete Reinos, era a sede dos antigos Reis da Tempestade durante milhares de anos. Diz-se que existem feitiços encrustados nas muralhas impedem que magia as atravesse ou afete.

Características

Ponta Tempestade por Ted Nasmith.
Ponta Tempestade é um dos mais fortes castelos dos Sete Reinos. O castelo é cercado por enormes muralhas de 30 metros, com 12 metros de espessura em seu lado mais fino, e quase o dobro nas partes mais grossas. São duras paredes de pedra, sendo o espaço entre elas preenchido com areia e escombros. A parede é lisa e curvada, com as pedras tão bem encaixadas que não há nenhuma brecha para o vento. No lado voltado para o mar, há uma queda de 45 metros até as águas da Baía dos Naufrágios[1].

O castelo consiste de uma gigantesca torre redonda, com formidáveis ameias, fazendo com que, à distância, inimigos vejam o que parece ser um único e gigantesco punho com pontas de ferro desafiando o céu. A torre é tão grande que confortavelmente comporta o celeiro, os alojamentos, o arsenal, o salão de banquetes e os aposentos do Lorde. Há feitiços encravados na cantaria. O lado do castelo voltado para o mar se encontra sobre falésias brancas avistando o mar, e há uma passagem de água gradeada em uma caverna que leva para debaixo do castelo[2].



História

Ponta Tempestade por Franz Miklis.
A poderosa fortaleza chamada Ponta Tempestade existe há séculos, enfrentando as terríveis condições meteorológicas da Baía dos Naufrágios, com pouquíssimos desgastes. Lendas dizem que foi construída por Durran, o primeiro Rei da Tempestade, durante a Era da Aurora. Durran iria casar com a filha dos deuses, Elenei, porém, durante a festa, eles assassinaram sua família e seus convidados, forçando o Rei a declarar guerra contra eles. Diz-se que ergueu seis castelos, cada um maior e mais formidável que outro, até finalmente construir Ponta Tempestade; alguns dizem que a construção teve ajuda de feitiços das Crianças da Floresta; outros acreditam que um garoto que, quando crescido, se tornaria Bran, o Construtor, aconselhou Durran durante a construção. A verdade dos fatos é desconhecida[1].

Ponta Tempestade provou ser uma excepcionalmente formidável fortaleza. Em sua longa história, nunca caiu contra cercos, batalhas ou tempestades - e enfrentou inúmeros destes em sua história. O último Rei da Tempestade, Argilac o Arrogante, abandonou suas impressionantes defesas para enfrentar Orys Baratheon em batalha durante a Guerra da Conquista de Aegon I - erro que custou sua vida, seu castelo e seus títulos. Durante a Rebelião de Robert, Ponta Tempestade esteve sob cerco por um ano pelas tropas de Mace Tyrell, que comandava as forças em terra, enquanto a frota Paxter Redwyne, da Árvore, mantinha o castelo cercado pelo mar. Stannis Baratheon, comandando as defesas, não aceitava render-se, e seus homens chegaram a comer ratos. Um contrabandista chamado Davos Seaworth atravessou o bloqueio e entregou suprimentos ao castelo, permitindo aos homens suportar o cerco.

Quando Robert Baratheon foi coroado Rei, deu o castelo a seu irmão mais novo, Renly, e deu a Stannis a ilha de Pedra do Dragão, muito mais pobre, o que causou anos de amargura entre os irmãos. Quando Renly estava distante cumprindo seus deveres de Mestre das Leis, o castelo era administrado por Sor Cortnay Penrose.

Eventos recentes

Ponta Tempestade por Marc Simonetti.

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Fúria dos Reis

Ver também: Primeiro Cerco de Ponta Tempestade

Durante a Guerra dos Cinco Reis, diversos castelos juramentados a Ponta Tempestade ajudaram Renly a reunir um grandioso exército para reivindicar o Trono de Ferro. Após a morte do Rei, Sor Cortnay Penrose, o castelão, recusou-se a se render, acreditando que Edric Storm, criado em Ponta Tempesade, sofreria algum mal. Melisandre pariu uma sombra que assassinou Penrose, mas primeiramente Davos Seaworth teve que levá-la clandestinamente pelas cavernas sob o castelo, para que a magia da sacerdotisa pudessem atravessar os feitiços nas muralhas. Logo após a morte do castelão, seu tenente, o Lorde Elwood Meadows, rendeu o castelo às forças de Stannis. Antes de partir para Porto Real, o Rei nomeou Sor Gilbert Farring como castelão, e deixou Lorde Meadows e seu tio, Sor Lomas Estermont, sob seu comando no castelo; ainda, como oferenda ao Lorde da Luz, ordenou a queima do Bosque Sagrado de Ponta Tempestade.

O Festim dos Corvos

Ver também: Segundo Cerco de Ponta Tempestade

Mais tarde na guerra, o castelo foi cercado por um forte exército sob o comando de Mace Tyrell, porém apenas manteve o cerco por algumas semanas antes de deixar a região e retornar a Porto Real, por causa da prisão de sua filha Margaery pela . Lorde Tyrell deixou uma tropa pequena para manter o cerco, mas o castelo continua a apoiar a campanha de Stannis pelo Trono de Ferro.

A Dança dos Dragões

A Companhia Dourada planeja tomar Ponta Tempestade e usar o castelo como base de operações. Aegon Targaryen gostaria de liderar o ataque.

Referência e Notas



Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Storm' End. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.