O Festim dos Corvos - Capítulo 9

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa


Brienne II
Capítulo de O Festim dos Corvos
O Festim dos Corvos.jpg
PDVBrienne de Tarth
LocalValdocaso
Página117 PT-BR Leya (Outras versões)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Jaime I ← Brienne II → Sansa I

Brienne III
Brienne percebe a presença de Podrick, por Elisa Poggese©.

Quando Brienne chega a Valdocaso, ela encontra os portões da cidade fechados. A área ao redor está repleta de cadáveres de nortenhos e homens da Campina. [1]

Os portões se abrem pela manhã. Dentro do castelo, um homem diz a Brienne que sua irmã poderia pintar um novo símbolo sobre o morcego negro da Casa Lothston que estampa seu escudo. Ela encontra a garota e pensa no que desenhar em seu escudo. Brienne descarta a possibilidade de desenhar o símbolo de Tarth pois não quer ser reconhecida como a assassina de Renly. Então ela se lembra do escudo que viu certa vez na casa de armas do pai e o descreve para a garota. Depois, Brienne parte para Forte Pardo para falar com o seu senhor. Já que Lorde Rykker está viajando, ela se encontra com o castelão Sor Rufus Leek e um meistre, que lhe diz que muitos vieram antes dela perguntando se Dontos Hollard e Sansa Stark tinham chegado a Valdocaso. O meistre de Forte Pardo conta para Brienne a história do Desafio de Valdocaso, que parece ter sido o incidente que levou o Rei Aerys Targaryen ao seu limite

Resumindo: Denys Darklyn, senhor de Valdocaso, recusou-se a continuar pagando impostos a Aerys. Aerys resolveu lidar com isso sozinho e foi então que ele começou a se distanciar de Tywin. Por sua própria iniciativa, ou por conta dos apelos de sua mulher (Serala, uma mulher vinda de Myr), Denys Darklyn tomou Aerys refém. Quando Tywin Lannister (que era Mão no momento) cercou Forte Pardo, Lorde Darklyn ameaçou matar Aerys. Quando Aerys foi capturado, Symon Hollard matou um de seus membros da Guarda Real, Sor Gwayne Gaunt. Após Barristan, o Ousado entrar em Forte Pardo e resgatar o rei, Aerys já tinha matado quase todos os membros das famílias Darklyn e Hollard. Dontos, que era jovem na época, sobreviveu porque Barristan pediu. Por isso, o castelão diz a Brienne que Valdocaso teria sido o último lugar o qual Dontos teria fugido.

Mais tarde, desesperada pensando que nunca irá encontrar Sansa, Brienne esbarra em um menino magro que ela também viu em Rosby, mas ele foge. Visitando o estalagem Sete Espadas para o jantar, Brienne encontra um anão, que lhe diz que ouviu um homem chamado Lesto Dick em Lagoa da Donzela se gabar de que ele tinha "enganado um bobo" procurando passagem para três através do Mar Estreito.

Naquela noite, Brienne sonha com a morte de Renly, mas quando ele cai perante a sombra que o matou, o corpo é o de Jaime.

No dia seguinte, Brienne pega seu escudo, pintado com o símbolo que Tanselle havia pintado para Sor Duncan. Seguindo para Lagoa da Donzela, Brienne passa pelas ruínas do castelo Hollard, e ouve um cavaleiro. Temendo pode ser Sor Shadrich, ela percebe que é um garoto que a está seguindo. Ele revela ser Podrick Payne, e pede para ficar com ela, na esperança de que, se ela encontrar Sansa, poderá levá-lo de volta para Tyrion.

Notas e Referências

  1. Brienne especificamente descreve os símbolos da Casa Glover, Casa Hornwood, Casa Karstark e Casa Cerwyn, reconhecendo como Casas Nortenhas; das famílias da Campina ela descreve os símbolos da Casa Fossoway de Solar de Sidra, Casa Fossoway de Novo Barril, Casa Leygood, Casa Ambrose e Casa Tarly. Casas das Terras da Tempestade também estavam ali, mas não são especificadas.