O Festim dos Corvos - Capítulo 13

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa


O Cavaleiro Maculado
Capítulo de O Festim dos Corvos
O Festim dos Corvos.jpg
PDVArys Oakheart
LocalLançassolar
Página163 PT-BR Leya (Outras versões)
Cronologia dos capítulos (Todos)
Cersei III ← O Cavaleiro Maculado → Brienne III

Sinopse

Arys Oakheart e Arianne por Magali Villeneuve para a Fantasy Flight Games©.

Deslizando pela cidade das sombras de Lançassolar durante a noite para um encontro com a Princesa Arianne, Sor Arys Oakheart considera quão improvável é para um Oakheart mesmo estar em Dorne. Vindo da Campina, as Oakhearts têm sido inimigos de Dorne por toda sua vida. O cavaleiro da Guarda Real deixou Myrcella jogando cyvasse com o príncipe Trystane, e sob a proteção do escudo jurado do príncipe Sor Gascoyne. Arys relembra sua reunião recente com o príncipe Doran, que o aconselhou que Myrcella estaria mais segura nos Jardins de Água. Todos os seus guardas e Sor Arys iriam acompanhá-lá, mas Doran pediu-lhe para não escrever para Porto Real e avisar sobre o plano. Quando ele chega ao local secreto para se encontrar com Arianne, ele jura que terminará com ela, mas quando a vê nua, muda de ideia.

Depois de transarem, Arys é mais uma vez consumido pela culpa, mas Arianne tem uma resposta para cada uma de suas dúvidas. O cavaleiro sente que desonrou a si mesmo o bastante, e ele não quer desonrará-la. Mas as palavras e gestos sedutores de Arianne são difíceis de se ignorar. Quando Arianne lembra que ele disse a ela que a amava, Arys responde que ele fez um voto de celibato. No entanto, Arianne o lembra de vários membros da Guarda Real que quebraram seus votos, o famoso Lucamore o Ardente e Terrence Toyne, e até mesmo o Aemon o Cavaleiro do Dragão (embora Sor Arys não acredite nesta última história). Ela termina com:

"Não é o nosso amor que o desonra, são os monstros que têm servido e os brutamontes que você chama de seus irmãos."

Eles conversam sobre Robert e Joffrey, e chegam a conclusão de que Tommen é um melhor rei, mas que Myrcella seria ainda melhor governante. Eles falam sobre o irmão de Arianne, Quentyn, que está em uma missão secreta e que os Yronwood querem vê-lo governando Dorne ao invés dela. Ela compara os Yronwood a Criston Cole, Senhor Comandante da Guarda Real do rei Viserys I. Quando Viserys morreu, Sor Cole estava convencido de que o filho de Viserys, Aegon II, deveria reivindicar o trono dos Sete Reinos. Isto levou à guerra entre Aegon e sua irmã mais velha Rhaenyra, a quem Viserys havia deixado a sua sucessão. E essa guerra é chamada A Dança dos Dragões.

Ela, então, explica-lhe o verdadeiro motivo que Myrcella está sendo transferida para os Jardins de Água: "Para mantê-la longe de quem tentará coroá-la em Dorne", sugerindo que essa é uma ótima oportunidade de fazer exatamente isso, sem que Doran perceba. As palavras de Arianne e sua sedução não conseguem convencer Arys.

Arianne então conta que Príncipe Doran tentou várias vezes casá-la com homens velhos de alto nascimento, e quando ela tinha 14 anos, ela descobriu uma carta que seu pai tinha escrito a seu irmão Quentyn, quando ele morava com os Yronwood. Na carta, Doran escreveu: "Um dia você vai sentar-se onde eu sento e dominará toda a Dorne, e um governante deve ser forte de mente e corpo." Contando com o fato de que Quentyn foi visto nas Cidades Livres e que a Companhia Dourada acaba de romper seu contrato com Myr (e só faria isso se fosse para voltar para Westeros), Arianne diz ter certeza de que o pai deseja coroar o filho. E então ela pede, novamente, para Arys cuidar das duas princesas: Dela e de Myrcella, e garantir seus lugares no poder. Sor Arys então, finalmente, jura defender o direito de Myrcella de governar.

Notas e Referências

Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em The Soiled Knight.