Lann

De Game Of Thrones BR wiki
(Redirecionado de Lann, o Esperto)
Ir para: navegação, pesquisa
Lannister de Rochedo Casterly.png
Lann
Lannister de Rochedo Casterly.png
Lann, o Esperto.jpg
Apelido(s) Lann, o Esperto
Título Rei do Rochedo
Lealdade Casa Lannister
Raça Primeiros Homens
Nascimento Em Era dos Heróis
Mencionado


Lann, também chamado de Lann, o Esperto, foi um herói lendário da Era dos Heróis e fundou a Casa Lannister. [1]

História

A Casa Lannister é principalmente descendente de ândalos, e Lann, segundo as histórias, apareceu vindo do leste. Alguns dizem que ele era um aventureiro ândalo do outro lado do Mar Estreito. Independente de suas origens, os relatos concordam que, de algum modo, ele tirou os Casterly de seu Rochedo e o tomou para si.[2]

Popular entre cantores e contadores de histórias, ele supostamente tomou Rochedo Casterly da Casa Casterly usando apenas sua inteligência. Em outro conto, ele roubou o brilho do sol para dar cor aos seus cabelos. [3]

Versões de como tomou Rochedo Casterly

Lann, o Esperto, apareceu vindo do leste. Alguns dizem que ele era um aventureiro ândalo do outro lado do mar estreito, embora isso tenha ocorrido um milênio antes da chegada dos ândalos a Westeros. Independentemente de suas origens, os relatos concordam que, de algum modo, Lann tirou os Casterly de seu Rochedo e o tomou para si.[4]

Na versão mais comum da história, Lann descobriu uma passagem secreta para dentro do Rochedo, uma fenda tão estreita que teve de tirar as roupas e se besuntar com manteiga para se estremer nela. Uma vez lá dentro, no entanto, começou a fazer maldades, sussurrando ameaças nos ouvidos de Casterly adormecidos, uivando na escuridão como um demônio, roubando tesouros de um irmão para plantá-los nos aposentos do outro, organizando ciladas e armadilhas. Com tais métodos, ele conseguiu colocar os Casterly uns contra os outros e os convenceu de que o Rochedo era assombrado por alguma criatura vil que nunca os deixaria viver em paz.

O método exato com o qual ele realizou isso permanece tema de conjecturas. Na versão mais comum da história, Lann descobriu uma passagem secreta para dentro do Rochedo, uma fenda tão estreita que teve de tirar as roupas e se besuntar com manteiga para se espremer nela. Uma vez lá dentro, no entanto, começou a fazer suas maldades, sussurrando ameaças nos ouvidos de Casterlys adormecidos, uivando na escuridão como um demônio, roubando tesouros de um irmão para plantá-los nos aposentos de outro, organizando ciladas e armadilhas. Com tais métodos, ele conseguiu colocar os Casterly uns contra os outros e os convenceu de que o Rochedo era assombrado por alguma criatura vil que nunca os deixaria viver em paz. Outros narradores preferem outras versões do conto. Em uma, Lann usa a fenda para encher o Rochedo de camundongos, ratos e outros animais nocivos e, dessa maneira, expulsa os Casterly. Em outra, ele contrabandeia um bando de leões para dentro da fortaleza, e Lorde Casterly e seus filhos são todos devorados, e, depois disso, Lann reivindicou a esposa e as filhas de sua senhoria para si. A versão mais devassa da história é que Lann entrou no castelo noite após noite para ir ter com as donzelas Casterly enquanto elas dormiam. Em nove meses, todas as donzelas deram à luz crianças de cabelo dourado, enquanto insistiam que nunca tiveram encontro carnal com um homem. O último conto, apesar de irreverente, tem certos aspectos intrigantes que podem dar uma pista da verdade do que ocorreu. O Arquimeistre Perestan acredita que Lann era algum tipo de partidário a serviço de Lorde Casterly (talvez um cavaleiro de sua casa), que engravidou a filha de sua senhoria (ou filhas, embora isso pareça menos provável), e persuadiu o pai a lhe dar a mão da garota em casamento. Se de fato isso ocorreu, presumindo (como devemos) que Lorde Casterly não tinha filhos legítimos, então, com o curso natural dos acontecimentos, o Rochedo passaria para a filha e, dessa forma, para Lann, após a morte do pai. Com certeza não há mais evidência histórica para isso do que para qualquer uma das outras versões. Tudo o que se sabe com certeza é que, em algum momento durante a Era dos Heróis, os Casterly desapareceram das crônicas e os até então desconhecidos Lannister aparecem em seu lugar, governando grandes partes das terras ocidentais a partir do Rochedo Casterly.

Supostamente, Lann, o Esperto, viveu até a idade de 312 anos, e gerou uma centena de filhos ousados e uma centena de filhas ágeis, todos belos de rosto, com corpo bem formado e abençoados com cabelos ― tão dourados quanto o sol. Deixando tais contos de lado, as histórias sugerem que os primeiros Lannister eram férteis assim como belos, pois muitos nomes começam a aparecer nas crônicas, e, em poucas gerações, os descendentes de Lann se tornaram tão numerosos que nem o Rochedo Casterly poderia abrigar todos eles. Em vez de abrir novas passagens na rocha, alguns filhos e filhas de ramos menores da Casa partiram para fazer a própria morada em um vilarejo a poucos quilômetros de distância. A terra era fértil, o mar repleto de peixes e o lugar que escolheram tinha um excelente porto natural. Logo o vilarejo se transformou em uma vila, depois em uma cidade: Lannisporto.

Lann, o Esperto, nunca se intituilou rei, embora algumas histórias contadas séculos mais tarde tenham lhe conferido o título postumamente. O primeiro rei Lannister de verdade que se tem notícia é Loreon Lannister.

Referências


Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Lann the Clever. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.