Jorah Mormont

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Mormont.png Second Sons flag.png Jorah Mormont Targaryen.png
Jorah Mormont Amoka.jpg
Jorah Mormont, por Amoka ©
Apelido(s) Jorah, o Ândalo
Título Sor
Lealdade Casa Mormont
Casa Targaryen
Segundos Filhos
Cultura Ilha dos Ursos
Esposa(o) 1ª - Glover desconhecida
2ª - Lynesse Hightower
Nascimento Em cerca de 255 d.C.
Aparece
Aparece
Aparece
Mencionado
Aparece

GoT Logo.jpg
Jorah.jpg
Interpretado(a) por Iain Glen
Aparições 1ª Temporada | 2ª Temporada | 3ª Temporada | 4ª Temporada | 5ª Temporada | 6ª Temporada | 7ª Temporada
Apareceu em 48 episódios (ver seção)

Sor Jorah Mormont é um cavaleiro exilado, antigo líder da Casa Mormont e Senhor da Ilha dos Ursos. Ele fugiu de Westeros para escapar da execução por escravização de prisioneiros, e passou a trabalhar como mercerário nas Cidades Livres, até que entrou no serviço dos últimos Targaryen. Ele se torna um dos companheiros em que Daenerys Targaryen mais confia. Na série de televisão é interpretado pelo ator Iain Glen.

Aparência

Jorah é um grande homem de meia-idade, moreno e com muitos pelos. Está ficando careca, mas ainda é forte e está em forma [1][2]. Daenerys não o considera particularmente bonito [3].

História

Quando Jorah se tornou adulto, seu pai, Jeor Mormont, se juntou à Patrulha da Noite, para que seu filho se tornasse o Lorde da Casa Mormont. Jorah lutou na Rebelião Greyjoy, durante a qual ele se destacou, mostrando exemplar coragem no campo de batalha, tendo sido um dos primeiros homens, no cerco a Pyke, a invadir o castelo através da brecha nas muralhas. Ele foi ungido cavaleiro pelo próprio Rei como reconhecimento de sua bravura [4].

Em constraste a sua carreira militar de sucesso, Jorah tem má-sorte no amor. Seu primeiro casamento foi condenado pela infertilidade: a primeira esposa de Jorah, membro da Casa Glover, não foi capaz de dar à luz a um filho durante os dez anos de seu casamento, e morreu logo após de seu terceiro aborto espontâneo.

Durante o Torneio em Lannisporto celebrando a vitória sobre os rebeldes Greyjoy, Jorah conheceu a mulher que se tornaria sua segunda esposa: Lynesse Hightower. Ele ficou imediatamente encantado por sua beleza, pedindo (e recebendo) permissão para usar um lenço seu durante o torneio. Jorah lutou extremamente bem, tendo uma improvável vitória sobre todos os seus desafiadores, e nomeando Lynesse como sua Rainha do Amor e da Beleza. Naquela mesma noite ele pediu ao pai de Lynesse, Lorde Leyton, a sua mão em casamento, e ele concordou.

Apesar de terem casado por amor, o casamento não continuou feliz por muito tempo. Tendo passado toda sua vida até aquele ponto como parte de uma das mais ricas Casas de Westeros, na amena e densamente povoada Campina, Lynesse estava despreparada para a vida na dura e isolada Ilha dos Ursos, e se tornou depressiva rapidamente. Jorah tentou reproduzir o estilo de vida ao qual ela estava acostumada no Sul, oferecendo presentes caros, mas apenas conseguiu arruinar a si mesmo financeiramente.

Desesperado para pagar seus débitos, ele resolveu, como seu último recurso, quebrar um dos mais antigos tabus dos Sete Reinos: escravidão. Quando o suserano da Casa Mormont, Eddard Stark, descobriu que Sor Jorah havia vendido caçadores condenados a um mercador de escravos Tyroshi, ele condenou Jorah à pena tradicional: morte. Antes mesmo de Eddard chegar à Ilha dos Ursos para conduzir o julgamento e a execução, Jorah fugiu com Lynesse para Lys, onde tentou sobreviver como mercenário. Com seu relacionamento já prejudicado pelo exílio, e com Jorah ainda incapaz de proporcionar o estilo de vida que sua esposa desejava, Lynesse o deixou enquanto ele lutava contra os Bravosi no Roine. Com o coração partido e exilado de sua terra natal, Jorah permaneceu nas Cidades Livres e continuou a trabalhar como um mercenário, vendendo sua espada a quem pagasse mais.

Eventos Recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

No casamento de Daenerys Targaryen com Khal Drogo em Pentos, Viserys Targaryen contrata Sor Jorah para seu serviço. Esperando receber um perdão real, Jorah secretamente informa todos os movimentos dos Targaryen a Varys. Ele despreza Viserys, dizendo que o último dragão verdadeiro foi Rhaegar, enquanto o Rei Pedinte seria "menos que a sombra de uma serpente" [3]. Entretanto, ele passa a admirar Dany por sua força e coragem. Ele fica parado e assiste Viserys ser morto por Drogo [5], mas age e evita uma tentativa de assassinato de um vendedor de vinho contra a Khaleesi, e informa a ela e ao Khal que o Rei Robert colocou um preço em sua cabeça.

Ele permanece leal quando o Khal está perto da morte, implorando a Dany que fuja com ele para leste, para salvar a si mesma e à criança por nascer, e mata o companheiro de sangue de Drogo, Qotho em combate individual, quando ele se recusa a obedecer uma ordem da Rainha. Quando Dany se recusa a fugir, ele teme que ela planeja cometer suicídio na pira de seu marido. Jorah é o único dos seguidores de Daenerys a jurar fidelidade a ela, mesmo antes do nascimento de seus dragões; ela o nomeia o primeiro de sua Guarda da Rainha, prometendo dar a ele uma espada de aço valiriano quando retornarem a Westeros. Ele é o primeiro a encontrá-la após o fogo da pira do Khal apagarem, e cai de joelhos em choque quando a vê amamentando seus dragões.

A Fúria dos Reis

Em Vaes Tolorro, pela primeira vez, Jorah conta a Daenerys de seu casamento fracassado com Lynesse Hightower. Ele menciona que Dany é parecida com sua falecida esposa, e ela percebe pela primeira vez que Jorah a ama romanticamente; ela não menciona o assunto abertamente, mas começa a se preocupar que Jorah primeiramente a via como a criança que ela era, e agora a vê como uma potencial parceira romântica, ao invés de a respeitar verdadeiramente como sua Rainha.

Apaixonando-se cada vez mais por Daenerys, Jorah deixa de fazer os informes, enviando o último de Qarth. Lá, ele tenta dissuadir a Khaleesi de confiar muito nos habitantes da cidade, especialmente Xaro Xhoan Daxos e os feiticeiros da Casa dos Imortais. Quando Dany declara sua intenção de entrar na Casa contra seus conselhos, Jorah implora para que possa acompanhá-la, assim como seus companheiros de sangue, mas a Rainha recusa e entra sozinha. Posteriormente, Dany discute as visões que teve na Casa dos Imortais com Jorah.

Ele a acompanha às docas da cidade, procurando um navio que os leve até Westeros. No mercado próximo ao cais, um Homem Pesaroso tenta assassinar a Khaleesi, mas é interceptado por dois estranhos. O par se apresenta como Arstan Barba Branca e Belwas, o Forte, e afirmarm terem sido enviados pelo Magíster Illyrio Mopatis, com três navios para escoltar Daenerys e seus companheiros de volta a Pentos. Barba Branca, um Westerosi menciona ter visto Sor Jorah lutarm em Pyke e Lannisporto; Jorah o acha vagamente familiar, mas não o reconhece. Jorah não confia na dupla, particularmente no velho; Daenerys, entretanto, aceita-os em seu serviço.

A Tormenta de Espadas

Jorah finalmente toma iniciativa, beijando Daenerys quando estão sozinhos. Ele confessa seu amor e repetidamente sugere que se casem, mas ela recusa. Apesar de Dany ainda apreciar muito a amizade e os conselhos de Jorah, seus avanços começam a deixá-la desconfortável.

Jorah sugere que viajem para a Baía dos Escravos para comprarem Imaculados. Ele comanda o exército na vitória sobre Yunkai.

Quando "Arstan Barba Branca" revela-se como Sor Barristan Selmy, ele também revela o antigo papel de Jorah como um informante do Trono de Ferro sobre os movimentos de Daenerys. Jorah afirma que ele parou de enviar informes há muito tempo, quando se apaixonou com ela, mas a Rainha decide enviar ambos numa perigosa missão nos esgotos de Meereen como punição e como uma chance de redenção. A missão é um sucesso, e em seu retorno à corte, Sor Barristan implora por perdão, e a Khaleesi aceita de boa vontade. Jorah, entretanto, diz que ela o "deve" perdão, devido ao seu amor e histórico de serviço fiel. Apesar de Dany desejar perdoá-lo, ela sabe que, enquanto ele mantiver esta atitude, ela não poderia fazê-lo sem prejudicar sua própria autoridade. Ela decide banir Jorah de seu serviço, jurando matá-lo se o ver novamente. Devastado pela rejeição, Jorah parte.

O Festim dos Corvos

Exilado e com o coração partido, Sor Jorah viaja em direção a Volantis.

A Dança dos Dragões

Num bordel em Volantis, Jorah contrata uma bela prostituta com cabelos prateados, e após avista o anão Tyrion Lannister e o aprisiona. Sor Jorah planeja levá-lo para Daenerys para recuperar sua confiança e ser perdoado. Ele arranja passagens para Meereen com a ajuda da Viúva da Borda d'Água. Durante a jornada, uma anã chamada Merreca se junta ao par na viagem até a Baía dos Escravos. O navio, entretanto, é capturado por escravistas e o trio é levado a leilão fora dos portões de Meereen por Yezzan zo Qaggaz. Na sua captura por homens de Yunkai, os escravistas tatuam a face de um demônio nas bochechas de Jorah, para mostrá-lo como um escravo feroz e rebelde.

Ben Plumm e Zahrina tentam comprar o trio, mas o maior lance do leilão foi o de Yezzan zo Qaggaz.

Após a morte de seu mestre pela égua descorada, o trio escapa. Tyrion consegue fazer com que os três juntem-se à companhia de mercenários dos Segundos Filhos, sob o comando de Ben Mulato Plumm. Mormont diz ao anão que eles precisam fazer com que a companhia volte ao serviço de Daenerys, já que Yunkai já perdeu a guerra, apesar de ainda não saber. Tyrion concorda.

Info Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo (spoilers).

Citações

Rhaegar lutou bravamente, Rhaegar lutou nobremente, Rhaegar lutou honradamente. E Rhaegar morreu.
— Jorah para Daenerys Targaryen.

Sobre Jorah Mormont

O Usurpador quis vê-lo morto. Uma afrontazinha qualquer. Vendeu alguns caçadores furtivos a um negociante de escravos de Tyrosh em vez de entregá-los à Patrulha da Noite. Uma lei absurda. Um homem deve ser autorizado a fazer o que bem entender com seus bens.[6]
Illyrio, para Daenerys, sobre Jorah estar exilado em Pentos.

Na série de televisão

Aparições

Aparições na 1ª Temporada de Game of Thrones
The Wolf and the Lion
Aparições na 2ª Temporada de Game of Thrones
What is Dead May Never Die
The Old Gods and the New Blackwater
Aparições na 3ª Temporada de Game of Thrones
Dark Wings, Dark Words
The Climb
Aparições na 4ª Temporada de Game of Thrones
The Lion and the Rose
The Watchers on the Wall The Children
Aparições na 5ª Temporada de Game of Thrones
The Wars to Come The House of Black and White
Aparições na 6ª Temporada de Game of Thrones
Home Oathbreaker
Blood of My Blood The Broken Man No One Battle of the Bastards The Winds of Winter
Aparições na 7ª Temporada de Game of Thrones
The Spoils of War
- - -

Notas

Referências