Jon Snow

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Stark.png
Jon Snow
Minigdn.png
Jon Snow Amoka.jpg
Jon Snow, por Amoka ©
Apelido(s) Lorde Snow
O Bastardo Negro da Muralha
O Snow de Winterfell
O Corvo-que-veio
O Bastardo de Ned Stark
Lorde Corvo
Título Senhor Comandante da Patrulha da Noite
Lealdade Patrulha da Noite
Casa Stark
Raça Primeiros Homens
Cultura Nortenho
Nascimento Em 283 d.C., em local desconhecido
PDV
PDV
PDV
Aparece
PDV

Jon Snow.png

GoT Logo.jpg
Jon Snow HBO.jpg
Interpretado(a) por Kit Harington
Aparições 1ª Temporada | 2ª Temporada | 3ª Temporada | 4ª Temporada | 5ª Temporada | 6ª Temporada | 7ª Temporada
Apareceu em 56 episódios (ver seção)

Jon Snow é o filho bastardo de Eddard Stark com uma mãe cuja identidade não é conhecida.[1] Jon foi criado por seu pai ao lado dos seus meio-irmãos, mas juntou-se à Patrulha da Noite quando atingiu a idade adulta. É constantemente acompanhado por seu lobo albino Fantasma. Na série de televisão é interpretado pelo ator Kit Harington.

Aparência

Ainda com quatorze anos, é dito que Jon tem mais características dos Stark do que seus meio-irmãos.[2] Jon tem um rosto magro e longo, com cabelos escuros e olhos de um cinza tão escuro que parecem quase negros. Ele é forte e rápido. [3] Tyrion Lannister observa que Jon possui o rosto dos Stark, mesmo que não tenha o nome: comprido, solene, reservado, um rosto que não revela nada. Também nota que, quem quer que a mãe de Jon era, não deixou nenhum traço seu no rapaz.[4]Arya Stark diz que ela e Jon tem o mesmo rosto de seu pai, enquanto os outros irmãos são mais Tully.[5] Após juntar-se a Patrulha da Noite, ele veste seus trajes negros.

Não há descrição de um brasão de armas pessoal nos livros, mas George R. R. Martin disse a empresa Valyrian Steel, que fez réplicas da espada de Jon, para usar as cores invertidas dos Stark na placa que acompanha a espada.

História

Ned trouxe Jon para Winterfell após a Rebelião de Robert, e insistiu em criá-lo juntamente com os seus filhos. Jon viveu com a família Stark, mas Catelyn sempre o considerou um estranho, tratando sua presença como uma constante recordação da traição do marido. Apesar disso, Jon desenvolveu uma boa amizade com seus meio-irmãos, principalmente com Arya Stark.

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Jon com seu lobo-gigante Fantasma.

Após a execução de Gared, quando os Stark encontraram os filhotes de lobos, Jon achou um filhote albino afastado da ninhada, e o tomou como seu, chamando-o de Fantasma. Durante a estadia da corte de Robert Baratheon, Jon decidiu se juntar à Patrulha da Noite, sendo que lá haveriam suas melhores chances de glória, já que era um bastardo.

Tyrion Lannister acompanhou Jon em sua viagem à Muralha. No início, Jon se ressentiu quanto aos outros recrutas da Patrulha devido à sua origem nobre, mas logo aprendeu a se ajustar. Suas ações para ajudar seus novos companheiros, porém, somente cultivaram a inimizade do mestre-de-armas, Sor Alliser Thorne. Jon também protegeu Samwell Tarly dos maus tratos de outros membros da Patrulha.

O Senhor Comandante Jeor Mormont nomeou Jon como seu intendente pessoal e escudeiro, talvez tencionando prepará-lo para o comando. Durante um ataque de mortos renascidos em Castelo Negro, Jon salvou a vida do Senhor Comandante, tendo suas mãos queimadas no processo. Por causa disso, Mormont presenteou Jon com sua espada de aço Valiriano, Garralonga, com uma cabeça de lobo entalhada no punho em honra à Casa Stark.

Apesar de seus esforços em se ajustar à Patrulha, porém, Jon não tinha conseguido se desligar de sua antiga vida. Com a eclosão da Guerra dos Cinco Reis, Jon tentou desertar para se juntar ao exército de Robb Stark, mesmo sabendo que a pena para a deserção era a morte. Seus amigos o seguiram e o fizeram retornar, salvando-o desse destino. Assim, Jon finalmente decidiu honrar suas obrigações e esquecer seu passado Stark.

A Fúria dos Reis

Lorde Mormont liderou uma expedição ao norte da Muralha após o desaparecimento de diversas patrulhas, uma delas liderada por Benjen Stark, montando base no Punho dos Primeiros Homens. Jon seguiu adiante com Qhorin Meia-Mão, que tentava descobrir o que Mance Rayder estava fazendo nas Presas de Gelo. No caminho, Jon libertou Ygritte, uma mulher selvagem que havia capturado, ao invés de executá-la. O grupo depois foi descoberto pelos selvagens de Camisa de Chocalho, e seus membros foram sendo mortos um a um até sobrar apenas Jon e Qhorin. Tentando salvar um patrulheiro que pudesse contar a Mormont sobre a ameaça dos selvagens, Qhorin ordenou a Jon que se unisse ao inimigo para descobrir seus segredos, se passando por um desertor. Ygritte fazia parte do grupo de Camisa de Chocalho e apoiou sua história após vê-lo assassinar Qhorin.

A Tormenta de Espadas

Jon testemunha a morte de Ygritte.

Jon encontrou-se com Mance Rayder e conseguiu convencê-lo que sua deserção era sincera. Durante a conversa, Jon ficou sabendo sobre os planos de Mance de invadir os Sete Reinos. Para ganhar a confiança dos selvagens, Jon quebrou seus votos e se tornou amante de Ygritte. Com o tempo, passou a nutrir sentimentos por ela, o que lhe deixou na difícil posição entre trair a Patrulha ou Ygritte.

Jon se juntou ao grupo de Styr, que tinha a missão de escalar a Muralha e assaltar Castelo Negro pelo sul. Ao sul da Muralha, Jon conseguiu escapar enquanto os selvagens estavam sendo atacados pelo lobo Verão, mas acabou levando uma flechada na perna.

Jon sobreviveu à flechada e chegou a Castelo Negro, onde descobriu que seus irmãos mais novos haviam sido assassinados a mando de Theon Greyjoy. Lá, ele alertou os patrulheiros sobre o ataque de Styr, o que resultou na morte dos selvagens, incluindo Ygritte. Em seguida, Jon recebeu o comando da defesa da Muralha contra um ataque direto de Mance. Tendo um sentido de liderança nato, Jon conseguiu resistir ao ataque de Mance por um bom tempo. No entanto, com a chegada de Sor Alliser Thorne e Lorde Janos Slynt a Castelo Negro, foi preso por sua deserção. Os dois planejaram a morte de Mance, ordenando a Jon que o matasse durante uma parlamentação. Antes que Jon pudesse fazê-lo, porém, as forças selvagens foram atacadas por Stannis Baratheon, que as venceu.

Por ter aprisionado o filho de Mance e obtido o Berrante de Joramun, que teria destruído a muralha se fosse soprado, Jon conseguiu apoio suficiente para ser libertado de sua prisão e, graças às tramas de Samwell, foi eleito Senhor Comandante da Patrulha da Noite. Isso frustrou os planos de Stannis, que lhe havia oferecido senhoria sobre Winterfell.

A Dança dos Dragões

Jon passou a morar nos aposentos de Donal Noye, após a morte do ferreiro no livro anterior. Jon está sempre acompanhado, predominantemente por homens do Rei Stannis , que fixaram moradia no Castelo Negro e Fortenoite, que Jon concedeu a Stannis como agradecimento pela sua ajuda contra os rebeldes.

Jon refuta algumas exigências de Stannis, que quer os seus homens dentro da Dádiva, mas Jon alega que a terra e todos os 16 castelos desocupados ao longo da Muralha são pertencentes à Patrulha da Noite. Ele envia Sam à Cidadela para treinar como Meistre. Com ele, juntos foram Meistre Aemon, Goiva, e o filho recém-nascido de Mance Rayder, em um esforço para o colocar longe de Melisandre. Quando ele ordena Janos Slynt para guarnecer um dos castelos abandonados ao longo da parede, Janos recusa, Jon o decapta por insubordinação, usando GarraLonga para executar a sentença ele mesmo.

Jon continua desagradando seus companheiros comandantes da Patrulha da Noite, enviando Val (a princesa selvagem) para tratar com Tormund Terror dos Gigantes. Uma aliança é feita entre os dois, e Jon abre os portões da Muralha para os selvagens, isso acarreta uma desaprovação em massa dos irmãos de Lorde Snow. Ele usa os selvagens, divide-os em combatentes, intendentes, e dá aos guerreiros oportunidade para proteger a Muralha em guarnições nos castelos desocupados, contra os Outros. À medida que as ordas selvagens são movidas para a dádiva, Jon descobre que Mance está vivo, e que o homem que Melisandre deu as chamas não era ele. Mance é enviado por Jon para resgatar sua irmã Arya Stark de Ramsay Bolton, mas ele não sabia que a menina era realmente Jeyne Poole.

Stannis, saiu da Muralha, conseguiu apoio dos nortenhos das montanhas, sempre fiéis a Ned Stark, e foi à guerra contra os Bolton, ao ouvir do casamento iminente de Ramsay com "Arya Stark". Jon é constantemente avisado ao longo do livro por Melisandre das visões em suas chamas: uma menina cinzenta em um cavalo moribundo fugindo do casamento, (Jon entendeu que essa visão, seria Arya fugindo de Ramsay, enviando Mance para salvá-la) que acaba por ser Alys Karstark fugindo de seu tio, que é então capturado pela Patrulha da Noite. A outra visão revela punhais no escuro, e a dama vermelha manda o Senhor Comandante não se afastar de Fantasma, e ter cuidado. Porém, como a visão de "Arya" não se concretizou verdadeira aos olhos de Jon, ele não presta atenção aos avisos de Melisandre. Ele recebe uma carta de Ramsay Bolton, intitulada "bastardo", que afirma que Stannis foi derrotado, além de ter capturado Mance Rayder. Ele exige lealdade de Jon para a Casa Bolton se a Patrulha da Noite quiser sobreviver. Jon responde a esta carta, dando o comando de uma missão importante da Patrulha para o selvagem Tormund Terror dos Gigantes. E avisa ele está viajando sozinho para o sul para combater os Bolton. E quando ele pergunta se alguém quer lhe fazer companhia, selvagens e irmãos negros se juntam à sua causa. A decisão de Lorde Snow, no entanto foi a gota d'água para os outros comandantes, Jon comete o mesmo erro do meio irmão Robb, e se afasta de seu lobo gigante, o trancando em seus aposentos. Ao ouvir gritos, ele corre para dar fim em uma briga, entre um gigante e um homem da rainha, mas a confusão se revela uma armadilha, e Jon Snow é esfaqueado várias vezes por Bowen Marsh e outros rostos invisíveis (ver Motim de Castelo Negro).

Se Jon morreu ou sobreviveu ao ataque, é desconhecido, pois essa foi sua última aparição e menção no livro.

Na série de televisão

Primeira temporada

Jon, o filho bastardo de Ned Stark, se junta à Patrulha da Noite. Ele chega à Muralha junto com seu lobo-gigante Fantasma, para descobrir que a Ordem é uma sombra do seu "eu" anterior. Criado para ser um guerreiro talentoso com grande senso de honra e justiça, Jon é, a princípio, desdenhoso de seus colegas recrutas, homens que vem de classes mais baixas, criminosos sem treinamento e exilados. Ele é persuadido por Tyrion Lannister, de visita a Castelo Negro, o forte da Patrulha, a colocar de lado seus preconceitos e ajudar os outros em treinos com suas armas. Ele fica amigo de Samwell Tarly, um gordinho covarde e péssimo no aprendizado militar, sendo de personalidade mais intelectual. Ele faz seu juramento mas fica decepcionado em ser feito de assistente do Lorde Comandante da Patrulha Jeor Mormont ao invés de um batedor. Samwell observa que ele está dessa maneira sendo preparado para ser um futuro comandante. Jon salva Mormont de uma criatura e recebe em troca a Longclaw, a ancestral espada da Casa Mormont, em agradecimento. Jon recebe a notícia da execução de seu pai em Porto Real, e apesar de tentado a deixar a Patrulha para ajudar sua família, seu senso de dever o faz permanecer onde está.

Segunda temporada

Kit Harington, que interpreta Jon Snow na série da HBO.

Jon assiste o selvagem Craster, um homem com várias esposas que casa com suas próprias filhas, sacrificar seu filho recém-nascido para os Caminhantes Brancos. Depois, como parte de um pequeno grupo de batedores liderados por Qhorin Halfhand, ele recebe a missão de matar uma selvagem prisioneira, a guerreira Ygritte. Ele não consegue fazê-lo e ela consegue fugir, mas o captura mais tarde com seus próprios companheiros. Qhorin ordena a Jon que finja desertar da Patrulha da Noirtte e se junte aos Selvagens, para descobrir seus planos; Qhorin então encena uma luta e secretamente o instrui para que Jon o mate, ganhando a confiança dos selvagens. Jon o faz e é levado à presença de Mance Rayder, o selvagem Rei Além-da-Muralha.

Terceira temporada

Jon promete sua lealdade a Rayder e viaja com os selvagens, descobrindo que eles querem escalar a Muralha e abrir seu caminho de volta à Westeros. Os sentimentos dele por Ygritte aumentam e eles fazem sexo. Quando Jon se recusa a matar um homem inocente para provar sua lealdade, ele é atacado por outros Selvagens mas foge e é seguido por Ygritte, que o fere com três flechas até que ele consegue escapar novamente e retornar a Castelo Negro.

Quarta temporada

Dois dos patrulheiros, Alliser Thorne e Janos Slynt, querem que Jon seja executado por traição por ter se juntado aos Selvagens, mas ele consegue convencer Meistre Amon de sua inocência e lealdade e é libertado. Depois ele lidera uma expedição até Fortaleza de Craster, onde alguns dos patrulheiros se amotinaram e mataram o Comandante Mormont; após derrotar os rebeldes, ele se reúne a seu lobo Fantasma. Um grupo de selvagens, comandados por Tormund, ataca Castelo Negro enquanto outro liderado por Mance Rayder sitia a Muralha. Os Selvagens são repelidos mas Ygritte é atingida e morre nos braços de Jon. Antes que ele possa negociar uma trégua com Rayder ou mesmo matá-lo, Stannis Baratheon chega à fortaleza com seu exército e toma Mance como prisioneiro.

Quinta temporada

Stannis faz de Jon seu intermediário a uma aliança com Rayder, para convencer os Selvagens de uni-los a seu próprio exército; este se recusa a se submeter e é queimado vivo na fogueira pela sacerdotisa Melisandre. Stannis oferece a Jon legitimá-lo e fazê-lo Lorde de Winterfell em troca de seu apoio, o que recusa, e depois é eleito por seus companheiros como Lorde Comandante da Patrulha da Noite, inicialmente empatando com Alliser Thorne, mas ganhando o cargo pelo desempate de Meistre Amon. Jon quer receber os Selvagens em Westeros e lhes dar terras para viver, mas isto enfurece a facção da patrulha liderada por Thorne, que tem um ódio profundo pelos Selvagens. Depois, Jon viaja para o norte da Muralha à vila dos selvagens, para convencê-los a se unirem à Patrulha para enfrentarem a ameaça maior contra todos, os Caminhantes Brancos. Quando está lá, uma força maciça de criaturas de mortos-vivos, liderados pelo Rei da Noite, ataca a vila destroçando os selvagens; um pequeno grupo de selvagens e patrulheiros, incluindo Jon, consegue escapar no último momento e retornam a Castelo Negro. Na fortaleza, ele é convocado para pretensamente saber notícias de seu tio desaparecido Benji, mas ao invés disto é esfaqueado até a morte por Thorne e seu grupo de amotinados.

Sexta temporada

Davos Seaworth, Edd Doloroso e outros patrulheiros leais a Jon fazem uma barricada num quarto com Fantasma e o corpo dele; um ataque de Thorne e seus homens ao quarto é frustrado pela chegada de Tormund e seus selvagens. Davos encoraja Melisandre a usar de sua mágica para tentar ressuscitar Jon; apesar de, a princípio, o ritual falhar, Jon revive. Após enforcar Thorne e seus amotinados por traição, ele entrega o comando da Patrulha a Dolouros Edd e se prepara para deixar Castelo Negro. Antes que isso aconteça, entretanto, ele se reúne à sua irmã Sansa, que fugiu de Winterfell e de Ramsay Bolton e chegou à Muralha escoltada por Brienne de Tarth. Quando Jon recebe uma carta de Bolton, exigindo a devolução de Sansa e anunciando que seu irmão mais novo, Rickon, é seu refém e irá matá-lo se Sansa não for devolvida, Jon decide marchar contra Bolton e Winterfell. Pelo caminho, ele tenta conseguir reforços mas mesmo assim seu exército tem apenas metade do tamanho do exército inimigo. Mesmo assim, Jon continua até Winterfell e quando os dois exércitos se encontram na frente da fortaleza, Bolton mata Rickon à frente de todos, com uma flechada depois de mandá-lo correr para o irmão. Em fúria, Jon corre contra o exército inimigo e uma grande batalha começa. Inferiorizados em número e cercados pelos soldados de Bolton, os homens de Jon estão prestes a ser todos mortos quando os cavaleiros do Vale, liderados por Sansa e Petyr Baelish, aparecem e num ataque de cavalaria para cima do exército inimigo, divide-o e os soldados restantes o aniquila. Jon persegue Ramsay Bolton que fugiu de volta para Winterfell e o surra selvagemente, parando antes de matá-lo. Ele é então entregue a seus próprios cães selvagens, que o devoram vivo. Longe dali, Bran Stark, o outro irmão menor de Jon ainda vivo mas que ficou paraplégico e tem visões do passado, vê sua tia, Lyanna Stark, reunida com seu pai Ned em seu leito de morte, fazendo-o jurar que protegerá o filho dela – Jon. Neste meio tempo, os lordes nortenhos proclamam Jon como Rei do Norte.

Sétima temporada

Tentando fortalecer as defesas do Norte contra os Caminhantes Brancos e o exército dos mortos, Jon se frusta com sua autoridade sendo desafiada por Sansa, que não quer que ele repita os erros do seu pai Ned e do irmão Robb (que custaram a vida de ambos). Jon dispensa uma mensagem de Cersei Lannister para dobrar o joelho mas aceita ir para Pedra do Dragão, a convite de Tyrion, para se encontrar com Daenerys Targaryen após também receber uma mensagem de Sam na Cidadela de que há muito vidro de dragão para ser minado no antigo castelo Targaryen. Ele parte e deixa Sansa como regente em Winterfell. Uma vez em Pedra do Dragão, ele se recusa a dobrar o joelho para Daenerys mas consegue convence-la a permitir que ele mine o vidro de dragão. Enquanto ele esta trabalhando, uma mensagem chega afirmando que os Caminhantes Brancos estão se aproximando de Atalaialeste do Mar. Jon decide partir, com a benção de Dany, para tentar capturar uma das criaturas zumbis para mostrar aos outros governantes dos Sete Reinos que a ameaça Além da Muralha é real.

Jon e seu grupo, formado por Tormund, alguns selvagens, Gendry, três membros da Irmandade sem Bandeiras (Beric Dondarrion, Thoros de Myr e Sandor Clegane), são inicialmente bem sucedidos na sua missão além da Muralha para capturar uma criatura, mas são cercados por um exército de mortos-vivos. Jon ordena que Gendry volte até a Muralha para avisar a rainha Daenerys de que eles estavam em perigo.

Cercado pelos mortos-vivos e pelos Caminhantes Brancos, Jon e seus companheiros lutam com afinco. Porém Dany finalmente chega com seus dragões, despejando fogo contra os mortos-vivos, mudando o resultado da batalha. Contudo, um dos dragões, Viserion, é morto por uma lança de gelo lançada pelo Rei da Noite e depois o seu cadáver é transformado num morto-vivo. Daenerys e o grupo de homens fogem montados em Drogon, mas Jon é encurralado e fica para trás. Ele consegue escapar ajudado por seu tio, Benjen Stark, que enfrenta os mortos-vivos e lhe dá um cavalo para a sua fuga. Jon consegue chegar, embora muito ferido e desmaiado, a Muralha e é resgatado. Ele então é levado por barco por Dany e seus ferimentos são tratados, sendo que os dois se aproximam e formam um laço. Daenerys então promete que irá ajudar o Norte na guerra contra os Caminhantes Brancos e ele, em contra-partida, oferece seus serviços a ela como sua rainha, reconhecendo o direito dela ao Trono de Ferro.

Mais tarde, em uma visão de Bran Stark, a série de televisão confirma que Jon é filho de Rhaegar Targaryen e Lyanna Stark e que ele foi concebido dentro de um casamento, o que não o torna mais um bastardo. Segundo Bran, o real nome de Jon, dado por sua mãe, é Aegon Targaryen.

Aparições

Aparições na 1ª Temporada de Game of Thrones
The Wolf and the Lion
A Golden Crown
Aparições na 2ª Temporada de Game of Thrones
Garden of Bones
Blackwater
Aparições na 3ª Temporada de Game of Thrones
And Now His Watch Is Ended
Second Sons
Aparições na 4ª Temporada de Game of Thrones
The Lion and the Rose
The Laws of Gods and Men
Aparições na 5ª Temporada de Game of Thrones
Unbowed, Unbent, Unbroken
Aparições na 6ª Temporada de Game of Thrones
Blood of My Blood No One
Aparições na 7ª Temporada de Game of Thrones
- - -

Citações

Citações de Jon

Arya: Eu queria que viesse conosco.

Jon: Às vezes diferentes estradas levam ao mesmo castelo [6].

— Jon para Arya Stark
Diga ao Robb que eu vou comandar a Patrulha da Noite e manter ele e as meninas a salvo e então ele poderá pedir a Mikken para derreter a sua espada e fazer ferraduras com ela [7].
— Jon para Tyrion
... uma estrada sem importância, ainda assim sua vista encheu Jon Snow com um vasto anseio. Winterfell estava descendo a estrada e além dela estava Correrrio e Porto Real e o Ninho da Águia e vários outros lugares; Rochedo Casterly, a Ilha das Faces, as Montanhas Vermelhas de Dorne, as centenas ilhas de Bravos no mar, as ruínas fumegantes de Valíria. Lugares que Jon nunca iria ver. O mundo estava lá pela estrada... e ele estava aqui [8].
— Jon para si mesmo
Tyrion Lannister alegou que a maioria dos homens preferem negar uma verdade dura do que enfrentá-la, mas Jon foi feito com negações. Ele era quem ele era, Jon Snow, bastardo e perjuro, sem mãe, sem amigos, e condenado. Para o resto de sua vida [pelo tempo que fosse], ele estaria condenado a ser um estranho, o homem silencioso de pé nas sombras que não ousa falar seu nome verdadeiro [9].
— Jon para si mesmo
Jon não tinha medo da morte, mas ele não queria morrer assim, amarrado, preso e decapitado como um bandido comum. Se ele tivesse que perecer, que fosse com uma espada na mão, lutando contra os assassinos de seu pai. Ele não era um verdadeiro Stark, nunca tinha sido um... mas ele poderia morrer como um. Deixe-os dizer que Eddard Stark era pai de quatro filhos, e não três [10].
— Pensamentos de Jon após a execução de seu pai
Perdoem-me, Pai. Robb, Arya, Bran... Perdoem-me, Eu não posso ajudar vocês. Ele diz a verdade. Este é o meu lugar. "Eu sou... seu, meu Senhor. Seu homem. Juro. Eu não vou fugir de novo [10]."
— Jon para Jeor Mormont
Não existe vergonha em ter medo, meu pai disse-me, o que importa é como o encaramos.
Alguns homens querem prostitutas na véspera da batalha, e alguns querem deuses [11].
Nós olhamos para as mesmas estrelas, e vemos coisas diferentes [12].
Quanto mais você dá um rei, mais ele quer. Estamos caminhando sobre uma ponte de gelo com um abismo de cada lado. Agradar um rei é bastante difícil. Agradar dois é quase impossível [13].
— Jon para Sam
Edd, traga-me um bloco [13].
— Jon antes da execução de Janos Slynt

Citações sobre Jon

Sim. Eu posso ver. Você tem mais do norte em você do que seus irmãos.[14]
Tyrion Lannister para Jon


Nunca me pergunte sobre Jon... Ele é meu sangue e isso é tudo que precisa saber.[2]
Eddard Stark para Catelyn Tully


Quem quer que tenha sido a mãe de Jon, Ned deve ter a amado intensamente, pois nada que Catelyn disse, iria convencê-lo a mandar o menino embora. Foi a única coisa que ela nunca poderia perdoá-lo. Ela tinha chegado a amar o marido com todo o seu coração, mas ela nunca tinha encontrado lugar em seu coração para amar Jon. Ela poderia ter ignorado uma dúzia de bastardos por causa de Ned, enquanto eles estivessem fora de vista. Jon nunca estava fora de vista, e como ele cresceu, ele parecia mais Ned do que qualquer um dos filhos legítimos que ela lhe deu. De alguma forma, que a tornou pior. [2]
Catelyn Tully


Jon é mais Stark do que alguns fidalgos do Vale que nunca puseram os olhos em Winterfell. [15]
Robb Stark para Catelyn Tully sobre os planos de nomear Jon seu herdeiro


Ninguém viu ou ouviu falar de Arya, desde que cortaram a cabeça do Pai. Por que você mente para si mesma? Arya se foi, o mesmo que Bran e Rickon, e eles vão matar Sansa também uma vez que o anão tenha um filho dela. Jon é o único irmão que permanece para mim. Se eu morrer, sem herdeiros, eu quero que ele me suceda como Rei do Norte. [15]
Robb Stark


Talvez eu devesse ir para a Muralha em vez de Correrrio. Jon não se importaria com quem eu matei ou se eu escovei meus cabelos ... "Jon se parece comigo, mesmo que ele tenha nascido bastardo. Ele costumava despentear o meu cabelo e me chamar de "irmãzinha". Arya sentia falta de Jon acima de tudo. Bastava dizer o nome dele para ficar triste.[16]
Arya Stark para Ned Dayne


Meus senhores, quando Donal Noye foi morto, foi o jovem Jon Snow que tomou a Muralha e segurou-a, contra toda a fúria do norte. Ele se mostrou valente, leal e engenhoso. Se não fosse por ele, você teria encontrado Mance Rayder sentado aqui quando você chegou, Senhor Slynt... Jon Snow era o intendente e escudeiro do Senhor Mormont. Ele foi escolhido para esse dever, porque o Senhor Comandante viu muita promessa nele. Assim como eu.[17]
— Meistre Aemon


O presente era forte no Snow, mas o jovem era inculto, ainda lutando contra a sua natureza quando ele deveria glorifica-la. [18]
Varamyr


Os únicos deuses adorados por ele eram a honra e o dever [19].
Melisandre


Jon Snow, nascido bastardo, sempre tinha sido eclipsado por seu irmão legítimo Robb Stark, o jovem herói chamado o Jovem Lobo [19].
Melisandre


Cregan: Eu vejo o que você é, Snow. Metade lobo e metade selvagem, bastardo de um traidor e uma prostituta. Você iria entregar uma Senhora bem nascida na cama de algum selvagem fedorento. Você quis prova-lá em primeiro lugar? Se você quer me matar, faça-o e será condenado como um fraticida. Stark e Karstark são um sangue.

Jon: Meu nome é Snow.

Cregan: Bastardo.

Jon: Culpado. Disso pelo menos [20].

Cregan Karstark para Jon

Família

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Benjen}
 
{Lysa Locke}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rickon}
 
{Gilliane Glover}
 
 
 
{Bennard}
 
{Margaret
Karstark}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Benjen}
 
{Brandon}
 
{Elric}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Arra Norrey}
 
 
 
 
 
{Cregan}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Lynara}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Alysanne
Blackwood}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jeyne Manderly}
 
{Rickon}
 
{Sarra}
 
{Alys}
 
{Raya}
 
{Mariah}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Sansa}
 
{Jonnel}
 
 
{Lyanna}
 
{Barthogan}
 
{Wylla Fenn}
 
{Brandon}
 
{Alys Karstark}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jon Umber}
 
{Serena}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Edric}
 
 
 
 
 
{Lonnel Snow}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Cregard}
 
Torrhen
 
{Aregelle}
 
{Robard Cerwyn}
 
{Arrana}
 
{Osric Umber}
 
{Rodwell}
 
{Myriame Manderly}
 
{Beron}
 
{Lorra Royce}
 
{Arsa}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Casa Cerwyn
 
 
 
 
 
Casa Umber
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Donnor}
 
{Lyanne
Glover}
 
{Willam}
 
{Melantha
Blackwood}
 
{Artos}
 
{Lysara
Karstark}
 
{Berena}
 
{Alysanne}
 
{Errold}
 
{Rodrik}
 
{Arya Flint}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Brandon}
 
 
{Edwyle}
 
{Marna Locke}
 
{Jocelyn}
 
{Benedict
Royce}
 
{Brandon}
 
{Benjen}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Casa Royce
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rickard}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Lyarra}
 
{Branda}
 
{Harrold Rogers}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Brandon}
 
Desconhecida
 
{Eddard}
 
{Catelyn
Tully}
 
{Lyanna}
 
Benjen
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Jon Snow
 
{Robb I}
 
Jeyne
Westerling
 
Tyrion
Lannister
 
Sansa
 
Arya
 
Bran
 
Rickon
 
 
 
 


Ver também

Notas

Referências