Gared

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Minigdn.png
Gared
Minigdn.png
Gared Тхе Мичо.jpg
Gared, por Тхе Мичо ©
Lealdade Patrulha da Noite
Nascimento Em 245 d.C.
Morte Em 298 d.C., em Norte, Para lá da Muralha
Aparece

GoT Logo.jpg
Interpretado(a) por Dermot Keaney
Aparições 1º Temporada


Gared era um patrulheiro da Patrulha da Noite [1][2].

Aparência e personalidade

Ele perdeu as orelhas, os três dedos dos pés e o mindinho da mão esquerda para o frio. [3] Ele é velho e magro. [4]

Ele é considerado um Patrulheiro muito experiente. [5]

História

Gared juntou-se ao Patrulha da Noite quando era um menino e passou quarenta anos como um Patrulheiro. Quando seus ouvidos congelaram em um inverno rigoroso, Meistre Aemon teve que cortá-los. Ele é conhecido por ter caçoado de Sor Waymar Royce por causa das roupas finas que o jovem fidalgo estava vestindo e de sua inexperiência. [3]

Pouco antes da saga começar, Gared foi enviado pelo Senhor Comandante Mormont para Floresta Assombrada em perseguição a um grupo de Selvagens invasores. Ele foi acompanhado por Sor Waymar Royce e Will. Mormont deu o comando a Sor Waymar Royce, embora ele fosse o menos experiente dos três, enquanto Mormont contou Gared e Will para acompanha-lo, pois eles estavam entre os seus melhores homens. No entanto, Sor Waymar Royce sentiu que era seu dever ficar no comando porque ele era um cavaleiro, e Mormont aceitou porque ele não queria ofender Pai de Waymar. [5]

Durante nove dias, os três seguiram os selvagens. No nono dia, Will sentiu-se cada vez mais apreensivo, como se algo frio e implacável os observavam, e Gared sentiu o mesmo. Eles finalmente alcançaram os selvagens no nono dia. Will se esgueirou pelo acampamento para coletar informações e viu oito pessoas, mas eles não se moviam por um longo tempo. Ele voltou para Sor Waymar Royce e Gared, constatou que os selvagens estavam mortos pelo frio. [3]

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Gared, Will e Sor Waymar Royce estão perto do campo dos invasores Selvagens que estiveram seguindo, falando sobre como proceder. Gared tenta persuadir Sor Waymar Royce para voltar para a Muralha, mas não consegue. Sor Waymar Royce ressalta que é improvável que um grupo de oito selvagens adultos congelem até a morte no verão, em uma época que a Muralha está “chorando” (o calor derrete a fina camada mais externa da Muralha). Assim, os três homens vão procurar os cadáveres para descobrir o que os matou. Enquanto eles estão se aproximando do campo selvagem, a noite chega sob uma meia lua. Gared diz que pode sentir que algo está errado, mas Sor Waymar Royce descarta a sugestão. Ele zomba do experiente Patrulheiro repetidamente, o deixa Gared cada vez mais bravo. [6]

Sor Waymar Royce ordena que Gared permaneça com os cavalos enquanto ele e Will explorariam. Gared pretende fazer um incêndio, argumentando que o fogo pode manter alguns inimigos longe, mas Sor Waymar Royce o repreende de forma dura e o proíbe, o chamando de tolo. De má vontade, Gared acata as ordens. Quando estão no campo selvagem, Will e Sor Waymar Royce não conseguem encontrar os corpos. Will escala uma árvore para procurá-los. Ambos sentem que está ficando cada vez mais frio. De repente, S Sor Waymar Royce é atacado e morto por Criaturas. Will permanece nas árvores até que ele tenha certeza de que as Criaturas tenham partido. Quando Will vai desce, ele é atacado e estrangulado por Sor Waymar Royce, que foi transformado em uma criatura. [3]

Não se sabe o quanto disso Gared viu, mas aparentemente ele foge para sul tomado pelo terror. Ele não se juntou a seus irmãos na Muralha, mas se torna um desertor. Gared é preso ao sul da Muralha, nas colinas perto de Winterfell. Ele está perturbado e meio louco. Mais tarde, ele é questionado por Lorde Eddard Stark sobre tudo, mas ele não dá respostas coerentes. Também estão presentes Bran e Robb Stark, Jon Snow, Theon Greyjoy, Jory Cassel, Desmond, Tomard, Hullen e Harwin. Gared está meio louco e as palavras de Lorde Eddard não o alcançam. [4] [7] [8]

Por sua deserção, Gared é condenado à morte por Lorde Eddard Stark, que realiza a decapitação com a grande espada de Aço Valiriano , Gelo, de acordo com as tradições dos Primeiros Homens. É a quarta execução de um desertor que Lorde Eddard realiza naquele ano. Depois, Theon ri e chuta a cabeça de Gared quando pousa perto de seus pés, provocando a desaprovação de Jon Snow. Lorde Eddard pensa que Gared se comportou bem antes de morrer e Robb lhe que ele foi corajoso, mas Jon Snow notou e ressaltou que ele estava consumido pelo medo.[4][7] Lorde Eddard envia a cabeça de Gared para Senhor Comandante Mormont da Patrulha da Noite. [5]

Enquanto o para Senhor Comandante Mormont está conversando com Tyrion Lannister sobre as condições na Muralha para obter seu apoio, ele menciona a expedição em que Will e Sor Waymar Royce perderam a vida. Ele lamenta dar o comando a alguém tão inexperiente como Sor Waymar Royce, chamando-se de idiota. Senhor Comandante Mormont diz que Gared estava mais tempo na Muralha que ele próprio e que parece inacreditável que tenha deserdado. Senhor Comandante Mormont enviou Benjen Stark para procurar por Sor Waymar Royce e Will (que foram dados como desaparecidos), e agora Benjen Stark também desapareceu.[5]

Citações

As primeiras palavras da série são suas:

Deveríamos regressar (...) Os selvagens estão mortos. [1]
— Gared, primeira fala do livro.


Referências e Notas

Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Gared. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.