Eddard Stark

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Stark.png
Eddard Stark
Stark.png
Eddard Stark Amoka.jpg
Eddard Stark, por Amoka ©
Apelido(s) Ned
Título Senhor de Winterfell
Protetor do Norte
Mão do Rei
Lealdade Casa Stark
Raça Primeiros Homens
Cultura Nortenha
Esposa(o) Catelyn Tully
Nascimento Em 263 d.C., em Winterfell
Morte Em 298 d.C., em Porto Real
PDV
Mencionado
Mencionado
Mencionado
Mencionado

GoT Logo.jpg
Eddard.jpg
Interpretado(a) por Sean Bean ~ 1ª Temporada
Sebastian Croft ~ 6ª Temporada (Eddard criança)
Robert Aramayo ~ 6ª Temporada (Eddard jovem)
Aparições 1ª Temporada | 6ª Temporada
Apareceu em 15 episódios (ver seção)

Eddard Stark, conhecido carinhosamente como Ned, foi chefe da Casa Stark, Senhor de Winterfell, e Protetor do Norte. Portava a histórica espada de aço Valiriano da Casa Stark, Gelo. É amigo do Rei Robert Baratheon, com quem foi criado e a quem ajudou a conquistar o Trono de Ferro, e posteriormente indicado como sua Mão. É um dos principais personagens de pontos de vista em A Guerra dos Tronos. Na série de televisão, é interpretado pelo ator Sean Bean.

Aparência e personalidade

Eddard, por Тхе Мичо ©.

No início do primeiro livro, Eddard tem por volta de 35 anos. Tem um rosto comprido, cabelo escuro e olhos cinzentos. Sua barba está começando a acinzentar.[1] Seus olhos cinzento-escuros refletem seu humor, mudando de levemente esfumaçados para duros como pedra.[2] Entre seus inimigos, Ned tem a reputação de ter olhos frios, que pensam refletir seu coração gelado.[3] Jaime Lannister acha similaridade nos olhos de Eddard e nos de Roose Bolton.[4] Eddard não é nem tão grande ou bonito quando era seu irmão, Brandon.[5]

Ned é conhecido por seu senso de justiça e sua família o considera bondoso,[6][7] apesar de alguns considerarem sua personalidade reservada como um sinal de frieza e desdém.[8]

Enquanto cavalga em seu grande cavalo de guerra pelo Norte, Ned usa peles e couro.[1] Ned também usa túnicas de ceda[9] e linho[10] e um cinto pesado com marcas de prata.[10] O seu sobretudo é de veludo branco fino com um emblema de lobo gigante no peito.[2] As capas de Ned são cinzas com branco,[11] além de lã preta.[12]

Lorde Stark sempre anda com uma espada longa[13] e uma adaga curta,[14] reservando sua espada de aço valiriano, Gelo, para fins cerimoniais.[1] Jory Cassel serve como capitão de sua guarda pessoal.[1]

História

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

Eddard "Ned" Stark foi o segundo filho nascido do Lorde Rickard Stark e sua esposa Lyarra. Ele tinha um irmão mais velho, Brandon, e um mais novo, Benjen. Também tinha uma irmã chamada Lyanna.[15][16]

Eddard foi criado pelo Lorde Jon Arryn no Ninho da Águia desde os oito anos, juntamente com Robert Baratheon.[17] Ned e Robert se tornaram amigos, e consideravam Lorde Arryn um segundo pai. Lorde Rodrik Ryswell esperava casar sua filha Barbrey com Brandon ou Eddard, mas não conseguiu.[18]

Em 281 d.C., aos dezoito anos de idade, Eddard foi atender o torneio de Harrenhal.[7] Também estavam presentes seus irmãos Brandon, Benjen e Lyanna, além do prometido de sua irmã, seu amigo Robert, e também Jon Arryn.[19] Foi durante este torneio que Eddard conheceu Howland Reed, um dos juramentados de seu pai. Howland e Eddard permaneceram amigos pelo resto de suas vidas. Durante um dos banquetes, Eddard viu Ashara Dayne, uma dama que acompanhava Elia Martell, esposa do príncipe da coroa, Rhaegar Targaryen. Ele mais tarde dançou com Ashara, mas apenas depois que seu irmão Brandon pediu por ele, já que Ned era tímido.[19] Eddard estava presente nas justas finais, quando o príncipe Rhaegar decidiu coroar Lyanna Stark como a rainha do amor e da beleza, ao invés da própria esposa Elia. Eddard se lembra deste acontecimento como "o momento que todos os sorrisos morreram".[7]

Quase um ano mais tarde, Lyanna, irmã de Eddard, é raptada pelo príncipe Rhaegar Targaryen.[20] Seu irmão mais velho, Brandon, irado, cavalgou com uma pequena companhia em direção a Porto Real, mas foi preso quando ameaçou de morte o príncipe da coroa. Seu pai, Lorde Rickard Stark, foi convocado à capital para responder pelas acusações do filho e, ao chegar lá, foi capturado e exigiu um julgamento por combate, mas tanto ele quanto Brandon (assim como suas escoltas) foram executados, com requintes de crueldade, a mando do rei Aerys II Targaryen.[21] Aerys então exigiu que Jon Arryn enviasse a cabeça dos seus protegidos, Eddard e Robert. Jon se recusou, convocando seus juramentados, dando início a uma grande guerra civil (que viria a ser conhecida como 'a Rebelião de Robert').[22]

Robert Baratheon e Eddard Stark, vestidos para a guerra, por Tomasz Jedruszek © Fantasy Flight Games.

Com o pai e o irmão mais velho mortos, Eddard era agora o Lorde de Winterfell, mas ele ainda tinha que regressar ao Norte para reunir seus vassalos. Então, logo no começo da revolta contra o Rei Louco, um pescador tentou, sorrateiramente, transportar Ned do Vale para Porto Branco, mas devido a fortes tempestades, o pescador morreu, e sua filha apenas conseguiu levá-lo até Irmã Doce. Lorde Godric Borrell, posteriormente, conseguiu levá-lo escondido até Porto Branco.

Uma vez no Norde, Eddard reuniu um exército e marchou para o sul, se encontrando com lorde Arryn e os cavaleiros do Vale. Seu primeiro passo foi partir para o Septo de Pedra, onde Robert estava foragido, sendo perseguido de perto por uma força lealista Targaryen comandada por Jon Connington. Ned e lorde Arryn caíram sobre as tropas de lorde Connington, dando início a Batalha dos Sinos. Robert saiu do seu esconderijo, se unindo aos dois amigos e derrotando os apoiadores Targaryen.

Antes de prosseguir com a guerra no sul, Ned desposou Catelyn, da Casa Tully, que havia sido prometida ao seu irmão Brandon, antes de sua trágica morte. [22] Na sua noite de núpcias, eles conceberam um filho, Robb. Logo em seguida, Eddard, Robert Baratheon e Jon Arryn, agora apoiados pelas Terras Fluviais, se prepararam para enfrentar uma enorme tropa lealista, comandada pelo príncipe da coroa em pessoa, Rhaegar Targaryen. Nas margens do rio Tridente, uma intensa batalha foi travada. Robert conseguiu matar o príncipe Rhaegar e assim dispersou suas forças, porém, ferido, ele teve que passar o comando para lorde Eddard.[6][23]

Eddard então comandou as tropas rebeldes até a capital, Porto Real, mas quando chegou lá viu que a cidade havia sido saqueada por soldados Lannisters, comandados por lorde Tywin. Ned testemunhou o massacre nas ruas da capital e também viu os corpos de Elia Martell e seus dois filhos, as crianças Rhaenys e Aegon Targaryen, mortos a mando de Tywin Lannister. O rei Aerys II também havia sido assassinado, pelo filho de Tywin, Sor Jaime Lannister, da Guarda Real. Eddard ficou enojado com as atitudes traiçoeiras e desonrosas da Casa Lannister e jamais esqueceu o que viu. Quando questinou Robert a respeito, ficou surpreso ao ver que o amigo não parecia abalado, pelo contrário, estava satisfeito. Ele chegou a recomendar que Sor Jaime fosse enviado para a Patrulha da Noite, mas Robert novamente se recusou a ouvir. Os dois brigaram e Eddard abandonou a capital, liderando um exército rebelde para encerrar o cerco a Ponta Tempestade, onde a última tropa leal aos Targaryen estava reunida. Ao ver Eddard Stark e seus homens chegando, já ciente da morte do Rei Louco, o lorde Mace Tyrell decidiu recolher suas bandeiras e dobrar o joelho, encerrando os grandes combates da guerra.[23]

Em seguida, logo no fim da rebelião, Ned, junto de seis companheiros, viajou até a fronteira de Dorne para a Torre da Alegria, onde o Príncipe Rhaegar Targaryen havia escondida sua irmã, Lyanna Stark. Ela estava guardada por três membros da Guarda Real, incluindo Sor Arthur Dayne. O combate que seguiu resultou na morte de todos, exceto Ned e Howland Reed. Infelizmente, Lyanna morreu logo após o combate, um acontecimento que, desde então, assombrou Eddard. Antes de falecer, contudo, ela conseguiu extrair do irmão uma promessa.[24] A morte de Lyanna uniu Robert e Ned em sofrimento e os dois fizeram as pazes.[6]

Ned no quarto de Lyanna no seu leito de morte, por Amok ©.

Assim que se encerrou o conflito, com Robert tomando para si o Trono de Ferro, Eddard retornou a Winterfell, trazendo consigo um bastardo, Jon Snow, de cujas origens Ned se recusava a falar, até mesmo para sua esposa; rapidamente, buscou silenciar os rumores de que a mãe do garoto era a nobre Ashara Dayne.[17] Lorde Borrell afirma que a filha do pescador que transportou Ned é a mãe de Jon Snow.[25] Quando finalmente sua esposa Catelyn questionou quem era a mãe da criança, Eddard respondeu de forma brusca dizendo que ele era do seu sangue e isso era tudo que ela precisava saber. Então, ele enterrou seu pai nas Criptas de Winterfell e depois quebrou a tradição e enterrou seu irmão Brandon e sua irmã Lyanna por lá também (um local reservado apenas para lordes).[20] Barbrey Dustin, agora senhora de Vila Acidentada, se ressentia com o fato de lorde Eddard ter retornado o cavalo do seu marido Willam, mas não seus ossos para o enterro.[18] Um pouco mais tarde o irmão mais novo de Ned, Benjen, se juntou a Patrulha da Noite.[26]

Ned passou então os próximos quinze anos governando como Senhor de Winterfell e Protetor do Norte, uma tarefa que nunca esperou e para a qual nunca se sentiu à altura de cumprir; raramente deixava suas terras, e nunca se envolveu nas complexas intrigas das cortes no sul.[6] A única vez que voltou a deixar o Norte foi para, novamente, lutar ao lado de Robert, na Rebelião Greyjoy.[24] Após este breve conflito, Eddard levou para Winterfell o único filho sobrevivente de lorde Balon Greyjoy, o jovem Theon, com o intuito de faze-lo de refém para garantir a lealdade dos homens de ferro, mas Ned acabou criando o garoto com amor, como se fosse seu próprio filho.[27]

Apesar de se sentir despreparado para a tarefa de governante e nunca ter recebido treinamento formal para tal, Eddard foi considerado um lorde justo e um bom líder, sendo amado por seus juramentados (nobres ou plebeus). Mesmo assim, teve que lidar com alguns problemas. Quando descobriu que lorde Jorah Mormont vendeu como escravos alguns malfeitores que ele pegou em suas terras, em 293 d.C., Eddard viajou para a Ilha dos Ursos, para puni-lo por tal crime. Quando chegou, Ned descobriu que Jorah e sua esposa, Lynesse Hightower, haviam fugido para o exílio.[6]

Seu casamento com Catelyn, apesar dos tumultos iniciais causados pela presença do bastardo Jon Snow, foi frutífero e feliz. Eddard teve cinco filhos com ela: Robb, Sansa, Arya, Bran e Rickon.[16] Arya visitou Porto Branco duas vezes com seu pai[28] e Theon Greyjoy também acompanhou Lorde Stark em uma visita a Sor Helman Tallhart na Praça Torrhen[29] e também a fortaleza dos Glovers em Bosque Profundo.[30] Eddard deu um banquete para lorde Rickard Karstark e sua filha, Alys, quando a garota tinha seis anos.[31] Mance Rayder fazia parte da comitiva do Senhor Comandante Qorgyle quando este visitou Winterfell para se encontrar com Lorde Stark.[32] De todos os seus juramentados, Eddard não ia muito com a cara de Roose Bolton, Lorde do Forte do Pavor.[33]

Eventos recentes

A Guerra dos Tronos

Eddard (Sean Bean) brandindo a espada Gelo para cumprir a justiça.

Lorde Eddard executa um desertor da Patrulha da Noite, que afirma ter sido atacado pelos Outros. Ao retornar para Winterfell, o grupo descobre uma loba gigante morto na beira da estrada, com a garganta perfurada pelos chifres de um veado que ela havia matado. A pedido do bastardo Jon Snow, Ned decide não matar os filhotes recém nascidos que ali se encontravam, entregando um para cada criança Stark. Logo após, um corvo traz a mensagem da morte de Jon Arryn, que criou Ned e Robert, e que há muitos anos servia como Mão do Rei. [24] Logo chega Robert, junto a metade da corte, e Ned hesitantemente aceita a oferta de substituir Jon Arryn como Mão, assim como prometer a mão de sua filha Sansa [17] ao Príncipe Joffrey. Outra mensagem chega, esta vinda do Ninho da Águia, escrita por Lysa Arryn, viúva de Jon e irmã de Catelyn. Lysa alerta os Stark que os Lannister estavam envolvidos na morte de seu marido. Ao chegar em Porto Real, Ned se chocou ao descobrir das enormes dívidas da coroa, devido às extravagâncias de Robert, e que Jon Arryn e o pequeno conselho não haviam conseguido contê-lo. Robert decretou que seria organizado um grande torneio para celebrar a indicação de Ned como Mão do Rei, não obstantes os protestos de Ned devido aos altos custos. [14] O torneio atraiu cavaleiros de todos os Sete Reinos.

Enquanto investigando as atividades de Jon Arryn antes de sua morte, Ned descobriu que Jon passava muito tempo na companhia de Stannis Baratheon, e havia visitado diversos bastados de Robert na cidade. [11] Por Yoren, da Patrulha da Noite, ficou sabendo que sua esposa Catelyn havia aprisionado Tyrion Lannister.

Eddard e o rei Robert, partindo de Winterfell para o sul, por Tomasz Jedruszek. © Fantasy Flight Games.

Quando Robert Baratheon convocou uma sessão do conselho exigindo que a grávida Daenerys Targaryen fosse morta, Ned e Sor Barristan Selmy foram os únicos a se declararem contrários. Robert, movido por seu ódio contra os Targaryen, insistia no assassinato; Ned renunciou a seu posto em protesto. [8] Antes de sua partida de Porto Real para retornar a Winterfell, Ned visitou outro bastardo de Robert, uma garota chamada Barra. Retornando deste encontro, arranjado por Mindinho, que se passou num de seus bordéis, ele sofreu uma emboscada de Jaime Lannister, que exigia vingança pelo sequestro de seu irmão, Tyrion, por Catelyn. [13] A perna de Ned foi gravemente ferida no combate que seguiu. Durante sua recuperação, Robert visitou seu amigo, perdoando-o e restabelecendo seu posto como Mão. [34]

Eddard sentou-se no Trono de Ferro e ouviu petições enquanto Robert caçava. Três Senhores das Terras Fluviais trouxeram notícias que diversos vilarejos próximos á fronteira com as Terras Ocidentais haviam sido atacadas por Gregor Clegane. Ned enviou Beric Dondarrion, Thoros de Myr, vários outros cavaleiros, e membros de sua própria guarda para trazerem A Montanha à justiça. [12]

Enquanto investigava o interesse de Jon Arryn nos filhos de Robert, Ned, para seu horror, descobriu que os três filhos legítimos de Robert eram, na verdade, produtos de incesto entre a Rainha Cersei Lannister e seu irmão, o Regicida. [35] Eddard resolveu confrontar Cersei com esta informação, dando-a chance de fugir com suas crianças enquanto podia, antes de Robert retornar da caçada. [36] Cersei, entretanto, usou seu tempo para orquestrar o assassinato de Robert e comprar a Patrulha da Cidade. Com Robert em seu leito de morte, Ned recusou a sugestão de Renly Baratheon de que garantissem controle sobre os filhos do Rei, assim como a sugestão de Petyr Baelish de atuar como Regente, enquanto a Rainha Cersei e o Rei Joffrey ascendessem ao Trono, ao invés de ajudar Stannis Baratheon a assumir o Trono. [10] Mindinho prometeu a Ned o apoio da Patrulha da Cidade, mas o traiu assim que Robert morreu. [37] Cersei ordenou a prisão de Ned, com o apoio da Patrulha da Cidade, graças à traição de Lorde Baelish.

A execução de Ned (série de TV).

Varys visita Eddard nas masmorras da Fortaleza Vermelha, informando-o que, se ele confessasse traição, sua vida seria poupada e ele poderia se juntar à Patrulha da Noite. Ned inicialmente recusa, mas concorda em engolir sua honra para salvar a vida de sua filha Sansa que se encontrava sob custódia dos Lannister. [7] Ele é levado ao Grande Septo de Baelor, onde, sem seu conhecimento, Yoren, sua filha Arya, e um disfarçado Barristan Selmy estavam entre a multidão. Ned fez uma falsa confissão pública, mas o plano ruiu quando o Rei Joffrey declarou que ele deveria ser executado, para o choque de Cersei, Varys e do Alto Septão. Ilyn Payne decapitou Eddard Stark com sua espada, Gelo. [38] Joffrey ordena que a cabeça de Eddard seja colocada em estacas no alto das muralhas da Fortaleza Vermelha, e obriga Sansa a encará-la. [39]

A Fúria dos Reis

Tyrion Lannister, atuando como Mão do Rei no lugar de seu pai, Lorde Tywin, ordena que a cabeça de Ned, junto com todas as outras que se encontravam sobre as muralhas, fossem removidas e dadas uma destinação correta. Os ossos de Ned Stark foram enviados para Correrrio. Catelyn pede a Hallis Mollen para levar os ossos para Winterfell, para que Ned pudesse ser enterrado sob as criptas ao lado de seu pai, irmão e irmã. Os Homens de Ferro, logo após, atacam Fosso Cailin e não se sabe se os ossos de Eddard atravessaram o Fosso antes de sua queda à Casa Greyjoy.

A Dança dos Dragões

Bran Stark, ao treinar sua visão verde, tem uma visão de seu pai no passado através dos olhos da árvore coração de Winterfell. Bran ouve seu pai orar pelo perdão de sua esposa, e que Jon e Robb possam crescer juntos como irmãos. [40]

Barbrey Ryswell, que aspirara casar com Brandon Stark antes de ele ter sido prometido a Catelyn, conta para Theon Greyjoy que ela culpa Ned pela morte de seu marido, Willam Dustin; ela menciona ainda que se algum dia descobrir o paradeiro dos ossos de Ned, ela nunca permitirá que eles sejam enterrados nas criptas sob Winterfell junto a seus ancestrais, em vingança por Ned nunca ter retornado os ossos de seu marido a ela. [18]

Muitas outras casas do Norte, entretanto, lembram de Eddard Stark com amor e respeito devido a sua liderança justa e honrada, apesar de Ned nunca ter sentido que estaria à altura de seu irmão, Brandon.

Na série de televisão

Aparições

Aparições na 1ª Temporada de Game of Thrones
Aparições na 6ª Temporada de Game of Thrones
The Red Woman Book of the Stranger
The Broken Man No One Battle of the Bastards

Familia

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Benjen}
 
{Lysa Locke}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rickon}
 
{Gilliane Glover}
 
 
 
{Bennard}
 
{Margaret
Karstark}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Benjen}
 
{Brandon}
 
{Elric}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Arra Norrey}
 
 
 
 
 
{Cregan}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Lynara}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Alysanne
Blackwood}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jeyne Manderly}
 
{Rickon}
 
{Sarra}
 
{Alys}
 
{Raya}
 
{Mariah}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Sansa}
 
{Jonnel}
 
 
{Lyanna}
 
{Barthogan}
 
{Wylla Fenn}
 
{Brandon}
 
{Alys Karstark}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jon Umber}
 
{Serena}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Edric}
 
 
 
 
 
{Lonnel Snow}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Cregard}
 
Torrhen
 
{Aregelle}
 
{Robard Cerwyn}
 
{Arrana}
 
{Osric Umber}
 
{Rodwell}
 
{Myriame Manderly}
 
{Beron}
 
{Lorra Royce}
 
{Arsa}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Casa Cerwyn
 
 
 
 
 
Casa Umber
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Donnor}
 
{Lyanne
Glover}
 
{Willam}
 
{Melantha
Blackwood}
 
{Artos}
 
{Lysara
Karstark}
 
{Berena}
 
{Alysanne}
 
{Errold}
 
{Rodrik}
 
{Arya Flint}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Brandon}
 
 
{Edwyle}
 
{Marna Locke}
 
{Jocelyn}
 
{Benedict
Royce}
 
{Brandon}
 
{Benjen}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Casa Royce
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rickard}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Lyarra}
 
{Branda}
 
{Harrold Rogers}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Brandon}
 
Desconhecida
 
{Eddard}
 
{Catelyn
Tully}
 
{Lyanna}
 
Benjen
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Jon Snow
 
{Robb I}
 
Jeyne
Westerling
 
Tyrion
Lannister
 
Sansa
 
Arya
 
Bran
 
Rickon
 
 
 
 


Citações

Pode um homem continuar a ser valente se tiver medo?
Eddard - Esta é a única maneira de um homem ser valente. [1]
Bran Stark
Se você for tirar a vida de um homem, você deve olhar em seus olhos e ouvir suas palavras finais. Se você não puder fazer isso, então talvez esse homem não mereça morrer. [...] Um governante que se esconde atrás de executores pagos depressa se esquece do que é a morte [1].
Lembrava-se do pai ter dito há muito tempo que quando os ventos frios sopram, o lobo solitário morre e a alcateia sobrevive. Ele tinha as coisas ao contrário. Arya, a loba solitária, sobrevivia, mas os lobos da alcateia tinham sido capturados, mortos e esfolados [41].
E seria mesmo assim tão terrível desejar uma esposa bonita? Lembrava-se do desapontamento infantil que sofrerá da primeira vez que pôs os olhos em Eddard Stark. Imaginara-o como uma versão mais nova do irmão Brandon, mas tinha se enganado, Ned era mais baixo e tinha um rosto mais simples, e era muito melancólico. Falava de forma bastante cortês, mas, por baixo das palavras Catelyn sentia uma frieza oposta ao que era Brandon, cujas alegrias tinham sido tão violentas quanto as iras. Mesmo quando tomou sua virgindade, o amor deles teve mais do dever do que paixão [5].
Catelyn Stark
Um senhor pode amar os homens que comanda, mas não pode ser amigo deles. Um dia pode precisar

julgá-los, ou enviá-los para a morte. [42]

— Eddard à Jon Snow

Notas

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 A Guerra dos Tronos, Capítulo 1, Bran.
  2. 2,0 2,1 A Fúria dos Reis, Capítulo 39, Catelyn.
  3. A Fúria dos Reis, Capítulo 27, Daenerys.
  4. A Tormenta de Espadas, Capítulo 31, Jaime.
  5. 5,0 5,1 A Tormenta de Espadas, Capítulo 45, Catelyn.
  6. 6,0 6,1 6,2 6,3 6,4 A Guerra dos Tronos, Capítulo 12, Eddard.
  7. 7,0 7,1 7,2 7,3 A Guerra dos Tronos, Capítulo 58, Eddard.
  8. 8,0 8,1 A Guerra dos Tronos, Capítulo 33, Eddard.
  9. A Guerra dos Tronos, Capítulo 25, Eddard.
  10. 10,0 10,1 10,2 A Guerra dos Tronos, Capítulo 47, Eddard.
  11. 11,0 11,1 A Guerra dos Tronos, Capítulo 27, Eddard.
  12. 12,0 12,1 A Guerra dos Tronos, Capítulo 43, Eddard.
  13. 13,0 13,1 A Guerra dos Tronos, Capítulo 35, Eddard.
  14. 14,0 14,1 A Guerra dos Tronos, Capítulo 20, Eddard.
  15. O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.
  16. 16,0 16,1 A Guerra dos Tronos, Referência errada.
  17. 17,0 17,1 17,2 A Guerra dos Tronos, Capítulo 6, Catelyn.
  18. 18,0 18,1 18,2 A Dança dos Dragões, Capítulo 41, O Vira-casaca.
  19. 19,0 19,1 A Tormenta de Espadas, Capítulo 24, Bran.
  20. 20,0 20,1 A Guerra dos Tronos, Capítulo 66, Bran.
  21. A Fúria dos Reis, Capítulo 55, Catelyn.
  22. 22,0 22,1 A Guerra dos Tronos, Capítulo 2, Catelyn.
  23. 23,0 23,1 A Tormenta de Espadas, Capítulo 19, Tyrion.
  24. 24,0 24,1 24,2 A Guerra dos Tronos, Capítulo 4, Eddard.
  25. A Dança dos Dragões, Capítulo 9, Davos.
  26. George R. R. Martin's A World of Ice and Fire , Benjen Stark.
  27. A Fúria dos Reis, Capítulo 11, Theon.
  28. O Festim dos Corvos, Capítulo 22, Arya.
  29. A Fúria dos Reis, Capítulo 37, Theon.
  30. A Fúria dos Reis, Capítulo 24, Theon.
  31. A Dança dos Dragões, Capítulo 44, Jon.
  32. A Tormenta de Espadas, Capítulo 7, Jon.
  33. A Dança dos Dragões, Capítulo 35, Jon.
  34. A Guerra dos Tronos, Capítulo 39, Eddard.
  35. A Guerra dos Tronos, Capítulo 44, Sansa.
  36. A Guerra dos Tronos, Capítulo 45, Eddard.
  37. A Guerra dos Tronos, Capítulo 49, Eddard.
  38. A Guerra dos Tronos, Capítulo 65, Arya.
  39. A Guerra dos Tronos, Capítulo 67, Sansa.
  40. A Dança dos Dragões, Capítulo 34, Bran.
  41. O Festim dos Corvos, Capítulo 1, O Profeta.
  42. A Dança dos Dragões, Capítulo 10, Jon.