Daeron II Targaryen

De Game Of Thrones BR wiki
(Redirecionado de Daeron II)
Ir para: navegação, pesquisa
Targaryen.png
Daeron II
Targaryen.png
Daeron II Targaryen Amoka.jpg
Daeron II Targaryen, por Amoka ©
Informações biográficas
Reinado 184 d.C. a 209 d.C.
Nome completo Daeron Targaryen, o Segundo de Seu Nome
Outros títulos Rei dos Ândalos, dos Roinares e dos Primeiros Homens
Senhor dos Sete Reinos
Protetor do Território
Senhor de Solarestival
Nascimento 153 d.C., em Porto Real.
Morte 209 d.C., em Porto Real.
Família
Casa Real Casa Targaryen
Predecessor Aegon IV Targaryen
Sucessor Aerys I Targaryen
Rainha Mariah Martell
Filhos Baelor Quebralanças
Aerys
Rhaegel
Maekar
Pai Aegon IV Targaryen
Mãe Naerys Targaryen
Para os artigos que compartilham o mesmo título, por favor veja esta página de desambiguação. Disambig.png

Daeron II, conhecido como Daeron, o Bom, foi o décimo segundo Targaryen a se sentar no Trono de Ferro e governar os Sete Reinos. Foi durante o seu reinado que ocorreu a segunda grande guerra civil de Westeros, iniciada quando os Pretendentes Blackfyre tentaram tomar o reino para si.

Daeron era lembrado como um rei justo. Morreu durante a Grande Praga da Primavera, em 209 d.C..

Tabela de conteúdo

Aparência e personalidade

Daeron foi um rei respeitável. Tinha uma face pensativa e ombros arredondados, com pernas finas e barriga pouco proeminente. Sua expressão era tranquila, mas seus olhos claros emanavam determinação. Usava a ornamentada coroa de seu pai.

Em suas moedas, o rosto está bem barbeado.

Daeron, o Bom, não foi um guerreiro, mas sim um homem culto e erudito que se cercava de meistres e outros estudiosos.

História

Juventude

Daeron nasceu como filho mais velho e herdeiro de Aegon, o Indigno e sua irmã esposa, a rainha Naerys. Após a fracassada campanha dos Targaryen para conquistar Dorne, o Rei Baelor, o Abençoado, arranjou o casamento de seu primo, Daeron, com a Princesa Mariah Martell de Dorne como parte de um duplo contrato matrimonial entre os dois reinos a fim de estabelecer a paz no território. O próprio Baelor celebrou a cerimônia de casamento.

A Princesa Mariah trouxe muitos dos costumes dorneses com ela e muitos nobres dorneses vieram para a corte real na Fortaleza Vermelha. Essa mistura de costumes tornaram a corte de Daeron relativamente diferente. Em 170 d.C. eles tiveram seu primeiro filho, a quem chamaram de Baelor, em homenagem a Baelor, o Abençoado. Seguiram-se três outros filhos e uma filha.

Daeron construiu um novo castelo em Solarestival, nas Marcas de Dorne, na região de junção entre Dorne, a Campina e as Terras da Tempestade.

O relacionamento de Daeron com seu pai, o rei Aegon IV, nunca foi dos melhores. Enquanto o príncipe era um homem esclarecido e dedicado a família e aos estudos, seu pai era um homem não muito interessado em governar, preferindo se entregar aos prazeres mundanos, comendo muito e transando com várias mulheres (e gerando muitos bastardos no processo). Não demorou muito e a nobreza de Westeros começou a se dividir, entre aqueles que apoiavam o rei Aegon IV e sua decadente e corrupta corte, e aqueles que viam em Daeron a chance para o retorno do bom governo sobre os Sete Reinos. O rei, contudo, parecia favorecer seu filho bastardo, Daemon. Ao contrário de Daeron, ele era um grande guerreiro e lembrava em aparência o Conquistador.

No fim do reinado de Aegon IV, ganhou força o boato de que o rei não acreditava que Daeron era seu filho, mas um produto do adultério entre a rainha Naerys e seu irmão, Aemon Targaryen. Diziam que o rei planejava deserdar Daeron para que Daemon Blackfyre herdasse o trono. Ainda assim, Daeron foi coroado Senhor dos Sete Reinos após a súbita doença e morte de Aegon IV.

Reinado

Daeron já tinha mais de quarenta anos quando ascendeu ao Trono de Ferro. Ele arranjou o casamento de sua irmã mais nova, Daenerys, com o Príncipe Maron Martell, governante de Dorne. Assim Daeron uniu Dorne aos Sete Reinos, finalmente concluindo a unificação de toda a região de Westeros abaixo da Muralha cerca de duzentos anos após Aegon, o Conquistador a ter iniciado.

O rei era popular com muitos lordes e com a maioria do povo comum, que o apelidaram de "Daeron o Bom". Embora fosse mais um estudioso, dois dos seus filhos se tornaram grandes guerreiros. O mais velho, conhecido como Baelor Targaryen, era um renomado cavaleiro e excelente nas justas. Já Maekar era formidável no campo de batalha.[1]

Durante seu reinado, Daeron teve de lidar com a segunda grande guerra civil de Westeros, causada pelos atos temerários de seu pai. Seu meio-irmão legitimado, Daemon Blackfyre, desafiou-o pelo direito ao Trono de Ferro, no que ficou conhecido como a Rebelião Blackfyre. Com a ajuda de seus filhos, Baelor Quebralanças (que também servia como Mão do Rei) e Maekar, a rebelião foi esmagada na Batalha do Campo do Capim Vermelho.

Após liquidar com a primeira revolta Blackfyre, Daeron tomou terras, castelos e reféns dos lordes que haviam lutado contra ele, a fim de puni-los e garantir lealdade futuro.[2] Após este conflito, o restante do seu reinado foi pacífico. Boas relações foram cultivadas com Dorne, que formalmente passou a fazer parte dos Sete Reinos. Sua corte real foi enchida com homens eruditos e capacitados, em contraste com o gabinete corrupto do seu pai.

Daeron II morreu durante a Grande Praga da Primavera, uma epidemia que também matou centenas de pessoas em todo o reino (incluindo seus dois netos).

Família

 
 
 
 
 
 
 
 
{Daeron II}
 
{Mariah
Martell}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Baelor}
 
{Jena
Dondarrion}
 
{Aerys I}
 
{Aelinor
Penrose}
 
{Rhaegel}
 
{Alys
Arryn}
 
{Maekar I}
 
{Dyanna
Dayne}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Valarr}
 
{Kiera de
Tyrosh}
 
{Matarys}
 
{Aelora}
 
{Aelor}
 
{Daenora}
 
{Aerion}
 
{Daeron}
 
{Kiera de
Tyrosh}
 
{Aemon}
 
{Aegon V}
 
{Rhae}
 
{Daella}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Gêmeo
 
Gêmeo
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Maegor}
 
 
 
 
 
{Vaella}
 
 
 
 
 
 
 
Casa Targaryen
 
Filhos
desconhecidos
 
Filhos
desconhecidos
 
 

Referências

Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Daeron II Targaryen. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas