Companhia Dourada

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Companhia Dourada
Compania Dourada.png
Estandarte Um poste com os crânios dourados dos ex-comandantes
Lema "Nossa palavra vale ouro."
"Sob o ouro o aço amargo."
Comandante atual Harry Strickland
Tamanho Dez mil homens
Fundador Aegor Rivers

A Companhia Dourada é uma organização de mercenários fundada por Aegor Rivers, conhecido como Açamargo, um dos Grandes Bastardos de Aegon, o Indigno. É considerada a maior, mais famosa e mais cara companhia de mercenários das Cidades Livres. Apesar da insegurança notável quanto ao trabalho dos mercenários, a Companhia Dourada é conhecida por nunca ter quebrado um contrato.

Tabela de conteúdo

História

A Companhia Dourada foi fundada por Aegor Rivers, dito "Açamargo", um bastardo legitimado do Rei Aegon IV, depois que ele fugiu de Westeros com os filhos de Daemon Blackfyre após o fracasso da Primeira Rebelião Blackfyre. Quando Aegor viu todos os lordes e cavaleiros exilados se juntando a diversas companhias mercenárias, percebeu que o apoio à Casa Blackfyre estava se dispersando, então criou sua própria companhia. Desde então eles lutaram juntos nas Terras Disputadas.

A reputação da Companhia Dourada ficou rapidamente estabelecida quando Qohor se recusou a honrar o contrato que havia feito. Os mercenários da Companhia Dourada saquearam Qohor como resposta.

A companhia é conhecida por ser formada de exilados e filhos de exilados. Após a morte de Açamargo, os Blackfyre a comandaram. O último deles foi Maelys Blackfyre, o último dos Pretendentes Blackfyre, que matou o primo, Daemon Blackfyre, para conseguir o comando. Durante a Guerra dos Reis de Nove Moedas, Sor Barristan Selmy matou Maelys em combate singular.

Seu grito de guerra é uma homenagem ao seu fundador:


Sob o ouro, o aço amargo.

Cultura

Em seu leito de morte, Açamargo ordenou a seus homens que, quando morresse, fervessem seu crânio e o mergulhassem em ouro, para que o levassem à sua frente quando atravessassem o mar para conquistar Westeros. Cada um de seus sucessores seguiu seu exemplo, montando um poste de crânios dourados.

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

O Festim dos Corvos

Recentemente, a Companhia Dourada quebrou o contrato que tinha com Myr, mesmo sabendo que a cidade estava numa guerra iminente com Lys e Tyrosh. Os boatos sugeriam que a Companhia rumava para Volantis.

A Dança dos Dragões

Enquanto viajava rumo ao Roine pela estrada valiriana com Illyrio Mopatis, Tyrion Lannister ficou sabendo que a Companhia Dourada havia sido contratada por ele. Quando questionou Illyrio sobre como o magíster havia conseguido que a Companhia quebrasse o contrato com Myr, Mopatis respondeu:

Alguns contratos são escritos com tinta, outros com sangue. Não direi mais nada.

Tyrion comentou com Illyrio como achava estranho que a Companhia Dourada, que passara a maior parte de sua história lutando contra os Targaryen, pudesse estar do lado de um deles agora. Quando perguntou a Illyrio o que ele fez para convencê-los a se juntar à Daenerys Targaryen, o magíster disse:

Negro ou vermelho, um dragão ainda é um dragão

Foi revelado que a Companhia Dourada inicialmente quebrara seu contrato com Myr pois esperavam se juntar à Daenerys em Volantis, que seria uma das cidades por onde ela passaria de sua suposta marcha de Meereen até Westeros. Porém, em Volantis, os aliados de Illiryo descobriram que Daenerys nunca se colocara em marcha de Meereen. Nessa hora, Tristan Rivers comentou como os planos do magíster se mostravam em constante mudança.

Qual plano? O plano do gordo? Aquele que muda sempre que a Lua dá a volta? Primeiro era Viserys Targaryen que vinha se juntar a nós com cinquenta mil guerreiros dothraki atrás de si. Depois o Rei Pedinte morre, e ia ser a irmã, uma manejável rainha criança que ia a caminho de Pentos com três dragões acabados de eclodir. Em vez disso, a menina aparece na Baía dos Escravos e deixa uma cadeia de cidades incendiadas atrás de si, e o gordo decide que nos devíamos encontrar com ela em Volantis. Agora esse plano também está em ruínas. Já me fartei dos planos de Illyrio. Robert Baratheon conquistou o Trono de Ferro sem dispor de dragões. Nós podemos fazer o mesmo. E se me engano e o reino não se erguer por nós, podemos sempre voltar a nos retirar para lá do mar estreito, como o Açamargo fez um dia e outros fizeram depois dele.

Diante disso, a Companhia decidiu jurar fidelidade à Aegon Targaryen, e partiram com ele para invadir Westeros. A Companhia desembarcou nas Terras da Tempestade e já conquistou alguns castelos. Agora, Aegon e Jon Connington acabaram de tomar Ponta Tempestade.

Composição

A Companhia Dourada é composta por dez mil homens, milhares de cavalos e um certo número de elefantes.

Dados parciais:

  • Quinhentos cavaleiros, cada um com três cavalos;
  • Quinhentos escudeiros, cada um com um cavalo;
  • Mil arqueiros

Membros Notáveis

Aegor Rivers liderando a Companhia Dourada, em 219 d.C., durante a Terceira Rebelião Blackfyre.
Capitães-Generais
Membros

Citações

Fantasmas e mentirosos. Restos de guerras esquecidas, causas perdidas, rebeliões fracassadas, uma irmandade dos fracassados e caídos, dos desgraçados e deserdados. É este o meu exército. É esta a nossa melhor esperança.
— Jon Connington

Referências e Notas

Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Golden Company. A lista de autores pode ser vista em histórico da página.

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas