Arya Stark

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Stark.png
Arya Stark
Stark.png
Arya Stark Amoka.jpg
Arya Stark, por Amoka ©
Apelido(s) Arya Cara de Cavalo
Arya Debaixo dos Pés
Arry
Cara de Caroço\Cabeça de Caroço
Doninha
Nymeria/Nan
Salgada
Gata dos Canais
Beth
Mercedene/Mercy
Título Princesa de Winterfell
Lealdade Casa Stark
Homens Sem Rosto
Cultura Nortenha
Nascimento Em 289 d.C., em Winterfell
Aparece (PDV)
Aparece (PDV)
Aparece (PDV)
Aparece (PDV)
Aparece (PDV)
Aparece (PDV)

GoT Logo.jpg
Arya-Stark-Game-of-Thrones-7-Temporada.jpg
Interpretado(a) por Maisie Williams
Aparições 1ª Temporada | 2ª Temporada | 3ª Temporada | 4ª Temporada | 5ª Temporada | 6ª Temporada | 7ª Temporada
Apareceu em 52 episódios (ver seção)

Arya Stark é a terceira filha de Lorde Eddard Stark e Catelyn Stark. No início do livro A Guerra dos Tronos, Arya tem nove anos de idade. Ela tem um irmão mais velho, Robb e dois irmãos mais novos, Bran e Rickon. Ela também tem uma irmã mais velha, Sansa, e um meio-irmão bastardo, Jon Snow.

Assim como alguns de seus irmãos, ela é uma Troca-peles[1]. Seu lobo gigante se chama Nymeria, uma referência a uma rainha guerreira Roinar. Arya é a única personagem a ter pelo menos um capítulo PDV em cada um dos seis livros. Na série de TV é interpretada por Maisie Williams.

Aparência e personalidade

Arya Stark e Nymeria, por Rafael Schnell ©

Arya é uma menina animada interessada em combate e exploração, ao contrário de sua irmã mais velha, Sansa. Arya deseja aprender a lutar com espadas e participar de torneios, para o horror de Sansa, que gosta das atividades mais tradicionais de uma nobre. Arya é muito próxima de seu meio-irmão Jon Snow, que a incentiva. Jon Snow dá a Arya sua primeira espada, Agulha, como um presente. Ao longo de suas viagens, Arya mostra grande desenvoltura, astúcia e uma capacidade firme de aceitar duras necessidades[2].

Arya se parece mais com os Stark do que com os Tully, com um rosto comprido, olhos cinzentos e cabelos castanhos. Ela é magra e atlética. No início da história, ela é geralmente considerada normal, como exemplificado pelo apelido de "Arya Cara de Cavalo", e muitas vezes confundida com um menino. No entanto, há casos em que se compara a beleza dela a de Lyanna[2], e ela mais tarde começa a chamar atenção de homens.

Ela é canhota, rápida e habilidosa. Ela aprendeu esgrima básica no estilo Dança da Água bravosiana e mais tarde aprendeu a lidar com facas. Ela é uma Troca-peles, entrando em sua loba gigante Nymeria em seus sonhos, assim como gatos em Bravos. Ela recebeu uma educação nobre em Winterfell, é boa em matemática e excelente amazona. Ela provou saber pelo menos um pouco de valiriano. Ela também fala bravosi com um sotaque forte e se esforçou em aprender a língua, sob ordens do Homem Bondoso. Ela tem uma mente rápida e curiosa, e uma visão pragmática.

História

Arya é a filha mais nova e terceira filha de Catelyn e Eddard Stark, chefe da Casa Stark. Ela nasceu logo após o retorno de Eddard Stark da Rebelião Greyjoy, e foi criada em Winterfell. Em seus nove anos, ela rapidamente mostrou ser uma garota independente e de espírito selvagem. Ao contrário de sua irmã, ela rejeita a noção de que ela deve se tornar uma mulher e se casar por influência e poder, não mostrando interesse pelas artes femininas de dança, canto e costura; em vez disso, ela revela interesse por luta e exploração, para o espanto de sua tutora, Septã Mordane, e seus pais. É apelidada carinhosamente como Arya Debaixo dos Pés em Winterfell.

Eventos Recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Arya explorando as masmorras em Porto Real. Por Teiiku ©

Arya viaja com seu pai, Eddard, a Porto Real, quando ele é nomeado Mão do Rei. Antes de sair, seu meio-irmão Jon Snow dá-lhe uma espada chamada Agulha, como presente de despedida. Ele diz que ela precisa praticar, mas que a primeira lição é a de "espetar com a ponta afiada". No caminho para o sul, ela faz amizade com um garoto chamado Mycah, o filho do carniceiro, e eles muitas vezes treinam a luta com espadas.

Durante uma caminhada juntos, o príncipe Joffrey e sua irmã Sansa encontram Arya e Mycah "lutando" na floresta. Arya defende Mycah de Joffrey, e seu lobo gigante, Nymeria, ajuda Arya a atacar Joffrey, ferindo seu braço. Sabendo que Nymeria provavelmente seria morta em retribuição, Arya e Jory Cassel afugentam a loba. [3] Arya é levada perante o rei Robert, que aconselha a Eddard a lidar com a punição por si mesmo, mas a rainha Cersei não fica satisfeita com isso e ordena que a loba gigante de Sansa, Lady, seja morta no lugar de Nymeria. O menino camponês, Mycah, tendo fugido, é encontrado e morto pelo "cão" de Joffrey, Sandor Clegane. [4] A partir deste momento, Arya alimenta uma inimizade duradoura para com a Casa Lannister e Clegane, e jura vingar a morte de Mycah com suas próprias mãos.

Em Porto Real, seu pai descobre Agulha, mas ela se recusa a dizer que foi Jon quem lhe deu o presente. Seu pai percebe que ela deve ser treinada. Arya começa a treinar com o espadachim Syrio Forel, um célebre Bravosi. Sob sua estrita, mas criativa tutela, Arya aprende a lutar no estilo bravosiano com Agulha. [2] Ela passa a maior parte de seu tempo fazendo exercícios de equilíbrio e esgrima como Forel instruiu ela. Durante um desses exercícios ela descobre uma passagem secreta no castelo. Ela ouve dois homens, que pela descrição parecem ser Varys e Illyrio, falando sobre seu pai. [5]

Durante o expurgo da Casa Stark da Fortaleza Vermelha, Syrio percebe que os guardas Lannister não foram enviados por seu pai como disseram, ele ataca os soldados com uma espada de treino para que Arya possa fugir. [6] Arya saiu do castelo usando a passagem que encontrou antes, mas ela não podia sair da cidade já que os portões estavam fortemente vigiados. Ela viveu nas ruas da Baixada das Pulgas, pegando pombos e ratos para trocar por comida, até o dia em que ela testemunhou a condenação pública de seu pai. Ela foi encontrada no meio da multidão por Yoren da Patrulha da Noite, que a reconhece e a salva de ver a execução de Eddard e arrasta-a de Porto Real. [7]

A Fúria dos Reis

Arya foge de Porto Real com Yoren e os homens que ele recrutou para a Patrulha da Noite. Yoren planeja devolvê-la a Winterfell no caminho de volta a Muralha. Yoren raspa a cabeça e faz Arya assumir a identidade de Arry, um menino que viaja com Yoren para a Muralha.[8] Eles são atacados por assaltantes liderados por Sor Amory Lorch em uma cidade deserta perto do lago do Olho de Deus. Arya é uma das poucas a escapar viva, juntamente com Gendry, Torta Quente, Lommy Mãos-Verdes e Doninha. Antes de fugir, ela salva a vida de prisioneiros da patrulha acorrentados: Jaqen H'ghar, Rorge e Dentadas.[9]

Arya foge com os sobreviventes até que eles são capturados por Sor Gregor e seus homens na cidade mais próxima, onde são mantidos por oito dias, enquanto o Cócegas faz perguntas aos moradores. [10] Em seguida, eles são levados para Harrenhal e se tornam servos. Durante a viagem, ela cria uma lista de todos aqueles que ela odeia e quer matar. Em Harrenhal, ela é atribuída ao mordomo Weese para trabalhar na Torre das Lamentações.[11] Vários dias mais tarde, ela se reúne com Jaqen e os dois outros prisioneiros que ela salvou, que agora estão a serviço de Sor Amory Lorch.

Jaqen a encontra à noite e oferece três assassinatos para as três vidas que ela salvou. Depois de vários dias, Arya nomeia Chiswyck, depois de ela ouvir ele se vangloriar com a forma como ele participou de um estupro coletivo. Ele morre três dias depois. Em seguida, ela nomeia Weese, por bater nela. A morte de Weese é indetectável, aparentemente ligada a seu cão. Enquanto tenta descobrir outro nome para dizer, ela percebe que deveria ter dito um nome mais importante, como Tywin ou Amory Lorch. Um pouco arrependido, ela pensa muito sobre como fazer a contagem de sobrenome. Finalmente, ela nomeia o próprio Jaqen. Para fazê-la desdizer o seu nome, Jaqen a ajuda a libertar os Homens do Norte que estavam no calabouço e a encenar um levante. Depois, para espanto de Arya, Jaqen muda seu rosto em frente a ela, dizendo que era tempo para aquela pessoa morrer. Ele dá a Arya uma moeda de ferro para que ela possa encontrá-lo novamente e vai embora. Na manhã seguinte, Lorde Roose Bolton chega para assumir o comando do castelo. Arya, agora chama-se Nymeria ou Nan, e por enquanto ela se torna um dos servos de Roose por seu papel na libertação dos prisioneiros. Ela encontra inadvertidamente o escudeiro com quem ela teria que se casar pelo contrato de Robb com os Frey, embora os dois permaneçam desconhecidos um do outro.[12]

Arya mata uma guarda de Harrenhal e sussurra Valar Morghulis. Por Tim Tsang ©

Ela percebe que foi tratada muito bem por Roose e pensa em ir embora com ele, em um esforço para voltar a Winterfell e sua família. Ela fala sem o consentimento dele e pergunta o que vai acontecer com ela. Como ele a trata com maldade, ela mantém sua identidade para si mesma até que ele vai embora. Depois disso, Harrenhal é deixada para Vargo Hoat, e Arya escapa com Gendry e Torta Quente, matando um guarda do portão.[13]

A Tormenta de Espadas

Enquanto Arya e seus companheiros estão indo em direção ao norte, Arya entra em Nymeria durante um sonho e vê Nymeria matar os membros dos Bravos Companheiros que foram enviados até eles.[1] Pouco tempo depois, ela e seus companheiros são descobertos por um grupo da Irmandade Sem Bandeiras e levados para Estalagem do Ajoelhado, onde ela reconhece um dos ex-guardas de seu pai, Harwin, que a reconhece como Arya Stark.[14] Arya viaja com o grupo para seu esconderijo. No acampamento da Irmandade, Arya encontra o recentemente capturado Sandor Clegane esperando pelo julgamento. Ela o acusa de ter assassinado Mycah, o que lhe valeu um julgamento por combate. Ele sobrevive e assim fica livre.[15]

Decepcionada com a Irmandade e se sentindo sozinha no mundo depois de Torta Quente e Gendry seguiram caminhos separados, Arya tenta fugir e acaba sendo capturada por Sandor Clegane, que estava atrás do grupo. [16] Sandor a leva para as Gêmeas, onde ele planeja devolvê-la a seu irmão Robb, e ganhar um lugar a seu serviço. [17] Eles chegam às Gêmeas, quando a chacina do Casamento Vermelho começa. O Cão tem que evitar Arya de correr para o castelo (e seja morta), batendo-a com seu machado. [18]

Sandor decide que o único lugar para levá-la é o Ninho da Águia, que é governado pela tia de Arya, Lysa. No caminho para leste, Arya encontra um cavalo selado. Ela o toma como sua montaria e nomeia-o Covarde. No entanto, logo descobriram que não poderiam chegar ao Ninho da Águia, e eles são forçados a voltar para Correrrio para resgatar Sor Brynden Tully. [19]

Em seu caminho eles param em uma pousada onde eles se encontram o Cócegas e Polliver, dois dos homens na lista da morte de Arya, assim como um jovem escudeiro. O Cão fica bêbado e uma luta começa. Arya consegue esfaquear o escudeiro na barriga enquanto O Cão mata Polliver, embora ele tenha se ferido gravemente na luta. Enquanto Cócegas está lutando com Sandor, Arya é capaz de esgueirar-se por trás dele e esfaqueá-lo. Ela continua a esfaqueá-lo enquanto selvagemente ecoa as perguntas que ele fez às suas vítimas em sua jornada para Harrenhal. Depois, Sandor diz a ela para acabar com o escudeiro, que está morrendo. Arya recupera Agulha do cadáver de Polliver e apunhala o escudeiro no coração.

Arya e Sandor vão para a cidade de Salinas, mas Sandor está fraco demais para continuar e cai de seu cavalo. Arya pega Agulha, com a intenção de matá-lo, mas decide deixá-lo morrer em vez de dar-lhe a misericórdia de uma morte rápida. Ela vende Covarde em Salinas e consegue passagem para a Filha de Titã, um navio indo para Bravos, usando a moeda que Jaqen H'ghar tinha dado a ela, junto com a frase valiriana "Valar Morghulis".[20]

O Festim dos Corvos

Gata dos Canais. Por Rene Aigner©

Durante a viagem para Bravos na Filha do Titã, Arya usa o nome de Salgada. Muitos dos marinheiros e até o Capitão Ternesio Terys pedem a ela para aprender e lembrar seus nomes. Muitos parecem ter medo dela. O capitão pede a seu filho mais velho Yorko para levar Arya para a costa, de modo a tirá-la do navio antes dos clientes virem a bordo. [21]

Em Bravos, Arya encontra seu caminho para a Casa do Preto e Branco, onde um homem bondoso velho a inicia na guilda dos Homens Sem Rosto.[21] Ela é obrigada a descartar sua antiga personalidade, incluindo os seus pertences, para iniciar o treinamento. Ela faz isso, com exceção de Agulha, que ela esconde em um local seguro. [22]

O treinamento de Arya exige que ela vá para a cidade sob a identidade de Gata dos Canais, uma menina de rua. Ela aprende segredos, e relata o que aprendeu para o homem bondoso. Ela também começa a aprender a linguagem Bravosi. Uma noite, meses depois, ela mata um desertor do Patrulha da Noite chamado Dareon, e aceita o leite destinado a "Arya". Quando ela acorda na manhã seguinte, ela está cega. [23]

A Dança dos Dragões

Arya cega na Casa do Preto e Branco em Bravos. Por Tiziano Baracchi. © Fantasy Flight Games

Arya continua cega e a serviço da Casa do Preto e Branco em Bravos. A cegueira é induzida pelo leite que ela bebe todas as noites. Ela continua a sonhar com os olhos de sua loba gigante, Nymeria, mas não conta a ninguém. Ela ainda luta para deixar sua identidade como Arya Stark para trás. Enquanto ela está cega, Arya usa o disfarce de Beth, uma menina mendiga. Ela vagueia pelas ruas de Bravos, pedindo dinheiro e ouvindo informações. Ela se torna melhor em mentir e em detectar a mentira dos outros.

Arya volta a ver novamente depois que ela é capaz de identificar o homem gentil e bater-lhe com um pau quando ele vai para cima dela. Está implícito, no entanto, que ela não se limita a sentir sua presença (como ele supõe), mas vê-lo através dos olhos de um gato escondido nas vigas.

Depois de recobrar a visão, [24] Arya recebe uma missão de assassinato em primeiro lugar. Ela é convidada a dar o "dom" para um homem velho que vende um tipo de seguro para os navios. O homem bondoso a leva para as câmaras secretas menores da Casa de Preto e Branco, onde milhares de rostos estão pendurados nas paredes. Ela recebe um novo rosto de uma menina feia, que havia sido espancada pelo pai e veio para a Casa de Preto e Branco para buscar o presente. Arya vê seu alvo cuidadosamente por dias. Ela percebe que o velho tem guardas com ele onde quer que ele vá, e sempre testa a moeda que recebe com os dentes. Enquanto ela o vê, ela tenta encontrar maneiras de justificar o seu destino, mas o homem gentil diz a ela que não é para ela para julgar o velho.

No final, ela finge estar roubando um saco de moedas de um capitão em seu caminho para se encontrar com o velho. Ela divide a bolsa na tentativa, e muda um de moedas do capitão com um de seus próprios, revestidos em veneno. Após a mudança, ela escapa. Mais tarde, o coração do velho misteriosamente para.

O homem bondoso então dá a Arya um robe de acólito e atribui a ela para começar seu aprendizado com Izembaro. [25]

The Winds of Winter

Arya agora é uma pantomineira conhecida como "Mercedene" ou "Mercy", em um teatro chamado Portão, de propriedade de Izembaro. Ela ainda está experimentando sonhos de lobo, sendo o mais recente com ela olhando para uma árvore.

Quando Sor Harys Swyft chega em Bravos em uma missão para negociar com o Banco de Ferro de Bravos, começa a peça de teatro do Portão chamada A Mão Sangrenta, presumivelmente sobre o mandato de Tyrion Lannister como Mão do Rei de Joffrey I. Arya interpreta uma empregada doméstica, provavelmente Shae, que é estuprada por Tyrion, interpretado por um anão chamado Bobono.

No entanto, quando a peça está prestes a começar, Arya percebe dois dos guardas de Swyft falando. Um deles é Raff, o Querido. Ela o seduz e o leva para o quarto dela. Ela consegue esfaqueá-lo na coxa, cortando sua artéria femoral e tornando-o incapaz de andar. Rafford implora para ela levar ele a um curandeiro. Quando Arya pergunta como, ele fala que ela terá de carregá-lo, mas Arya docilmente responde: "Acho que sim" e o apunhala na garganta, assim como ele fez com Lommy Mãos-Verdes. Arya lança seu cadáver em um canal, para as enguias, e volta para a Porta quando ela deve entrar no palco. [26]

Game of Thrones

Primeira Temporada

Arya está aprendendo a costurar com Septã Mordane, mas sai da aula quando ela vê Bran, Jon e Robb praticando tiro com arco no pátio. Ela pega um arco e acerta o alvo, coisa que irrita Bran. Arya ganha uma loba gigante, que é um dos vários filhotes de uma ninhada encontrados por seus irmãos fora do castelo. Arya a nomeia Nymeria, em referência a uma grande rainha guerreira roinar.[27]

Quando o Rei Robert visita Winterfell, Arya sai correndo para ver a chegada de sua comitiva. Ela é repreendida quando ela finalmente se junta à linha de recepção no pátio, e depois é ouvida pela Rainha Cersei perguntando onde está o "Duende", um apelido de Tyrion Lannister. Mais tarde naquela noite, na festa, ela testa a paciência de sua mãe, jogando comida na irmã, Sansa. Naquela mesma noite, Robert nomeia o pai de Arya, Lorde Eddard Stark, como Mão do Rei, Joffrey é prometido a Sansa, e Eddard decide levar suas filhas com ele para Porto Real.[27] Antes de ir embora, ela recebe uma espada como um presente de Jon. Ele a nomeia Agulha, fazendo um jogo de palavras, já que assim ela pode agora gostar de fazer "Bordado".[28]

Enquanto viajava para o sul pela Estrada do Rei, ela pratica seu trabalho com espadas com ajuda de Mycah , o filho carniceiro na comitiva do rei, a quem ela faz amizade. Quando Sansa e seu noivo, o Príncipe Joffrey, identifica-os lutando, Joffrey intervém. Ele acusa Mycah de fingir ser um cavaleiro e ameaça-o de machucar Arya. Ignorando seus protestos, ele corta Mycah e ameaça Arya quando ela o ataca para defender Mycah. Como Joffrey ameaça-a com uma espada, Nymeria ataca Joffrey, ferindo -lhe o braço, permitindo que Mycah fuja, e Arya lança a espada de Joffrey no rio. Arya foge e se separa de Nymeria, a atacando com pedras para que ela nãa seja punida. Arya é finalmente encontrada e questionado. Arya fala a verdade, mas Sansa mente sobre o incidente, dizendo que ela não viu o que aconteceu, mas geralmente apoiando Joffrey. Já que eles não tem Nymeria, Rei Robert ordena que executem então a loba de Sansa, Lady. Mycah é assassinado pelo guarda-costas de Joffrey, Cão de Caça.[28]

Depois de chegar a Porto Real, Arya discute incessantemente com Sansa sobre o incidente, para desespero de seu pai. Eddard tenta fazer Arya entender que Sansa não poderia contradizer seu futuro marido. Eddard descobre sobre Agulha quando ele chega ao quarto de Arya para falar com ela enquanto ela está praticando. Quando ele percebe que ela está falando sério sobre a aprendizagem e vai fazê-lo por si mesma, ele decide contratar Syrio Forel, que é a Primeira Espada de Bravos, para treinar Arya na arte do combate.[29] Eddard está confuso ao descobrir que o treinamento de Syrio inclui ter Arya equilibrada na ponta dos pés por horas, e ficar perseguindo gatos em torno de sua nova residência na Fortaleza Vermelha para treinar sua agilidade. Ao falar sobre Bran, Arya e seu pai discutem sobre ele não poder ser um cavaleiro, pois ele estava paraplégico, mas ele pode ser um senhor, ou sentar-se no conselho do rei, entre outras coisas. Arya pergunta se ela pode também, e Eddard ri e diz para Arya que não, um dia ela vai se casar com um senhor poderoso e ter filhos que podem ser senhores ou mesmo reis e governarem terras. Arya responde que não quer isso, e diz que não será esse seu destino.[30]

Arya treinando com Syrio Forel, em Lord Snow.

Arya assiste o Torneio da Mão junto com Septã Mordane e Sansa. Ela pergunta para Mindinho como ele ganhou seu apelido, para sua diversão. Arya depois retoma seu exercício de treinamento perseguindo gatos e encontra um caminho para as masmorras da Fortaleza Vermelha, onde ela vê os crânios de dragão que eram utilizados para decorar o Salão do Trono de Ferro. Ela ouve Varys e Illyrio Mopatis conversarem sobre a probabilidade de uma futura guerra entre os Stark e Lannister e em que tempo será possível que Khal Drogo traga seu exército através do Mar Estreito com os exilados Targaryen. Depois que eles vão embora, Arya encontra uma passagem para fora do castelo e, em seguida, enfrenta a ameaça dos guardas do castelo, a fim de voltar para dentro. Seu pai está raivoso, dizendo que ele mandou pessoas procurarem por ela. Ela tenta contar-lhe sobre os conspiradores o sobre o que ela ouviu, mas não consegue identificá-los e se esqueceu de a maioria dos detalhes do momento. Eddard a apresenta como sua filha para Yoren, um recrutador da Patrulha da Noite. Desgrenhada e imunda, Arya é confundida com um menino, para seu aborrecimento.[31]

Arya se distrai de seus exercícios de treinamento com a notícia da morte de Jory e dos ferimentos de seu pai, enquanto lutava com Jaime Lannister. Syrio a ensina a ignorar seus problemas para se concentrar na luta. Mais tarde, Eddard Stark diz as suas filhas que ele está enviando-as de volta para Winterfell. Sansa e Arya ficam chateadas. Arya não quer deixar o treinamento de Syrio. Sansa está indignada, dizendo que a perda de um instrutor de dança não é nada comparado ao romper seu noivado com Joffrey. Lorde Eddard diz para ela não se preocupar, que ele vai escolher outro homem para ela se casar, um forte, gentil e valente. Sansa diz que não quer alguém assim; ela quer Joffrey. Ela quer ter seus "bebês loiros como Joffrey", seu "leão de cabelos dourados". Arya afirma que ele será um veado como seu pai. Sansa responde que Joffrey não é nada como Robert. Eddard, mais tarde, descobre que Joffrey não é filho de Robert e, portanto, não é o herdeiro do trono.[32]

Quando confrontada sobre isso, Cersei admite que seus filhos são o resultado de sua relação incestuosa com seu irmão Jaime Lannister. Eddard adverte Cersei que ela deve levar as crianças e deixar Porto Real e também Westeros, já que a raiva de Robert provavelmente significaria a sua morte, quando ela expôr sua infidelidade. No entanto, Robert é ferido por um javali enquanto caça, e morre pouco depois.[33] Cersei e Joffrey prendem Eddard enviam guardas para levar Arya em custódia. Syrio percebe que eles não são de seu pai e diz-lhe para não ir com eles. Dizendo para Arya fugir, ele luta contra eles. Forel só está armado com uma espada de madeira, mas ele desarma vários guardas Lannister, exceto um da Guarda Real, Sor Meryn Trant. Arya vai primeiro para o estábulo, onde os homens que estavam a levá-la com Sansa de Porto Real estavam à espera com sua bagagem. Os homens foram mortos, mas ela descobre que sua espada está onde ela escondeu, no fundo da sua bagage . Ela é descoberta por um cavalariço que tenta impedi-la. Quando ele a ataca, ela acaba o matando. Arya, horrorizada, foge para encontrar seu caminho para fora do castelo. Como resultado de eventos subsequentes, a guerra eclode entre as forças Lannister e as forças leais aos Starks, agora sob a liderança de Robb.[34]

Arya durante a execução de seu pai, em Baelor.

Arya está vivendo nas ruas de Porto Real, pegando aves selvagens para alimentar-se. Ao tentar negociar para algo para comer no estande de um padeiro , Arya percebe uma multidão de pessoas correndo para o centro da cidade. Ela descobre que eles estão se juntando para testemunhar o julgamento da Mão do Rei. Soltando o pombo que ela detém, Arya corre para a praça lotada, e, para obter uma visão melhor e ver seu pai, ela sobe no pedestal de uma estátua do antigo rei Targaryen, Baelor. Eddard é trazido para fora e puxado pela multidão, e ele vê Arya. Quando Ned confessa sua traição e Joffrey ordena a execução de Ned, Arya vai para a frente puxando a espada em uma tentativa de salvar seu pai. Yoren consegue agarrá-la. Segurando Arya contra seu peito, ele diz a ela para não olhar. Antes de Ned Stark ser executado, ele olha para a estátua de Baelor e vê que Arya está desaparecido. Arya olha para o céu. Ao ver os pássaros, assustando e indo embora, e ouvindo a alegria da multidão, Arya percebe que seu pai está morto.[35]

Yoren corta o cabelo de Arya para fazê-la parecer mais com um menino e promete levá-la para casa. Ela vai se passar por um novo recruta da Patrulha da Noite. Ele diz a ela para não confiar nos outros, já que eles poderiam vendê-la em troca de uma recompensa ou, possivelmente, estupra-la. Quando Arya se junta ao grupo de outros recrutas indo para Muralha, ela é intimidada por dois meninos, Torta Quente e Lommy Mãos-Verdes, mas ela se defende e assusta-os com agulha. Gendry , outro recruta, vai defendê-la. Todo o grupo se afasta de Porto Real, de frente para uma viagem de centenas de quilômetros através de uma zona de guerra, a fim de voltar para Winterfell.[36]

Segunda Temporada

Arya e Gendry se escondendo dos mantos dourados, em The Night Lands.

Arya viaja em direção ao norte, na Estrada do Rei, junto de Yoren, e está se passando por um dos seus recrutas da Patrulha da Noite.[37] Ela é desenhada por um dos presos no vagão, Jaqen H'ghar. Ele é um assassino que estava nas celas negras, nas masmorras, onde os piores criminosos são mantidos em Porto Real, e por isso vai ficar preso no vagão até que cheguem na Muralha. Ele pede água, mas os outros dois assassinos, Rorge e Dentadas a ameaçam, então ela não a dá para ele. Ela forma uma ligação com o ex-aprendiz de ferreiro Gendry, que sabe que ela é uma garota. Quando os homens dourados chegam, vindos de Porto Real com um mandado para um dos recrutas, Arya teme que eles estão procurando por ela, mas na verdade estão procurando por Gendry (que não tem conhecimento de sua condição de bastardo real de Robert Baratheon). Yoren intimida-os a sair de mãos vazias. Arya confessa sua identidade para Gendry depois que ele revela ter sido questionado por seu pai antes de deixar a capital.[38]

Arya pede conselhos a Yoren sobre como viver com as tragédias que sofreu, e ele diz a ela a história de como os pensamentos de vingança resultaram em ele cometendo um assassinato e ter que se juntar a Patrulha da Noite. Ele tornou-se obcecado por Willam e recitou seu nome toda à noite antes de dormir. Então, quando Willam voltou, Yoren o matou. Yoren teve de fugir de sua aldeia, perdendo sua vida e seu futuro, e ele teve que vestir o negro. Arya ouve essa história, mas não a entende direito. Yoren estava tentando dizer a ela para não ficar obcecada por pensamentos de vingança, uma vez que estes irão consumi-la, mas Arya acha que ela deve dizer os nomes de seus inimigos toda noite antes de dormir, quase como uma oração, até o dia em que ela poderá se vingar. Os homens dourados retornam, agora com o apoio de Sor Amory Lorch e homens Lannister. Yoren morre heroicamente, defendendo Gendry, mas os recrutas são superados. Polliver rouba Agulha​ de Arya. Arya convence Sor Amory que ele matou Gendry porque outro recruta morreu enquanto segurando a cabeça de touro que Gendry fez.[39]

Arya conversando com Lorde Tywin Lannister.

Sor Amory leva seus cativos para Harrenhal. Durante o dia, um dos prisioneiros é escolhido por Sor Gregor Clegane e são brutalmente torturados por Cócegas. Arya começa a recitação noturna dos nomes de seus inimigos, acrescentando os dois homens à sua lista. Lorde Tywin Lannister retorna ao castelo e interrompe a tortura, salvando Gendry de quase ser morto. Ele critica Gregor por desperdiçar mão de obra. Ele imediatamente percebe que Arya está se passando por um menino. Ela afirma que fez isso por ser mais seguro para viajar e Tywin sente sua inteligência e faz dela sua copeira.[40]

Tywin hospeda um conselho de guerra e Arya serve comida e bebida. Ela se move para derramar vinho, mas Tywin a para, e exige água. Ele questiona a sua origem, percebendo que ela é uma nortenha. Ele rejeita a primeira mentira de Arya, de que ela é das Terras Fluviais, mas a segunda faz ele acreditar. Ao ser questionada sobre a opinião dos nortistas de seu irmão, Robb Stark, ele repete os rumores de que ele tem uma ligação sobrenatural ao seu lobo gigante, e que ele é invulnerável. Tywin pergunta se ela acredita que isso é verdade, e ela responde: "Não, meu senhor, qualquer um pode ser morto". Ela sai para buscar água e encontra Jaqen, agora um homem de armas Lannister. Jaqen diz que, já que ela salvou sua vida e a de seus dois companheiros de cela, ele deve a ela três mortes e se oferece para matar três pessoas de sua escolha. Ela tem como primeiro alvo o Cócegas. Ele logo é encontrado morto no pátio. Arya percebe Jaqen na passagem acima, e ele sorri e mantém um único dedo para seu rosto, para significar a sua responsabilidade.[41]

Arya tem medo de ser reconhecida quando Petyr Baelish visita Lorde Tywin, mas ele não diz nada. Tywin pega ela lendo uma carta detalhando de seus movimentos e de suas tropas e pergunta onde ela aprendeu a ler. Ela o distrai, perguntando sobre sua própria infância e rouba a carta. Ela é pega transportando-a por Sor Amory. Ela consegue escapar dele e nomeia ele como sua próxima vítima para Jaqen. Jaqen mata-o antes dele ser capaz de expor o roubo.[42] Tywin acredita que ele foi uma vítima de um traidor, e começa uma investigação brutal, ordenando a morte de dezenas de seus próprios homens. Ele ordena a Sor Gregor que destrua a Irmandade Sem Bandeiras, acreditando que eles são os responsáveis ​​pelo assassinato. Tywin fala com Arya sobre a importância do legado e da destruição de Harrenhal durante a Guerra da Conquista. Suas suspeitas são intensificadas por seu próprio conhecimento da histórico.[43]

Tywin decide deixar Harrenhal para batalhar contra o exército de Robb nas Terras Fluviais. Ele faz de Gregor castelão e deixa Arya para servi-lo. Arya procura Jaqen, com a intenção de nomear Tywin para proteger Robb, mas não é capaz de encontrá-lo a tempo. Quando ele retorna da patrulha ela lhe pede para ajudá-la a fugir e ele se recusa, dizendo que não fazia parte do seu acordo. Ela diz para Jaqen o nome do mesmo em resposta, recusando-se tirar o nome a menos que ele ajude a ela. Jaqen mata vários guardas naquela noite, permitindo que Arya saia do castelo com Gendry e Torta Quente.[44]

Quanto o trio começa a andar pelas Terras Fluviais, eles são surpreendidos por Jaqen, que parece surgir do nada. Arya se aproxima dele sozinha e pergunta como ele matou os homens, expressando seu desejo de aprender suas habilidades de assassinato. Ele se oferece para levar Arya até Bravos (cidade natal de seu instrutor de "dança", Syrio Forel) para treinar com os Homens sem Rosto. Ela se recusa, dizendo que ela precisa encontrar sua família em primeiro lugar, incluindo Sansa. Jaqen dá Arya uma moeda única, explicando que para ela ir treinar em Bravos, ela só precisa dar a moeda a qualquer homem de Bravos e recitar palavras Valar Morghulis". Jaqen muda o rosto e se despede de Arya, que está surpreendida.[45]

Terceira Temporada

Arya durante a Terceira Temporada.

Arya, Torta Quente e Gendry continuam viajando até Correrrio. Eles acabam sendo capturados pela Irmandade Sem Bandeiras, que os confundem como refugiados de guerra. Eles são levados para uma pousada local onde eles são alimentados. Assim que eles estão prestes a sair, Sandor Clegane é trazido como um cativo . Ele, então, revela a verdadeira identidade de Arya.[46]

Torta Quente fica para trás na pousada, enquanto Gendry e Arya são levados até o Comandante da Irmandade em seu esconderijo nas Terras Fluviais.[47] Quando Clegane é trazido diante de Lorde Beric, ela o acusa pelo assassinato de Mycah. Então, um julgamento por combate é ordenado por Beric.[48] Arya clama pela morte de Clegane, mas no final o Cão domina e mata Dondarrion, que é, então, ressuscitado pelo Sacerdote Vermelho Thoros de Myr. Como o vencedor, o Cão é declarado inocente e libertado, para grande desgosto de Arya.[49]

Mais tarde, Arya questiona o motivo de Gendry estar reparando a armadura de Dondarrion e tenta convencê-lo a ir com ela e lutar por seu irmão. Gendry responde que está cansado de servir senhores e quer lutar para proteger os plebeus para fazer parte da Irmandade, em que todos os membros são iguais, comparando-os a uma família. Arya, diz que ela poderia ser sua família. Gendry aponta suavemente que, se ele for com ela, nunca seriam uma família: ele ainda seria um plebeu e Arya seria "sua senhora".[49]

Arya sussurra o nome de Thoros de Myr em sua espécie de oração e lista de morte. Thoros revela que vai levá-la para Correrrio à sua família, em troca de uma recompensa. Thoros admite que Beric gostaria de devolvê-la a sua família sem qualquer resgate em respeito pela memória de seu pai, mas eles precisam de ouro. Beric se junta a eles e lembra que ele entende que ela está brava com ele por liberar o Cão. Arya pergunta por que ele iria libertar um homem que quase o matou, e Dondarrion e Thoros revelam que Beric estava realmente morto, mas foi ressuscitado pelo Senhor da Luz, mostrando-lhe os ferimentos letais que ele sofreu nas mãos dos soldados Lannister, incluindo Gregor Clegane. Arya pergunta a Thoros se ele poderia ressuscitar um homem sem cabeça. Ambos os homens entendem que ela está falando sobre seu pai e a dizem que não tem certeza de que seria possível. Beric, então, revela que a cada vez que ele foi ressuscitado ele foi perdendo memórias e acrescenta que Ned Stark era um bom homem a quem ele admirava, mas ele não acha que seria o ideal ele voltar a vida. Arya responde que, pelo menos, ele estaria vivo.[49]

Arya e Melisandre, em The Climb.

Anguy treina com o arco junto de Arya. Arya percebe alguém atrás de seu alvo, que é revelado ser Melisandre e um pequeno grupo de homens de Stannis Baratheon. Melisandre diz que a Irmandade tem alguém necessário para o Senhor da Luz, e logo depois seus homens tomam Gendry em sua custódia. Arya protesta, principalmente quando ela vê que Melisandre deu para Irmandade dois pesados ​​sacos de ouro em troca. Ela confronta a sacerdotisa vermelha, chamando-a de bruxa. Melisandre ignora o xingamento e olha nos olhos de Arya. Ela vê o futuro de Arya, e diz que elas vão se encontrar novamente.[50]

Mais tarde, no esconderijo, Arya está desiludida com a Irmandade por vender Gendry, e rejeita o argumento de Dondarrion que era a vontade do Deus único e verdadeiro, e Arya diz que ela só acredita na Morte. Quando Dondarrion decide adiar a entrega de Arya em Correrrio para atacar um grupo de soldados Lannister, Arya com raiva chama-os de hipócritas e foge. Antes que ela chegue muito longe, no entanto, ela é raptada por Sandor Clegane, que estava esperando por ela.[51]

Algum tempo depois, agora uma cativa do Cão de Caça, Arya pega uma pedra e fica sobre o Cão, pretendendo atacá-lo. Ela acha que ele está dormindo e é completamente vulnerável. Mas ele abre os olhos e diz que ela tem uma chance de acertá-lo e matá-lo, e se ela falhar, ele vai quebrar suas mãos. Mais tarde, ela se senta no cavalo com ele, carrancuda, e recusa a comida que ele lhe oferece. Sandor aponta que, embora ela o odeie, Arya poderia ter sido tratada muito pior. Ele diz a ela a história de Sansa e quando os homens que estavam indo estuprá-la em todas as direções, eem seguida, cortaram sua garganta e a deixaram para morrer. Arya diz que ele está mentindo, mas Sandor diz: "Pergunte a sua irmã, se você nunca vê-la novamente". Eles chegam em um rio que Arya inicialmente pensa ser o Água Negra. O Cão aponta que o rio é o Ramo Vermelho do Tridente. Arya tinha acreditado que iria ser levada de volta para Porto Real, mas ele revela que ele está, de fato, levando-a para As Gêmeas, com a intenção de obter uma recompensa por levá-la de volta para sua família. O casamento de seu tio é iminente e tanto seu irmão e sua mãe estarão nas Gêmeas.[52]

No caminho para As Gêmas, Arya e Sandor se deparam com um agricultor que também está indo para o casamento nas Gêmeas, mas sua carroça está danificada. Sandor levanta o vagão e a repara, e logo depois o Cão lhe dá um soco e derruba-o inconsciente. Sandor pretende matar o agricultor com um punhal, quando Arya implora para ele que não, e Sandor cede. O agricultor acorda, e Arya o nocauteia novamente com mais um golpe na cabeça. Eles chegam na área das Gêmeas e Arya nervosamente olha em direção ao acampamento Stark. Sandor diz a Arya que ela está visivelmente com medo de que algo possa acontecer para arruinar seu reencontro com sua família. Arya diz a Sandor que ele estava visivelmente com medo da espada flamejante de Beric Dondarrion, e que ela sabe o que o irmão de Sandor fez com ele quando eram crianças. Sandor provoca Arya sobre a execução de seu pai, e em seguida, Arya diz a Sandor que um dia ela vai esfaqueá-lo através de seu olho, e na parte de trás do crânio.[53]

Arya depois de matar um soldado Frey, em Mhysa.

Arya e Sandor chegam nas portas das Gêmeas, disfarçado como um fazendeiro e sua filha. Sandor fala para um guarda Frey que eles têm carne de porco salgada para a festa de casamento, mas o guarda diz-lhes a festa acabou e ordena que eles vão embora. Arya então foge de Sandor e se esconde perto de uma mesa de homens Stark. De repente, soldados saem do castelo e matam os homens Stark. Arya ouve Vento Cinzento uivando dentro de uma gaiola de madeira, mas quatro besteiros saem do castelo e matam o lobo gigante antes que ela possa libertá-lo. Depois de deixar os besteiros, Arya tenta entrar no castelo, mas é interrompida por Sandor, que diz que é tarde demais para fazer qualquer coisa. Arya se esforça para entrar no castelo mesmo assim , então Sandor bate em sua cabeça e a deixa inconsciente. Ele a leva pra longe, percebendo que qualquer tentativa de intervir neste momento seria um suicídio.[53]

Sandor monta seu cavalo com ela, e pega uma bandeira Frey para ficar em segurança, enquanto ele tenta escapar através do caos. Ambos testemunham os soldados Frey e Bolton desfilando com o cadáver mutilado do irmão de Arya, com a cabeça de Vento Cinzento anexada ao corpo de seu irmão. Arya e Sandor então fogem do castelo a cavalo, enquanto o exército Stark é massacrado durante o Casamento Vermelho. Apesar de andar para um destino desconhecido, Arya e Sandor se deparam com um grupo de quatro soldados Frey comendo em uma fogueira. Eles estão zombando da morte da mãe de Arya, enquanto um dos soldados descreve o processo de costura da cabeça de Vento Cinzento ao corpo de Robb Stark. Arya, em seguida, desmonta do cavalo de Sandor e lentamente vai até as costas do soldado. Ele se vira e pergunta o que ela quer, e ela diz que quer manter o calor e está com fome. Os soldados rudemente dizer-lhe para ir embora, então ela diz que tem dinheiro, e mostra-lhes a moeda bravosiana dada a ela por Jaqen H'ghar. Ela deixa cair de propósito a moeda, e quando o soldado se abaixa para pegá-la, ela o apunhala repetidamente na parte de trás do pescoço com uma faca. Os outros três homens tiram a sua arma, mas Sandor aparece e mata todos os três com facilidade. Sandor pergunta a Arya como ela tem uma faca, e ela diz que tomou dele. Sandor pergunta se este é o primeiro homem que ela já matou, e Arya diz que é. Arya pega a moeda com os dedos ensanguentados e sussurra: "Valar Morghulis".[54]

Quarta Temporada

Sandor Clegane decidiu agora levar Arya até sua tia, Lysa Tully, no Ninho da Águia, onde ele pode obter uma recompensa. Arya está descontente com este acordo e quer um cavalo para que ela possa ficar a uma certa distância do Cão no resto de sua jornada. O Cão argumenta que ele não quer que ela fique fora de sua vista e dando-lhe um cavalo podia lhe proporcionar a chance de escapar. Eles param perto de uma taverna e Arya sugere que eles ataquem os soldados Lannister. Ela reconhece um deles como Polliver, aquele que insensivelmente esfaqueou Lommy Mãos-Verdes através do pescoço com sua própria espada, Agulha. Ela vê Agulha, ainda no cinto de Polliver e está determinada a recuperá-lo. Quando Arya e o Cão estão na taverna, Polliver olha desconfiado. Arya fica preocupada, porque acha que Polliver a reconheceu, mas é o Cão que ele reconhece. O Cão e Polliver tem uma conversa que leva a uma grande briga na taverna. O Cão mata todos os homens, exceto Polliver. Ele tenta se esgueirar por trás dele, mas Arya o apunhala pelas costas e pega Agulha. Ela imita o que Polliver disse antes dele matar Lommy. Polliver não entende o que ela está falando, até que ela diz: "Uma pequena lâmina fina. Acho que vou limpar meus dentes com ela". Quando Polliver percebe quem ela é, Arya enfia Agulha na sua garganta e ele morre da mesma forma que Lommy morreu, fazendo Polliver a primeira pessoa que ela matou da sua lista de matança.[55]

Arya brigando com o Cão, após ele roubar a prata de um fazendeiro, em Breaker of Chains.

Arya e o Cão estão parando para alimentar os seus cavalos, e Arya pensa que eles estão perdidos. Arya pergunta a Sandor o que ele pretende fazer depois que ele levar Arya para o Ninho, e ele diz que pode juntar-se aos Segundos Filhos. Um fazendeiro e sua filha aparecem e perguntam o que eles estão fazendo em suas terras. Arya conta uma história sobre o Cão ser um soldado a serviço da Casa Tully, coisa que os dá acesso à sua casa e comida. Na manhã seguinte, Arya acorda com um grito. Cão de Caça golpeou o agricultor e tomou sua prata. Arya diz a Sandor que ele é "o pior merda dos sete reinos". Em troca, ele responde: "existem merdas piores do que eu", e diz como as coisas realmente são, e que o fazendeiro e sua filha não vão sobreviver ao próximo inverno.[56]

Arya treinando com Agulha, em First of His Name.

Arya está recitando sua lista de desejo de mortes habitual, junto de uma fogueira e com o Cão de Caça tentando dormir. Depois de algum tempo recitando isso, Sando diz para ela ficar quieta. Arya responde claramente que ela não pode ir para a cama sem dizer todos os nomes. Irritado, o Cão perguntar se ela vai nomear cada pessoa em Westeros, e ela responde que são apenas "únicos que ela vai matar". Ele calmamente responde que o ódio é bom quanto qualquer outro para manter uma pessoa, e menciona que é melhor do que a maioria. Ele faz uma observação de que, se se deparar com seu irmão, ambos tirariam um nome de suas próprias listas de morte. Arya pergunta ao Cão o que ele faria se a Montanha estivesse ali no acampamento, e ele responde que ele diria a seu irmão para calar a boca e deixá-lo dormir, o que implica que Arya tem perguntado muitas coisas esta noite. O Cão pede a Arya para terminar a sua lista de morte. Ela finalmente diz que ela só tem um nome para dizer, e para surpresa de Sandor, ela diz: "Cão de Caça".[57]

No dia seguinte, Arya está praticando ao lado de um rio. Sandor, previsivelmente, tira sarro dela. Quando Arya lhe diz que ela aprendeu seu estilo de luta por Syrio Forel, a quem ela acredita ter sido morto por Sor Meryn Trant, ele zomba abertamente do bravosiano e diz que ele deve ter sido um lutador inútil. Eventualmente, ele permite que ela tenha uma chance contra ele, pelo amigo de Arya que o Cão de Caça matou, Mycah. Agulha não fura a armadura, e o Cão pega a espada. Com Agulha apontada garganta de Arya, Sandor lembra que Syrio Forel -seu professor de "dança da água"- está morto, e que as técnicas são melhor aprendidas com as pessoas que ainda estão vivas, como as pessoas de sua lista.[57]

Arya e Sandor encontram um homem morrendo em uma aldeia saqueada. Sandor dá ao homem um o presente da misericórdia ao esfaqueá-lo no coração. Momentos mais tarde, após o fim do sofrimento do moribundo, Sandor é emboscado por Dentadas, e o mesmo o morde no pescoço. Ele agarra o pescoço de Dentadas, que cai morto no chão. Rorge os encontra, e ele é imediatamente reconhecido por Arya como um dos homens no vagão de prisioneiros do grupo de Yoren. O Cão pergunta se Rorge está na lista de Arya, mas ela nega, afirmando que ela não sabe o nome dele. Sandor pergunta à Rorge o seu nome, e depois que o homem dá seu nome a eles, Arya agradece e prontamente mira Agulha no coração dele, e o mata. Sandor cinicamente comenta que ela está aprendendo.[58]

As reações de Arya e do Cão ao saberem da morte de Lysa Tully, em The Mountain and the Viper.

Depois, Sandor desajeitadamente tenta cuidar das feridas que Dentadas fez. Arya sugere que as queime, para cauterizar a ferida, mas o Cão rejeita a proposta, por causa de seu medo do fogo. Sandor confirma a história de que suas cicatrizes faciais de queimaduras foram provocadas pela ira de Gregor e como seu pai encobriu a verdade, fazendo-o sentir-se sozinho. Arya se oferece para limpar e costurar a ferida, e Sandor permite.[58]

Quando Arya e Sandor estão chegando no Ninho da Águia, Arya lamenta que ela não sinta qualquer satisfação com a morte de Joffrey, expressando desapontamento com o fato de que ela não foi nem capaz de estar presente durante o assassinato ou ser a única a matá-lo. Uma vez que eles chegam ao Portão Sangrento, Sor Donnel Waynwood informa que Lysa Arryn faleceu recentemente, o que leva a Arya a ter um ataque de risos sobre sua contínua má sorte, enquanto Sandor expressa uma mistura de choque e raiva sobre suas tentativas de coletar um resgate a ser frustrado mais uma vez.[59]

Arya parte em um navio que a levará até Bravos, em The Children.

Ao deixarem o Ninho da Águia, o Cão e Arya são encontrados por Brienne de Tarth e Podrick Payne. Brienne a princípio não sabe quem eles são, mas ao Pod falar que ele é Sandor Clegane, Brienne percebe que ela é Arya Stark. Brienne e Sandor eventualmente lutam, já que cada um deles sentem que devem ser os únicos que tem de proteger Arya. Brienne vence o duelo, depois de bater Sandor com uma pedra e derruba-lo de um pequeno penhasco. Arya, ao invés de ir com Brienne e Pod, esconde-se deles até que eles saiam. Ela, então, vai para baixo do penhasco e encontra Sandor gravemente ferido. Sandor implora a Arya que o mate. Quando Sandor vê que ela não vai fazer isso, ele diz a ela que é um nome a menos em sua lista, e que ele matou o menino do açougueiro quando ele implorou por misericórdia, e que ele deveria ter estuprado Sansa quando teve chance. Arya, ao invés de matá-lo, leva o seu dinheiro e o deixa.[60]

Arya, eventualmente, se depara com um navio se preparando para ir embora, enquanto cavalga em seu cavalo. Arya primeiro pede ao capitão para levá-la para a Muralha, como intenção de se encontrar com seu meio-irmão, Jon Snow. Quando o capitão diz a ela que ele está indo na verdade para a Cidade Livre de Bravos, sua casa, Arya mostra-lhe a moeda de ferro que Jaqen H'ghar lhe deu. Arya percebe que o capitão a está olhando com admiração, e então ela diz para ele: "Valar Morghulis". Ele prontamente acena com a cabeça e responde: "Valar Dohaeris", oferecendo-lhe uma cabine a bordo do navio. Então, o episódio termina mostrando Arya na ponta do navio, indo em direção á Bravos.[60]

Quinta Temporada

Após uma longa viagem no mar, Arya chega em Braavos. Ela fica assombrada pelo Titã de Bravos, que, segundo o capitão do navio onde ela estava, protegia a cidade desde tempos antigos. Arya diz que era só uma estátua. O capitão Terys leva Arya até a Casa do Preto e Branco, onde ele diz que ela poderá encontrar Jaqen. A menina permanece do lado de fora do prédio, esperando permissão para entrar, mas é rejeitada pelo homem velho na entrada mesmo após ela mostrar a moeda de Jaqen H'ghar e mencionar a relação dos dois. Arya permanece do lado de fora por dias, recitando o nome das pessoas que ela deseja matar, mas eventualmente descarta a moeda que tinha e começa a andar por Braavos. Enquanto caçava por pombos na cidade para comer, Arya encontra um grupo de homens que pretendem roubar a pequena espada Agulha dela. Apesar dela estar disposta a enfrenta-los, os homens fogem ao ver o velho da Casa do Preto e Branco atrás dela. Após escolta-la de volta para a Casa, Arya exige saber a identidade dele. Ele devolve para Arya a moeda que ela havia descartado e então se revela como sendo Jaqen H'ghar. Contudo, quando Arya questiona porque ele não se revelado antes ele insiste que não é Jaqen H'ghar, mas sim "ninguém", assim como todos os Homens sem Face são e diz que Arya deve se tornar "ninguém" também.

Enquanto Arya limpa o santuário da Casa do Preto e Branco, ela observa Jaqen H'ghar ajudar um homem a beber água do poço do templo. Quando o homem parte, Arya diz a Jaqen que ela quer aprender. Ele recita a frase "Valar Dohaeris", que significa "todos os homens devem servir", e acusa Arya de querer servir apenas ela mesma. Quando Arya olha para trás, ela vê o homem que bebeu a água morrer e dois sujeitos levam seu corpo para longe, ignorando Arya quando ela pergunta para onde estão levando ele. Mais tarde, Arya é abordada em seu quarto por uma mulher chamada de "Criança Abandonada", que repetidamente pergunta quem ela é, batendo nela quando ela responde de forma esperada dizendo que é "ninguém". Eventualmente, Jaqen chega e pede para a Criança Abandonada parar. Ele notou que a Arya estava para ataca-la com a Agulha e diz que Arya não pode se tornar ninguém já que ela ainda usa as roupas, a prata e a espada de Arya Stark. Para atender a esses requisitos, Arya joga fora suas roupas e prata em uma lagoa. Contudo, ela não descarta a Agulha e a esconde. Mais tarde, enquanto ela varre o chão, Jaqen escolta Arya para a câmara principal onde ela deve ajudar a Criança Abandonada do templo a banhar o corpo dos mortos. A Criança Abandonada não responde quando Arya pergunta para onde os corpos vão depois de serem limpos.

Arya e Jaqen no Salão de Muitas Faces.

Arya termina de limpar um corpo e este é levado por dois homens. Arya quer saber o que aconteceu com os corpos que ela limpa, mas a Criança Abandonada diz que ela saberá no tempo certo. Arya exige saber jogar o "jogo das faces". A Criança Abandonada diz que ela já tentou e falhou. Arya pergunta a Criança Abandonada de onde ela é e recebe como resposta "ninguém". Quando a Criança Abandonada começa a se afastar, Arya pergunta novamente quem ela é. A Criança Abandonada diz para Arya a história de que ela era filha de um lorde viúvo que havia se casado de novo e teve outra filha. Sua madrasta, para assegurar o futuro da própria filha, tentou envenenar a Criança Abandonada. Ela então fugiu e procurou ajuda dos Homens sem Rosto para conseguir vingança. A Criança Abandonada pergunta para Arya se ela acreditou na história que ela acabou de contar. Quando Arya não respondeu, envergonhada pois ela acreditou na história da Criança Abandonada, ela é mandada para retornar ao trabalho, dando a entender que para que Arya pudesse jogar o "jogo das faces", ela deveria aprender a mentir convincentemente. Mais tarde, enquanto Arya dormia, Jaqen H'ghar chega para testa-la novamente. Desta vez, quando ele perguntou quem ela era, Arya diz que ela veio para se juntar aos Homens sem Face. Arya começa a contar a história da vida dela, colocando algumas mentiras. Jaqen é capaz de identificar essas mentiras e bate na menina toda vez que ela mente. Antes dele deixa-la, ele diz que ela está mentindo, não só para ele mas para si mesma quando ela diz que odeia o Cão. Um pai triste chega com sua filha doente para a Casa do Preto e Branco, querendo acabar com o sofrimento dela. Arya conta para a garota uma história falsa sobre como ela também estava doente, mas o pai dela também a trouxe para lá e quando ela bebeu a água do poço do templo ela foi sarada, persuadindo a garota a beber a água envenenada do poço. A garota morre e Arya, provando que ela consegue mentir, é levada ao Salão das Faces por Jaqen. Todas as faces foram removidas dos corpos que eram lavados no templo. Ele então pergunta a Arya se ela está pronta para abandonar quem ela é e se tornar "ninguém". Após um momento de silêncio, ele diz que Arya não está para se tornar "ninguém", mas ela estava pronta para se tornar "outra pessoa".

A primeira missão de Arya era se passar como comerciante de marisco para estudar seu alvo chamado de "O Homem Magro". Antes do assassinato, Arya é distraída quando alguém menciona o nome de um homem na lista dela: Meryn Trant. Ela o vê no cais e o segue. Ele está lá como escolta para o lorde Mace Tyrell em seu caminho para o Banco de Ferro. Naquela noite, Arya segue Trant e outros guardas até um bordel. Ela descobre então que Trant gosta de garotas jovens e volta para a Casa do Preto e Branco e reporta que sua missão de matar O Homem Magro falhou, mas ela vai tentar novamente no dia seguinte.

Na noite seguinte, Trant está escolhendo garotas no bordel e constantemente abusa delas. Duas das três garotas choram e quebram sob os abusos, mas a terceira garota fica quieta. Trant dispensa as outras duas e continua a bater na terceira, mas ela parece não se importar. A garota então retira sua face e se revela como sendo Arya. Ela então fura com uma faca os olhos de Trant e o esfaqueia no peito. Ela zomba dele e diz que ele é o primeiro nome a ser riscado da lista da morte dela. Ela pergunta se ele se lembra de Syrio Forel, que foi morto por ele anos antes em Porto Real. Ela então pergunta se ele a reconhece, mas Trant está com tanta dor e em choque que não responde. Ela então fala seu nome para ele, Arya Stark, e abre a garganta dele.

Arya retorna para a Casa do Preto e Branco e devolve a face que ela roubou do mural. Porém ela é flagrada por Jaqen e pela Criança Abandonada. Eles estavam descontentes com Arya pois ela desafiou o Deus de Muitas-Faces ao matar alguém que ela não deveria. A Criança Abandonada segura Arya e Jaqen pega um frasco com veneno e diz: "Apenas morte pode pagar pela vida". Arya imagina que será envenenada mas o próprio Jaqen toma o veneno e morre. Arya fica em choque e sente pesar pela morte do amigo. A Criança Abandonada questiona o porque dela estar sofrendo. Quando Arya olha para atrás, Jaqen está ali de pé. Confusa, Arya vai retirando as faces do cadáver que ele pensava ser do amigo, até que ela vê o próprio rosto. Os olhos de Arya ficam brancos e ela fica cega, como punição.

Sexta Temporada

Agora cega, Arya passa a posar como uma mendiga como parte do seu treinamento. Algum tempo depois ela é abordada pela Criança Abandonada. Ela joga uma vara para Arya e as duas lutam, mas a Criança Abandonada acaba espancando ela. Nada impressionada, ela deixa Arya, prometendo retornar no dia seguinte.

Assim como havia prometido, a Criança Abandonada retornou no dia seguinte e perguntou para Arya quem ela era. Quando Arya responde "ninguém", a Criança Abandonada não acredita e volta a bater na Arya. Arya fica cada vez mais enraivecida, mas seu cajado é detido pelas mãos de Jaqen H'ghar, que pediu para ela dizer qual era o nome dela. Quando a Arya responde "uma garota não tem nome", ela consegue impressionar Jaqen o suficiente para ele permitir que ela retorne para a Casa do Preto e Branco.

Arya e sua espada Agulha pronta para enfrentar a Criança Abandonada.

De volta no templo, Arya prossegue com seu treinamento e luta diversas vezes com a Criança Abandonada. Ela aprende com o tempo como lutar, apesar da sua cegueira. Ela também conta para a Criança Abandonada sobre sua história e sua lista de mortes. Com Arya mostrando progressos, Jaqen lhe dá o copo de água do poço do templo e diz que se ela realmente agora é 'ninguém' ela não deve ter medo. Ela bebe a água e ganha sua visão de volta.

Arya então recebe uma nova missão. Ela é incumbida de assassinar uma atriz chamada Lady Crane. Jaqen a alerta falando que ela recebeu uma segunda chance, mas não haverá uma terceira. Ela então vê a atriz atuando em sua peça, onde ela, Lady Crane, interpreta Cersei. Logo depois, Arya nota que outra atriz, Bianca, tem muita inveja de Lady Crane.

Após assistir a peça mais uma vez em outra ocasião, Arya vai até os bastidores e envenena o rum de Crane. Quando está retornando, Lady Crane a nota e as duas conversão um pouco sobre a peça. Arya sugere que a resposta da personagem Cersei a morte do filho não era só sofrimento, mas também raiva. Após perguntar se Arya gosta de fingir ser outra pessoa, Crane tenta expressar a opinião de Arya para o resto da trupe, mas os outros atores não gostam. Ela então tenta beber o rum envenenado mas Arya a impede e culpa Bianca.

Sem o conhecimento de Arya, a Criança Abandonada a seguiu e descobriu que Arya não cumpriu sua missão. Ela reporta o fracasso de Arya para Jaqen, que dá permissão para mata-la mas sem sofrimento desnecessário. Enquanto isso, Arya recupera a sua espada Agulha do lugar que havia escondido e se prepara para se defender, presumindo que seu fracasso faria com que os Homens sem Face fossem atrás dela.

Logo em seguida, Arya suborna um mercador westerosi para voltar para casa e deixar Essos. Contudo, ela é atacada e repetidamente esfaqueada na barriga pela Criança Abandonada, mas acaba escapando com vida, ainda que mortalmente ferida e delirante.

Arya executando sua vingança pela morte de sua família, executando o lorde Walder Frey, um dos responsáveis pelo planejamento e execução do "Casamento Vermelho".

Buscando refúgio, Arya se encontra com Lady Crane, colapsando na sua frente. Lady Crane toma conta dela, onde ela trata seus ferimentos e lhe dá novas roupas. Pouco tempo depois, Arya acorda e encontra Lady Crane morta pela Criança Abandonada. Arya então foge para as ruas de Braavos, sendo perseguida pela Criança Abandonada. Esta, por su a vez, não tem dificuldade em achar Arya devido a trilha de sangue que ela deixa para trás. Arya atrai então a Criança Abandonada para dentro de uma casa. Encurralando Arya, a Criança Abandonada pergunta se ela quier morrer em pé ou de joelhos - em resposta, Arya saca a espada Agulha, destrói vela que iluminava o local e ataca a Criança Abandonada, matando-a (fora de tela). Ela então remove a face dela e leva para o Salão de Muitas Faces.

Sabendo que havia sido Jaqen que mandou a criança abandonada mata-la, Arya aponta a Agulha para ele de forma acusatória, apesar de Jaqen não se mostrar preocupado. Ele diz que ela finalmente se tornou "ninguém", afirmando que Aryia havia finalmente se tornado um Homem Sem Face. Em resposta, ela reafirma que não é "ninguém" e que ela sempre seria Arya Stark de Winterfell. Ela então baixa sua espada e deixa o templo do Deus de Muitas Faces, retornando para Westeros, sua casa. Jaqen não a persegue, sorrindo enquanto ela parte.

Finalmente chegando em Westeros, Arya viaja para As Gêmeas onde ela se disfarça de empregada do castelo. Após Jaime Lannister e seus soldados partirem da região, Arya assassina Lothar Frey e Walder Rivers, que eram os responsáveis pela morte de Talisa Maegyr e sua mãe Catelyn Stark respectivamente. Ela então cozinha uma torta e bota os restos mortais dos dois na comida e serve para o lorde Walder Frey no salão de jantar do castelo. Ela então retira a mascara de serviçal e se revela como sendo Arya Stark e corta a gargante de Lorde Walder, executando sua vingança, rindo enquanto o vê morrer.

Aparições

Aparições na 1ª Temporada de Game of Thrones
You Win or You Die
Aparições na 2ª Temporada de Game of Thrones
Blackwater
Aparições na 3ª Temporada de Game of Thrones
Valar Dohaeris
Aparições na 4ª Temporada de Game of Thrones
The Lion and the Rose Oathkeeper
The Laws of Gods and Men The Watchers on the Wall
Aparições na 5ª Temporada de Game of Thrones
The Wars to Come Sons of the Harpy Kill the Boy
The Gift
Aparições na 6ª Temporada de Game of Thrones
Book of the Stranger
Battle of the Bastards
Aparições na 7ª Temporada de Game of Thrones
The Queen's Justice
The Dragon and the Wolf - - -

Arya e a Morte

Arya apunhala Cócegas várias vezes com raiva, até que o Cão a para. Por Mathia Arkoniel ©

Durante sua jornada, Arya enfrentou uma série de situações difíceis em torno da guerra nas Terras Fluviais. Sua personalidade impetuosa leva-a a tomar a iniciativa e se vingar, e por isso ela é levada a matar e, finalmente, querer assassinar personagens específicos ela mesma. Isso acaba a partir de O Festim dos Corvos, quando ela passa a ser uma assassina estagiária em Bravos. Ela continua, no entanto, a repetir para si mesma os nomes das pessoas que ela deseja mortas. Alguns nomes são adicionados conforme ela evolui na história, e outros são descartados quando o personagem morre ou torna-se mais próximo dela. Ela chama isso de oração, e a termina com as palavras Valar Morghulis. Os nomes são:

Mortos
Vivos
Removidos

Arya afirmou que ela teria acrescentado o nome dos Frey para a lista após o Casamento Vermelho, mas ela não sabia os nomes das pessoas responsáveis ​​pela morte de seu irmão.

Ela também matou algumas pessoas que não estavam na sua lista:

Ela também iniciou e participou junto de Jaqen H'ghar, Rorge e Dentadas, de um evento que seria lembrado como "Sopa de Doninha" (Doninha era o nome que ela usava na época), que resultou na morte de oito carcereiros de Harrenhal.[12]

Citações

Citações de Arya

Ligeira como uma corça. Silenciosa como uma sombra. O medo golpeia mais profundamente que as espadas. Forte como um urso. Feroz como um glutão. O medo golpeia mais profundamente que as espadas. O homem que teme perder já perdeu. O medo golpeia mais profundamente que as espadas. O medo golpeia mais profundamente que as espadas. O medo golpeia mais profundamente que as espadas.[6]
— O pensamento de Arya após ela fugir de Sor Meryn, que estava lutando com Syrio Forel.
Não foi Harren, fui eu. Sou o fantasma de Harrenhal.[61]
— O pensamento de Arya após a morte de Chiswyck.
Sim. Sim, são vocês que deveriam fugir, vocês e Lorde Tywin, a Montanha, Sor Addam, Sor Amory e o estúpido do Sor Lyonel, seja ela quem for. É melhor que todos vocês fujam ou meu irmão vai matá-los, ele é um Stark, é mais lobo do que homem, e eu também.[62]
— O pensamento de Arya, após ouvir uma conversa de arqueiros em Harrenhal.
Lembrava-se de seu pai ter dito, havia muito tempo, que, quando os ventos frios sopram, o lobo solitário morre e a alcateia sobrevive. Ele entendeu tudo ao contrário. Arya, a loba solitária, sobreviveu, mas os lobos da alcateia tinham sido capturados, mortos e esfolados.[21]
— Arya pensando sobre a família junto com Denyo no Filha do Titã, á caminho de Bravos.
Sor Gregor, Dunsen, Raff, o Querido, Sor Ilyn, Sor Meryn, Rainha Cersei. Valar Morghulis.[22]
— O última versão da "oração" de Arya, logo após assumir a identidade de Gata dos Canais.

Citações sobre Arya

Ah, Arya. Tem um ardor dentro de si, criança. Meu pai costumava chamá-lo "o sangue do lobo". Lyanna tinha um pouco, e meu irmão Brandon, mais que um pouco. E isso levou ambos a uma morte precoce.[2]
Eddard Stark para Arya, após descobrir sobre Agulha.
Um rapaz tem mais coragem do que bom-senso.[63]
Jaqen H'ghar, após Arya atacar Dentadas.
Arya sempre tinha sido mais difícil de domar.[64]
— O pensamento de Catelyn Tully após ouvir o relato da audiência de Sor Cleos Frey com Tyrion Lannister.
E Arya, bem... Os visitantes de Ned confundiam-na com frequência com um ajudante de estrebaria se chegassem ao pátio sem ser anunciados. Arya era uma provação, há que dizê-lo. Meio garoto, meio cria de lobo. Bastava proibir-lhe alguma coisa, e isso se tornava logo o maior desejo se seu coração. Possuía a face longa de Ned, e um cabelo castanho que andava sempre como se um pássaro tivesse nele feito um ninho. Desisti de tentar fazer dela uma senhora. Colecionava machucados como as outras meninas colecionavam bonecas, e era capaz de dizer qualquer coisa que lhe viesse à cabeça.[65]
Catelyn Tully falando sobre suas filhas para Brienne de Tarth.
Arya Debaixo dos Pés. Arya Cara de Cavalo. A irmã mais nova de Robb, cabelo castanho, rosto comprido, magra como uma varinha, sempre suja.[66]
Fedor, pensando em Arya.
Arya tinha os olhos do pai, os olhos cinzentos dos Stark. Uma garota da idade dela podia deixar o cabelo crescer, adicionar uns centímetros à altura, ver o seios aumentarem, mas não podia mudar a cor dos olhos. Esta é a amiguinha de Sansa, a filha do intendente. Jeyne, esse era o seu nome. Jeyne Poole. A garota se curvou. Isso estava errado também. A verdadeira Arya teria cuspido na cara dele.[67]
Fedor percebendo que a noiva de Ramsay Bolton não é a verdadeira Arya.

Família

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Benjen}
 
{Lysa Locke}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rickon}
 
{Gilliane Glover}
 
 
 
{Bennard}
 
{Margaret
Karstark}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Benjen}
 
{Brandon}
 
{Elric}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Arra Norrey}
 
 
 
 
 
{Cregan}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Lynara}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Alysanne
Blackwood}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jeyne Manderly}
 
{Rickon}
 
{Sarra}
 
{Alys}
 
{Raya}
 
{Mariah}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Sansa}
 
{Jonnel}
 
 
{Lyanna}
 
{Barthogan}
 
{Wylla Fenn}
 
{Brandon}
 
{Alys Karstark}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jon Umber}
 
{Serena}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Edric}
 
 
 
 
 
{Lonnel Snow}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Cregard}
 
Torrhen
 
{Aregelle}
 
{Robard Cerwyn}
 
{Arrana}
 
{Osric Umber}
 
{Rodwell}
 
{Myriame Manderly}
 
{Beron}
 
{Lorra Royce}
 
{Arsa}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Casa Cerwyn
 
 
 
 
 
Casa Umber
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Donnor}
 
{Lyanne
Glover}
 
{Willam}
 
{Melantha
Blackwood}
 
{Artos}
 
{Lysara
Karstark}
 
{Berena}
 
{Alysanne}
 
{Errold}
 
{Rodrik}
 
{Arya Flint}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Brandon}
 
 
{Edwyle}
 
{Marna Locke}
 
{Jocelyn}
 
{Benedict
Royce}
 
{Brandon}
 
{Benjen}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Casa Royce
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rickard}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Lyarra}
 
{Branda}
 
{Harrold Rogers}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Brandon}
 
Desconhecida
 
{Eddard}
 
{Catelyn
Tully}
 
{Lyanna}
 
Benjen
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Jon Snow
 
{Robb I}
 
Jeyne
Westerling
 
Tyrion
Lannister
 
Sansa
 
Arya
 
Bran
 
Rickon
 
 
 
 


Notas

Referências

  1. 1,0 1,1 A Tormenta de Espadas, Capítulo 3, Arya.
  2. 2,0 2,1 2,2 2,3 A Guerra dos Tronos, Capítulo 22, Arya.
  3. A Guerra dos Tronos, Capítulo 15, Sansa.
  4. A Guerra dos Tronos, Capítulo 16, Eddard.
  5. A Guerra dos Tronos, Capítulo 32, Arya.
  6. 6,0 6,1 A Guerra dos Tronos, Capítulo 50, Arya.
  7. A Guerra dos Tronos, Capítulo 65, Arya.
  8. A Fúria dos Reis, Capítulo 1, Arya.
  9. A Fúria dos Reis, Capítulo 15, Tyrion.
  10. A Fúria dos Reis, Capítulo 19, Arya.
  11. A Fúria dos Reis, Capítulo 26, Arya.
  12. 12,0 12,1 A Fúria dos Reis, Capítulo 47, Arya.
  13. A Fúria dos Reis, Capítulo 64, Arya.
  14. A Tormenta de Espadas, Capítulo 13, Arya.
  15. A Tormenta de Espadas, Capítulo 34, Arya.
  16. A Tormenta de Espadas, Capítulo 43, Arya.
  17. A Tormenta de Espadas, Capítulo 47, Arya.
  18. A Tormenta de Espadas, Capítulo 52, Arya.
  19. A Tormenta de Espadas, Capítulo 65, Arya.
  20. A Tormenta de Espadas, Capítulo 74, Arya.
  21. 21,0 21,1 21,2 O Festim dos Corvos, Capítulo 6, Arya.
  22. 22,0 22,1 O Festim dos Corvos, Capítulo 22, Arya.
  23. O Festim dos Corvos, Capítulo 34, Gata dos Canais.
  24. A Dança dos Dragões, Capítulo 45, A Garota Cega.
  25. 25,0 25,1 A Dança dos Dragões, Capítulo 64, A Garotinha Feia.
  26. The Winds of Winter, Capítulo Mercy I.
  27. 27,0 27,1 Game of Thrones, 1ª Temporada, Winter Is Coming.
  28. 28,0 28,1 Game of Thrones, 1ª Temporada, The Kingsroad.
  29. Game of Thrones, 1ª Temporada, Lord Snow.
  30. Game of Thrones, 1ª Temporada, Cripples, Bastards, and Broken Things.
  31. Game of Thrones, 1ª Temporada, The Wolf and the Lion.
  32. Game of Thrones, 1ª Temporada, A Golden Crown.
  33. Game of Thrones, 1ª Temporada, You Win or You Die.
  34. Game of Thrones, 1ª Temporada, The Pointy End.
  35. Game of Thrones, 1ª Temporada, Baelor.
  36. Game of Thrones, 1ª Temporada, Fire and Blood.
  37. Game of Thrones, 2ª Temporada, The North Remembers.
  38. Game of Thrones, 2ª Temporada, The Night Lands.
  39. Game of Thrones, 2ª Temporada, What Is Dead May Never Die.
  40. Game of Thrones, 2ª Temporada, Garden of Bones.
  41. Game of Thrones, 2ª Temporada, The Ghost of Harrenhal.
  42. Game of Thrones, 2ª Temporada, The Old Gods and the New.
  43. Game of Thrones, 2ª Temporada, A Man Without Honor.
  44. Game of Thrones, 2ª Temporada, The Prince of Winterfell.
  45. Game of Thrones, 2ª Temporada, Valar Morghulis.
  46. Game of Thrones, 3ª Temporada, Dark Wings, Dark Words.
  47. Game of Thrones, 3ª Temporada, Walk of Punishment.
  48. Game of Thrones, 3ª Temporada, And Now His Watch Is Ended.
  49. 49,0 49,1 49,2 Game of Thrones, 3ª Temporada, Kissed by Fire.
  50. Game of Thrones, 3ª Temporada, The Climb.
  51. Game of Thrones, 3ª Temporada, The Bear and the Maiden Fair.
  52. Game of Thrones, 3ª Temporada, Second Sons.
  53. 53,0 53,1 Game of Thrones, 3ª Temporada, The Rains of Castamere.
  54. Game of Thrones, 3ª Temporada, Mhysa.
  55. Game of Thrones, 4ª Temporada, Two Swords.
  56. Game of Thrones, 4ª Temporada, Breaker of Chains.
  57. 57,0 57,1 Game of Thrones, 4ª Temporada, First of His Name.
  58. 58,0 58,1 Game of Thrones, 4ª Temporada, Mockingbird.
  59. Game of Thrones, 4ª Temporada, The Mountain and the Viper.
  60. 60,0 60,1 Game of Thrones, 4ª Temporada, The Children.
  61. A Fúria dos Reis, Capítulo 30, Arya.
  62. A Fúria dos Reis, Capítulo 38, Arya.
  63. A Fúria dos Reis, Capítulo 5, Arya.
  64. A Fúria dos Reis, Capítulo 45, Catelyn.
  65. A Fúria dos Reis, Capítulo 55, Catelyn.
  66. A Dança dos Dragões, Capítulo 12, Fedor.
  67. A Dança dos Dragões, Capítulo 20, Fedor.