Argilac Durrandon

De Game Of Thrones BR wiki
Ir para: navegação, pesquisa
Baratheon de Ponta Tempestade.png
Argilac Durrandon
Baratheon de Ponta Tempestade.png
Informações biográficas
Apelido(s) Argilac o Arrogante
Outros títulos Rei da Tempestade
Morte ~2 DD/1 DD, em ao sul de Portabrônzea na Última Tempestade.
Família
Casa Real Casa Durrandon[1]
Predecessor Arlan V Durrandon
Herdeiro Argella Durrandon
Sucessor Argella Durrandon
Filhos Princesa Argella Durrandon
Livro(s) O Mundo de Gelo e Fogo (mencionado)
A Guerra dos Tronos (mencionado)

O rei Argilac Durrandon, também conhecido como Argilac o Arrogante, foi o último Rei da Tempestade da Casa Durrandon que reinou as Terras da Tempestade antes da conquista de Westeros por Aegon I Targaryen.

História

Quando jovem, o rei Argilac repeliu uma invasão dornesa.[1] Perto do fim do Século de Sangue, ele se uniu a aliança contra Volantis e liderou uma tropa nas Terras Disputadas, impedindo um exército de Volantis que marchava contra Myr.[1][2][3] Vinte anos mais tarde, ele matou o rei Garse VII Gardener da Campina na Batalha do Campo de Verão.[1]

Harren o negro, o Rei das Ilhas e dos Rios, havia completado sua grande fortaleza de Harrenhal e afirmava estar pronto para mais conquistas. Argilac começou a ter medo de Harren e propôs então uma aliança a Aegon Targaryen. Ele ofereceu a mão de sua filha, Argella, em casamento, e prometeu também dotes e terras (de regiões que estavam ainda sob controle de Harren). Aegon se recusou mas ofereceu, em contrapartida, o seu irmão bastardo, Orys Baratheon, para casa-lo com a filha de Argilac. Este, por sua vez, viu isso como um insulto e cortou as mãos do mensageiro e enviou de volta para Aegon, afirmando que aquelas eram "as únicas mãos que receberia". Pouco tempo depois, do seu quartel-general em Pedra de Dragão, Aegon convocou seus juramentados e reuniu um conselho de guerra com suas irmãs. Então Aegon enviou corvos para os senhores dos Sete Reinos. Ele afirmou que Westeros só tinha um rei, ele mesmo. Aqueles que dobrassem o joelho manteriam seus títulos e terras, e aqueles que resistissem morreriam. O rei Argilac se recusou a se submeter.[1]

Após desembarcar em Westeros e se proclamar rei, Aegon nomeou Orys Baratheon como o Mão do Rei (seu segundo em comando) e o enviou com sua irmã Rhaenys para tomar a fortaleza de Ponta Tempestade. Orys enfrentou feroz resistência, mas marchou em frente até o coração das Terras da Tempestade. O rei Argilac se recusou a ficar confinado no seu castelo e então reuniu suas tropas para enfrentar diretamente seus invasores. Ele atacou diretamente a tropa de Orys durante uma grande tempestade, numa batalha que ficou conhecida como "a Última Tempestade". Argilac tinha mais homens que Orys (quase o dobro) e conseguiu quebrar o seu flanco, mas Rhaenys e seu dragão, Meraxes, os detiveram. Orys então ficou cara a cara com Argilac e o matou em combate singular.[1]

Com a morte de Argilac e a extinção da linhagem masculina dos Durrandon, Aegon deu a Orys Baratheon a senhoria das Terras da Tempestade e a mão da filha de Argilac em casamento. Orys manteve a bandeira, as honras e as palavras da Casa Durrandon.[1][4]

Referências

  1. 1,0 1,1 1,2 1,3 1,4 1,5 1,6 O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.
  2. A Dança dos Dragões, Capítulo 8, Tyrion.
  3. O Mundo de Gelo e Fogo, Referência errada.
  4. A Guerra dos Tronos, Referência errada.