Sansa Stark

De Game Of Thrones BR wiki
(Redirecionado de Alayne Stone)
Ir para: navegação, pesquisa
Stark.png Lannister de Rochedo Casterly.png Sansa Stark Baelish de Harrenhal.png
Sansa Stark Amoka.jpg
Sansa, por Amoka ©
Apelido(s) Pequeno Passarinho
Alayne Stone
Senhora Lannister
Título Princesa de Winterfell
Lealdade Casa Stark
Casa Baelish de Harrenhal (como Alayne)
Cultura Nortenha
Esposa(o) Tyrion Lannister
Nascimento Em 287 d.C., em Winterfell
PDV
PDV
PDV
PDV
Mencionada
Outros

GoT Logo.jpg
Interpretado(a) por Sophie Turner
Aparições 1º Temporada | 2º Temporada | 3º Temporada | 4º Temporada | 5º Temporada | 6º Temporada | 7º Temporada
Sophie Turner como Sansa Stark na série de TV.
Sansa e seu príncipe charmoso, Joffrey.
Sansa implorando pela vida de seu pai a Joffrey.

Sansa Stark é a filha mais velha de Catelyn e Eddard Stark. Ela tem três irmãos (Robb, Bran e Rickon), e uma irmã mais nova, Arya, além de um meio-irmão bastardo, Jon Snow. Sansa Stark é uma das personagens PDV principais dos livros. Na Série de TV, ela é interpretada pela Sophie Turner.

Tabela de conteúdo

Aparência e personalidade

Sansa é tradicionalmente bonita, puxando a família de sua mãe, os Tully, com suas grandes maçãs do rosto, olhos azuis vívidos e cabelos ruivos espessos. Ela tem onze anos no começo dos livros. Já crescida, ela é descrita como alta, elegante e feminina. [1]

Sansa foi criada para ser uma dama, e possui as tradicionais graças femininas de seu meio, com um interesse especial em música, poesia, cantoria, dança, bordado, e outras atividades tradicionais femininas. Como várias garotas de sua idade, Sansa é encantada por cantos e histórias de romance e aventura, principalmente aquelas com princesas belas, cavaleiros honráveis, cavalheirismo, e amor. [1] Inicialmente, essas canções e histórias eram a visão de Sansa sobre o mundo além de Winterfell, um mundo que ela deseja desesperadamente conhecer, mas depois ela foi desiludida de suas noções românticas inocentes.

A relação de Sansa com sua irmã Arya é geralmente tensa, e as duas são opostas na maioria dos aspectos. Ela foi brevemente acompanhada por uma filhote de lobo gigante chamada de Lady. Ela gosta de tortas de limão.

História

Sansa é a filha mais velha e a segunda criança da Senhora Catelyn e do Lorde Eddard Stark, chefe da Casa Stark e Protetor do Norte. Ele nasceu e foi criada em Winterfell. Aos onze anos, ela aprende seus deveres como uma filha nobre e é ensinada pela septã Mordane nas artes tradicionais femininas. Sansa tem uma irmã mais nova, chamada Arya. Ela tem um irmão mais velho, Robb, e dois irmãos mais novos, Bran e Rickon. Ela tem um meio-irmão bastardo, Jon Snow.

Eventos recentes

Info Aviso: Esta seção contém revelações sobre o enredo (spoilers).

A Guerra dos Tronos

Com o apontamento de seu pai como Mão do Rei, Sansa fica maravilhada com expectativa de vida na corte em Porto Real e está feliz pelo seu noivado com o lindo Príncipe Joffrey. Em sua viagem até a capital, corteja Sansa pela insistência de sua mãe. Os dois estão andando juntos quando eles encontram sua irmã Arya brincando de espadas com um garoto chamado Mycah. Joffrey desembainha sua espada e ameaça Mycah, mas Arya luta com ele; sua loba gigante Nymeria desarma-o e o machuca superficialmente. [2] Mais tarde contando o fato para o Rei Robert, Arya conta a verdade enquanto Joffrey mente, dizendo que Mycha, Arya, e Nymeria o atacaram, sem nenhuma provocação. Sansa, desejando não trair seu futuro marido, mente, e se recusa a confirmar nenhuma das histórias, afirmando que não se relembra. Cersei Lannister usa a oportunidade para insistir que o lobo gigante que atacou seu filho seja morto. Arya, tendo antecipado isso, fez com que Nymeria fugisse; e como resultado, para amenizar a rainha, a loba gigante de Sansa, Lady, é morta. [3]

Em Porto Real, briga com sua irmã, colocando a maior culpa em Arya pela morte de sua loba gigante. Ela continua apaixonada por Joffrey, em grande parte com vista para seus balanços de modo violento, e desenvolve uma relação próxima com a Rainha Cersei também. Indo ao Torneio de celebração do apontamento de seu pai como Mão, ela tem muitas de suas noções de cavalheirismo e o valor dos cavaleiros reforça, vendo os eventos como digno de uma de suas histórias favoritas. Ela desenvolve uma paixão por Loras Tyrell, o Cavaleiro das Flores; quando ele lhe dá uma bela rosa vermelha, ela está certa de que vive em uma canção romântica. [4]

Após o pai descobrir a verdade sobre os pais de Joffrey e dizer as suas filhas que ele está retornando elas até Winterfell, Sansa, de forma desafiadora, corre para a Rainha e diz para ela os planos de seu pai, alegando que ela talvez pudesse ser permitida ficar e se casar com Joffrey. Ao fazer isso, involuntariamente, ajuda Cersei no plano contra seu pai. [5][6] Após a prisão de Lorde Eddard, Sansa é forçada a chamar seu pai de traidor. Ela implora na frente do rei e dos seus guardas por misericórdia. Joffrey, agora rei após a morte de Robert, promete ser misericordioso, mas nas escadas do Septo de Baelor ele ordena a execução de Eddard enquanto Sansa observava sem fazer nada.

Mesmo após Ned ser decapitado, Cersei declara que Joffrey deveria ainda ser casado com Sansa após sua floração. Sansa, agora horrorizada com a perspectiva e só quererendo voltar para casa, no entanto, não tem escolha a não ser permanecer em Porto Real durante a deterioração da situação, como refém, e denunciar o pai e o irmão como traidores.

A Fúria dos Reis

Agora efetivamente como uma refém na Fortaleza Vermelha, Sansa se arma com suas cortesias como uma senhora e obedientemente denuncia sua família como traidores e pede a paz para eles. Joffrey frequentemente ordena que ela seja espancada pela Guarda Real como punimento por as ações de seu irmão Robb em sua rebelião. Em uma ocasião, ele ordenou que ela tivesse suas roupas retiradas na corte, e em outra ele mostrou a cabeça de seu pai, que havia sido colocada em um espigão na Fortaleza Vermelha. Isso leva ela a pensar em matá-lo, mas a ação é impedida por Sandor Clegane, que vê sua intenção, e subitamente impede ela.

No torneio de celebração do dia do nome de Joffrey, onde havia apenas uma pequena multidão e poucos competidores, ela realiza que ela perdeu suas noções românticas sobre cavalheirismo e amor cortês. No torneio, um cavaleiro chamado Sor Dontos Hollard se envergonha ao aparecer bêbado para competir. Joffrey decidi que ele deveria ser morto, causando uma Sansa horrorizada ao falar sem pensar. Antes que Joffrey pudesse atacá-la por contradizê-lo, Sansa inventa uma mentira convincente, que é apoiada por Sandor Clegane; Sansa também implora com sucesso com o rei para ele poupar Dontos. Um Joffrey apaziguado, retira seu título de cavaleiro e faz dele um bobo da corte, como Sansa sugeriu. [7]

Tyrion Lannister trata ela com uma surpreendente gentileza, e sua chegada na cidade e a sua posição como Mão do Rei deve por um fim aos abusos evidentes direcionados a Sansa. Sansa também desenvolve uma relação única com Sandor, que apesar de suas palavras bruscas e o comportamento hediondo, a trata com gentileza e se recusa a bater nela sob o comando de Joffrey. Ele zomba dela por sua natureza ingênua mas simpatiza com sua situação. Sandor salva sua vida durante o Tumulto de Porto Real. Tyrion entra em pânico quando ele pensa que ela foi perdida durante o tumulto, quando seu escudo juramentado a abandona para se salvar.

Uma noite, Sansa encontra um bilhete em seu quarto, pedindo para ela ir até ao Bosque Sagrado se ela quiser ir para casa. O bilhete é de Dontos, que promete que há um plano em andamento para liberar ela dos Lannister e a levar de volta até Winterfell. Desconfiada de uma armadilha, ela, no entanto, concorda com a promessa Dontos, que por sua vez, aconselha paciência e perseverança. [8] Fingindo uma fé aos Deuses Antigos, Sansa faz viagens frequentes ao Bosque Sagrado para se reunir com Dontos, primeiro vendo ele como um salvador galante que busca redenção pela a vergonha que ele trouxe sobre si mesmo, embora ela finalmente chega a duvidar de sua competência.

Com a aproximação do exército de Stannis Baratheon à cidade, Sansa tem sua primeira floração, fazendo dela oficialmente uma mulher. [9] Durante a Batalha da Água Negra, Sansa se refugia com muitas outras senhoritas da corte no Grande Septo de Baelor, onde ela permanece forte e tenta acalmar a maioria das outras mulheres assustadas, apesar das palavras amargas e cínicas de uma Cersei bêbada, que gastou seu tempo cortando Sansa e as outras senhoritas antes de sair. Após a batalha, Sandor Clegane, que havia sido abalado psicologicamente depois da luta, bêbado, oferece a Sansa a chance de fugir com ele da cidade. Ela recusa, e ele faz ela cantar sob a ameaça de uma faca. [10]

Após a vitória Lannister, é anunciado o fim do noivado de Sansa com Joffrey, por causa da aliança da coroa com a Casa Tyrell, incluindo um pacto de casamento com Joffrey e Margaery Tyrell. Joffrey garante que ele ainda vai tê-la sexualmente, dizendo que um rei pode levar quem ele quiser para a cama. Sansa continua em Porto Real, ainda como uma refém dos Lannister; Dontos assegura que o plano de levá-la para casa ainda está ativo após o casamento, dando a ela uma rede para cabelos adornada com ametistas roxas. [11]

A Tormenta de Espadas

Sansa é convidada a jantar com Margaery Tyrell e sua avó Olenna Redwyne. Ela é escoltada até o jantar por Loras, que lhe tira o fôlego com toda sua beleza e elogios. Ela menciona o corrido da flor que ele a deu no torneio em honra de seu pai, mas ele aparenta ter esquecido dela e da flor. Ela tenta conversar mais com ele, mas inadvertidamente, ofende Loras dizendo que deve ter sido difícil para sua irmã que Renly estava morto, sem saber que eles eram amantes. Loras deixa ela no jantar, onde ela é calorosamente recebida pelas mulheres Tyrell. Durante o jantar, Olenna tenta saber mais sobre Joffrey; com alguma persuasão e do arranjo de uma distração para evitar qualquer espiões ouçam por acaso, Sansa confessa para elas que Joffrey é um monstro e implora para Margaery que não se case com ele. Margaery insiste de que ela estará a salva com seu irmão Loras, que agora era da Guarda Real, e afasta as preocupações. As mulheres Tyrell levantam a possibilidade de Sansa ser libertada de Porto Real e lavada até Jardim de Cima para se casar com o herdeiro Tyrell, Willas. Willas é um aleijado, mas ele é gentil, inteligente e capaz. Sansa concorda prontamente, ansiosa para estar livre dos Lannister, e vira amiga de Margaery por um tempo. [12]

Ela compartilha com Dontos o planos dos Tyrell, e Dontos aconselha contra o plano, notando temerosamente de que os Tyrell não são tão gentis quanto parecem. Sansa, frustrada com a aparente falta de progresso nos supostos planos de Dontos, ignora seus avisos. No entanto, ele informa ao seu impregador Petyr Baelish sobre o plano, que informa os Lannister. Desejando não perder sua refém, Tywin Lannister age rapidamente para casar Sansa com Tyrion Lannister, indo contra a vontade de ambos. Sansa, agora aos treze anos, tenta o máximo para esconder seus sentimentos sobre seu marido duende desfigurado, permanecendo cortês com ele, apesar de seu desgosto com a sua aparência física. Tyrion não exige que ela consuma o casamento, o que Sansa é grata, especialmente depois de saber da morte de seu irmão e da mãe no Casamento Vermelho.

Dontos insiste que Sansa use a rede para cabelos que ele deu para ela há um tempo, no casamento entre Joffrey e Margaery, o que ela faz. Quando Joffrey engasga e morre durante o banquete do casamento, Sansa foge e se encontra com Dontos. Ele leva ela para um barco, que leva ela até um navio, onde Petyr Baelish cumprimenta ela. Baelish explica para Sansa que a morte de Joffrey foi devido a um veneno que foi contrabandeado para o banquete, disfarçado de uma de suas ametistas em sua rede para cabelos, e divide com Sansa alguns dos detalhes de seu plano com Olenna Redwyne para matar Joffrey. Mindinho também mata Dontos e o despeja no mar, explicando que ele cumpriu sua parte muito bom, já que um bêbado como Dontos nunca seria confiado a manter tantas informações importantes guardadas por muito tempo.

Levando Sansa com ele até suas míseras terras pessoas, o original 'dedo mindinho' de uma terra no Vale de Arryn, Baelish pinta o cabelo de Sansa de preto e treina ela uma história para ela fingir ser Alayne Stone, sua filha bastarda, para evitar alguma detecção. Sansa estava sendo procurada como cúmplice de Tyrion pela morte de Joffrey. Nos Dedos, a tia de Sansa, Lysa Arryn, se encontra com eles e se casa com Petyr. Após o casamento, os três viajam para sua casa no Ninho da Águia. Lá, Sansa é revelada para Lysa como sua sobrinha e Lysa concorda em ajudar em seu disfarce, providenciando a ela uma tinta de cabelo para pintar sua mais óbvia característica Tully, o cabelo ruivo. Lysa também propõe casar ela com seu filho doente, Robert. Sansa fica horrorizada com isso, mas esconde seus sentimentos verdadeiros para ela mesmo. Ela se encontra tendo de confortar o jovem Robert, que não pode mais compartilhar a cama de sua mãe, já que Petyr está nela. Robert frequentemente rasteja até a sua cama e ela está enjoada com sua doença tremedeira, o que leva ele muitas vezes a molhar sua cama. Cada vez mais semelhante a uma mulher adulta, ela se encontra presa aos avanços sexuais do bardo de Lysa, Marillion, o que ela nega.

Alayne Stone, por Elia Fernández ©

Sansa sente saudades de casa no Ninho da Águia. Quando a neve cai no pátio onde o bosque sagrado não cresceria, ela faz um forte de neve elaborado, o que eventualmente teria o formato de Winterfell. Ela fica surpresa quando Lorde Baelish a ajuda e a beija. Antes que ela tivesse tempo de digerir o que acabara de acontecer, Robert aparece e destrói o castelo, o que a aborrece mais ainda. Ela rasga sua boneca e ele entra num choque tremendo. Acontece que Lysa testemunhou o beijo e em um ataque de ciúmes tenta matar Sansa empurrando-a para fora do Portões da Lua. Mindinho chega a tempo de intervir, e empurra Lysa para fora do Portão da Lua em encontro de sua morte, culpando Marillion pelo assassinato e envolvendo Sansa no acobertamento.

O Festim dos Corvos

Brienne de Tarth inicia sua busca por Sansa Stark.

Após a morte de Lysa, ainda fingindo ser "Alayne Stone", Sansa assume os deveres de Senhora do Ninho da Águia, confortando seu enfermiço primo, Lorde Robin, enquanto é instruída por Petyr Baelish nas tramas da corte.

Quando Lyn Corbray desembainha sua espada durante uma parlamentação entre Petyr e os Senhores Declarantes, Baelish usa isso para virar o jogo contra os lordes e conseguir um período como regente sem sua interferência. Sansa corretamente presume que Corbray estava sob ordens de Mindinho, o que ele confirma.

O inverno atinge o cume da montanha e os moradores do Ninho da Águia são obrigados a descer até os Portões da Lua. Lá, Petyr revela que tem planos para casar Sansa em breve com o último herdeiro da Casa Arryn, Harrold Hardyng, num plano para revelar a identidade da garota e reclamar Winterfell em seu nome.

Família

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Benjen}
 
{Lysa Locke}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rickon}
 
{Gilliane Glover}
 
 
 
{Bennard}
 
{Margaret
Karstark}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Benjen}
 
{Brandon}
 
{Elric}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Arra Norrey}
 
 
 
 
 
{Cregan}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Lynara}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Alysanne
Blackwood}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jeyne Manderly}
 
{Rickon}
 
{Sarra}
 
{Alys}
 
{Raya}
 
{Mariah}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Sansa}
 
{Jonnel}
 
 
{Lyanna}
 
{Barthogan}
 
{Wylla Fenn}
 
{Brandon}
 
{Alys Karstark}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Jon Umber}
 
{Serena}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Edric}
 
 
 
 
 
{Lonnel Snow}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Cregard}
 
Torrhen
 
{Aregelle}
 
{Robard Cerwyn}
 
{Arrana}
 
{Osric Umber}
 
{Rodwell}
 
{Myriame Manderly}
 
{Beron}
 
{Lorra Royce}
 
{Arsa}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Casa Cerwyn
 
 
 
 
 
Casa Umber
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Donnor}
 
{Lyanne
Glover}
 
{Willam}
 
{Melantha
Blackwood}
 
{Artos}
 
{Lysara
Karstark}
 
{Berena}
 
{Alysanne}
 
{Errold}
 
{Rodrik}
 
{Arya Flint}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Brandon}
 
 
{Edwyle}
 
{Marna Locke}
 
{Jocelyn}
 
{Benedict
Royce}
 
{Brandon}
 
{Benjen}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Casa Royce
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Rickard}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Lyarra}
 
{Branda}
 
{Harrold Rogers}
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
{Brandon}
 
Desconhecida
 
{Eddard}
 
{Catelyn
Tully}
 
{Lyanna}
 
Benjen
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Jon Snow
 
{Robb I}
 
Jeyne
Westerling
 
Tyrion
Lannister
 
Sansa
 
Arya
 
Bran
 
Rickon
 
 
 
 


Referências



Nota: Esta página utiliza conteúdo da A Wiki Of Ice And Fire. O conteúdo original está aqui em Sansa Stark. A lista de autores pode ser vista no histórico da página.

Ferramentas pessoais
Espaços nominais

Variantes
Ações
Navegação
Ferramentas